Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Warriors superam lesões, viram diante dos Raptors e empatam a final

Warriors superam lesões, viram diante dos Raptors e empatam a final

05 Junho 2019por Stefano De Luca

Está tudo igual na final da NBA. Depois de perder o jogo 1 da final, os Warriors fizeram valer o favoritismo e superaram os Raptors, em Toronto, no jogo 2 da decisão do melhor basquete do mundo. Novamente no Canadá, o time da casa chegou a liderar o jogo durante a primeira etapa, mas Golden State foi fantástico no terceiro quarto, reverteu o déficit, superou as lesões de Klay Thomspon e Kevon Looney e venceu por 109 a 104, deixando tudo igual na finalíssima.

A atuação dos Raptors no primeiro tempo dava a crer que a equipe canadense aumentaria a sua vantagem na final para 2 a 0. Melhor durante os dois primeiros períodos, Toronto neutralizou Steph Curry e cia e ainda arremessou bem para ir para o intervalo liderando por cinco pontos. A vantagem, porém, poderia ter sido ainda maior. Em determinado momento do segundo quarto, os Raptors venciam por 47 a 35 e Curry havia errado as suas primeiras oito tentativas. Aos poucos, Steph foi se calibrando e os Warriors diminuíram a vantagem de 12 para apenas cinco pontos.

Muitas vezes nessa temporada e especialmente nos playoffs, temos visto um Golden State Warriors absolutamente avassalador no terceiro quarto. Desta vez, não foi diferente. A equipe californiana voltou para o terceiro período jogando muita bola. Em determinado momento, os Warriors chegaram a alcançar uma incrível corrida de 18 a 0, virando o jogo e abrindo treze pontos de vantagem diante dos Raptors, que pediram tempo.

Warriors superam lesões, viram diante dos Raptors e empatam a final

Os Warriors continuaram melhores no último quarto e pareciam que venceriam até com certa facilidade. Até que Klay Thompson, que vinha sendo fundamental, lesionou a coxa em uma tentativa de arremesso de três e foi para o vestiário mais cedo, se juntando ao pivô Kevon Looney, que também deixou o jogo machucado. Sem Klay, os Warriors viram os Raptors ir para o tudo ou nada nos minutos finais, em busca da vitória.

O jogo passou a ser lá e cá. Ibaka e Van Vleet anotaram bolas de três para os Raptors, enquanto o reserva Quinn Cook brilhou com três cestas de três no último período. Se os Warriors perderam Thompson e Looney, os Raptors ficaram sem Kyle Lowry, que fez uma falta desnecessária, restando quatro minutos para o final da partida e foi ejetado do jogo, estourando o limite de seis faltas. O tempo passava e a vantagem de Golden State, que era de 10 pontos com cerca de um minuto e meio para o final da partida, parecia ser o suficiente para sacramentar a vitória, ainda mais com um último quarto muito ruim de Kawhi Leonard, que errou diversos arremessos seguidos.

Restando um minuto para o final da partida, os Warriors lideravam por 106 a 98, até que DeMarcus cometeu uma falta em Kawhi Leonard e ainda recebeu uma falta técnica após reclamar da marcação da arbitragem. Leonard converteu os três lances livres e a diferença caiu para cinco. Restando 27 segundos para o final, Danny Green anotou uma cesta de três e diminuiu a diferença de Golden State para apenas dois pontos.

Naquela que poderia ser a última posse de bola do jogo, Curry recebeu marcação dupla e quase perdeu a bola, forçando um passe para Shaun Livingston, que se antecipou a Kawhi e achou Iguodala livre na linha de três pontos. O camisa 9 recebeu a bola e teve todo o tempo do mundo para anotar uma crucial cesta de três, sacramentando a vitória, aumentando a diferença para cinco pontos com menos de seis segundos no relógio. Na última posse do jogo, VanVleet achou Green na linha de três, mas o arremesso do ala acabou pegando no aro e o relógio estourou, confirmando a vitória dos Warriors, que venceram por 109 a 104.

Apesar da derrota dos Raptors, Kawhi Leonard foi o cestinha do jogo, anotando 34 pontos e pegando 14 rebotes. Herói do jogo 1, Pascal Siakam desta vez foi mais discreto, com 12 pontos e oito rebotes. Conseguiram dígitos duplos mais dois jogadores: Kyle Lowry fez 13 pontos e VanVleet contribuiu com 17, enquanto Ibaka e Powell anotaram sete pontos cada.

Nick Nurse optou por utilizar apenas oito de seus jogadores no jogo 2. Os titulares Danny Green e Marc Gasol tiveram atuações discretas. Enquanto o ala anotou oito pontos e deu somente uma assistência em 25 minutos, o pivô terminou a partida com seis pontos e seis rebotes, em 31 minutos.

Do lado dos Warriors, os titulares fizeram a sua parte e os reservas também contribuíram com pontos importantes, algo que não aconteceu no primeiro jogo da final. O cestinha de Golden State foi Klay Thompson, que deixou a quadra machucado, mas anotou 25 pontos. Logo atrás apareceu Steph Curry, que depois de um primeiro tempo muito ruim, cresceu na segunda etapa e marcou 23 pontos. Surpresa na escalação de Steve Kerr, DeMarcus Cousins fez um grande jogo, conseguindo um duplo-duplo, com 11 pontos e 10 rebotes, além de seis assistências. Outro a anotar um double-double na partida foi Draymond Green, com 17 pontos e 10 rebotes, além de nove assistências.

Os reservas também tiveram papel fundamental na vitória. McKinnie anotou seis pontos, Quinn anotou nove e Shaun Livingston seis, além de três assistências. Já Andre Iguodala, fez oito pontos, pegou oito rebotes e distribuiu seis assistências. Iggy ainda brilhou com a cesta de três nos segundos finais, no lance que definiu a vitória dos Warriors.

Com a série empatada em 1 a 1, os dois times agora viajam para a Califórnia para os próximos dois jogos. Na Oracle Arena, em Oakland, o jogo 3 da final será disputado nesta quarta-feira, enquanto o jogo 4 está marcado para sexta-feira.

.

Foto de capa: Golden State Warriors vencem o Toronto Raptors por 109 a 104 no segundo jogo das finais da NBA - 02/06/2019 (Kyle Terada-USA TODAY Sports/Reuters)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.