Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Arjen Robben encerra contrato com Bayern e anuncia aposentadoria

Arjen Robben encerra contrato com Bayern e anuncia aposentadoria

15 Julho 2019por Fernando Verchai

Aos 35 anos, Robben era de interesse de muitos clubes, mas optou por pendurar as chuteiras

O atacante holandês sempre teve um histórico de problemas com lesão, chegando a ser apelidado de “jogador de cristal” quando vestiu a camisa do Real Madrid, e é provável que os problemas físicos tenham sido o fator de maior relevância para sua decisão. Defendendo o Bayern de Munique, Arjen Robben conseguiu se estabelecer melhor fisicamente e viveu os momentos mais gloriosos de sua carreira.

Na última temporada (2018/19), no entanto, voltou a ter muitos problemas com lesões, e disputou o menor números de jogos desde a temporada de estreia, pelo Groningen. Foram apenas seis gols em 19 jogos disputados, e o jogador ficou de fora da partida mais importante, pelas oitavas de final, quando a equipe da Bavária terminou sendo eliminada pelo Liverpool.

Além disso, o holandês não teve grande parte de contribuição para a conquista dos três títulos do Bayern na temporada: todos os que disputou na Alemanha. Robben ficou de fora no início da temporada, por três semanas, em razão de problemas nas costas e no joelho. Retornou aos gramados no final de setembro de 2018, ganhando 20 minutos em partida pelo Campeonato Alemão.

No jogo seguinte, pela Liga dos Campeões contra o Benfica, Robben se destacou e marcou dois gols na vitória do Bayern de Munique, mas dores na coxa o tiraram da partida. Arjen Robben completou mais três meses fora dos gramados, entre tratamento e recuperação, até que chegou a ser escalado para jogo contra o Nuremberg, no qual não chegou sequer a entrar.

Foi somente depois de mais dois meses de recuperação que o holandês conseguiu voltar para a equipe, disputando os últimos quatro jogos da temporada. A despedida veio com o título da Copa da Alemanha, em jogo contra o Leipzig, no qual Robben e Ribéry entraram para se despedir da torcida Bavária.

Apesar de a temporada ter se encerrado com conquista de títulos, o atacante holandês se disse muito frustrado por não ter conseguido se recuperar das lesões, e acabou desistindo da ideia de buscar novos rumos no futebol. Robben era cotado por muitos clubes dos Estados Unidos e da China, além do interesse claro do Groningen na volta do jogador para o clube que o formou, mas a ausência de recuperação da forma física na temporada fez com que o jogador tomasse a dura decisão de pendurar as chuteiras.

Arjen Robben encerra contrato com Bayern e anuncia aposentadoria

ROBBEN ESTREOU NO PROFISSIONAL AOS 16 ANOS

Depois de ter sido chamado para defender a equipe principal do Groningen na temporada 2000/01, Robben estreou apenas em dezembro. Mas bastou seu primeiro jogo para que o canhoto chamasse a atenção da comissão técnica, tendo sido eleito o melhor jogador do time já em sua primeira temporada, aos 17 anos.

Logo despertou o interesse dos maiores clubes da Holanda, e se transferiu ao PSV por pouco mais de 4 milhões de euros. Robben deixou o Groningen, definitivamente, na temporada 2002/03, tendo marcado 12 gols em 52 partidas disputadas. E logo em sua chegada ao PSV, fez dupla fulminante com o sérvio Mateja Kezman, apoiados por Van Bommel, e apesar da eliminação nas semifinais da Copa da Holanda, conquistou seu primeiro título: o do Campeonato Holandês.

Na temporada seguinte, antes de ser negociado com o Chelsea, o atacante conquistou a Supercopa da Holanda e chegou às quartas de final da UEFA Europa League, mas teve problemas físicos e perdeu o título do Campeonato Nacional para o Ajax. Tendo se destacado mais pelas jogadas individuais e por servir o principal artilheiro da equipe, Kezman, Robben deixou o PSV com dois títulos nacionais e 22 gols marcados em 75 jogos.

Em sua chegada na Inglaterra, o atacante passou a ter dificuldade para manter a frequência de jogos por conta de problemas físicos. Por outro lado, o holandês não deixou de ser unanimidade na equipe principal sempre que estava à disposição do treinador, pois a velocidade pelo lado direito do campo e a habilidade que lhe permitia abrir espaços evidenciavam seu potencial.

Arjen Robben deixou o Chelsea em 2007, para se juntar ao maior vencedor europeu: o Real Madrid. O holandês deixou a Inglaterra com apenas 19 gols marcados em 105 jogos, mas conquistou a Premier League duas vezes em apenas três temporadas, além de outros cinco títulos nacionais.

ROBBEN SE TRANSFERIU AO BAYERN DE MUNIQUE EM 2009

Contratado por 35 milhões de euros pelo Real Madrid, Robben teve ainda mais problemas físicos com a equipe espanhola. Em duas temporadas na Espanha, o atacante disputou apenas 65 jogos, tendo marcado somente 13 gols. Além da briga contra as contusões, o holandês também teve de brigar por posição com jogadores badalados, como Robinho e Saviola. Foi nesse período que recebeu o apelido de “jogador de cristal”, e os títulos da Supercopa da Espanha e do Campeonato Espanhol foram pouco demais para a expectativa criada sobre a equipe e o jogador.

Desvalorizado, Robben se transferiu para o gigante da Alemanha, o Bayern de Munique, por um valor bem inferior ao que foi contratado pelo Real. Sua história na Alemanha, no entanto, durou 10 anos e foi onde alcançou o auge. Logo em sua chegada, Robben marcou o maior número de gols em uma temporada: foram 23 em 37 jogos disputados. Além de vencer a Copa da Alemanha e a Bundesliga, o Bayern de Munique chegou à final da Liga dos Campeões, perdendo a final para a Inter de Milão, comandada por José Mourinho.

Na segunda temporada, contudo, voltou a ter problemas para jogar, tendo disputado apenas 18 partidas, e o Bayern venceu apenas a Supercopa da Alemanha. E as coisas ficaram ainda piores na temporada 2011/12, quando o Bayern de Munique mais uma vez perdeu a final da Liga dos Campeões, desta vez para Chelsea. Robben perdeu pênalti na prorrogação, que poderia ter dado o título para os alemães, e o Bayern de Munique acabou sendo vice, também, na Copa da Alemanha e na Bundesliga.

Mas a volta por cima veio logo na temporada seguinte. Com Robben e Ribéry voando, o Bayern de Munique ergueu quatro títulos em 2013: Copa da Alemanha, Bundesliga, Liga dos Campeões e Mundial de Clubes. Ao todo, em 10 anos na Alemanha, Robben conquistou oito edições da Bundesliga e outros oito campeonatos nacionais, além da Liga dos Campeões 2012/13 sobre o maior rival, Borussia Dortmund, um Mundial de Clubes e a Supercopa Europeia. O atacante também foi peça chave em sua seleção durante sua carreira, mas só conseguiu levar a Holanda até a final em 2010, depois de passar por Brasil e Uruguai, quando perdeu o título para a Espanha.

.

Foto de capa: Arjen Robben (EPA)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.