Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Três seleções que perderam a final da Copa do Mundo

Três seleções que perderam a final da Copa do Mundo

23 Novembro 2018por Fernando Verchai

Existem jogos de futebol que ficam para a história, marcados na mente de muitos torcedores e isto acontece principalmente em duelos de finais de Copa do Mundo. Vale a pena relembrar algumas decisões de seleções que conseguiram chegar à grande final da competição de seleções mais importante do planeta, mas infelizmente para seu torcedor não conseguiu ganhar. Aqui vamos dar o exemplo da Hungria de 54, a grande Holanda dos anos 70 e à Croácia deste ano de 2018.

A Hungria de Puskás de 1954: um legado para o futebol

A Hungria de 1954 realmente foi uma seleção memorável, que contava com o grande artilheiro e camisa 10 Puskás, o mesmo que dá o nome hoje ao gol mais bonito da temporada (para se ter uma noção da importância do atleta para o mundo do futebol). A Hungria praticamente “engoliu” seus adversários até chegar à grande final da Copa do Mundo de 1954 para encarar a também forte Alemanha, que contava com um atacante matador: Helmut Rahn, que decidiu a Copa do Mundo e deu o primeiro título aos bávaros. Mas para se ter uma ideia, já aos oito minutos de jogo a Hungria vencia a partida por dois a zero, e jogava de um modo a encantar o torcedor do mundo inteiro com cinco atacantes. O artilheiro Puskás marcou o primeiro gol daquela memorável final. E Czibor aumentou para 2X0 Hungria. Dois minutos dopois, aos dez do primeiro tempo, a Alemanha descontou com Morlock. Daí começou a brilhar a estrela de Rahn como o primeiro herói alemão de uma final de Copa do Mundo. O atacante empatou ainda no primeiro tempo, e aos 39 minutos da segunda etapa em um chute de esquerda matou o jogo, fazendo o gol do título mundial da Alemanha. Mesmo com a derrota, a Hungria de 54 ficou na memória do torcedor pois apresentou um grande futebol aos olhos do público.

Holanda de 74: a geração de Cruyff

Uma outra seleção que chegou à final da Copa do Mundo e não conseguiu a vitória foi a Laranja Mecânica holandesa de 1974. Liderada por um dos melhores jogadores da história do futebol, Cruyff, em um modo de jogo chamado “futebol total”, onde os jogadores trocavam de posição no meio da partida e um zagueiro ia para o ataque, por exemplo, e onde prezavam por uma pressão ao jogador adversário que estivesse com a bola, a Holanda de Cruyff foi passando por cima dos seus adversários até chegar à grande final da Copa do Mundo de 1974. Vale destacar que a Laranja Mecânica daquela Copa eliminou nada mais nada menos do que a Argentina, e depois nas semifinais o Brasil (que era o atual campeão) em um jogo muito violento onde a Holanda venceu por dois a zero com Cruyff marcando o segundo gol, e o Brasil tendo um jogador expulso. Na grande final também contra a Alemanha, a Holanda começou com o pé direito. Logo no primeiro minuto de partida, Cruyff se inspirou e saiu driblando todo mundo da Alemanha e sofreu pênalti. Neeskens bateu e abriu o placar para o time chamado de “carrossel holandês”. No entanto, a Alemanha também teve um pênalti a seu favor e Breitner empatou. E o herói alemão da vez foi Gerd Muller, que recebeu dentro da área e deu uma girada incrível para fazer o gol que daria o segundo título de Copa do Mundo à Alemanha. Vale destacar que na Copa do Mundo seguinte a Holanda também chegou a disputar a final contra a Argentina jogando em Buenos Aires, e a seleção da casa se deu melhor vencendo por três a um (com dois gols de Kempes, que se destacou naquela Copa do Mundo). A Holanda ainda chegou a mais uma final de Copa do Mundo, inclusive recentemente. Em 2010, em uma seleção que contava com Robben, Sneijder e Van Persie, a seleção holandesa perdeu mais uma vez a Copa do Mundo na prorrogação (em 1978 também para a Argentina havia perdido no tempo extra). No caso da Copa da África do Sul de 2010, quem venceu foi a Espanha com um gol memorável de Iniesta, que deu o primeiro título mundial à seleção espanhola.

A geração croata que mesmo em segundo lugar conquistou o mundo

Vale lembrar também desta geração croata que conseguiu chegar à grande final da Copa do Mundo de 2018, disputada na Rússia. Em uma seleção que contava e ainda conta com Rakitic, Kovacic, Mandzukic, e com o atual melhor jogador do mundo Luca Modric, a Croácia conseguiu surpreender a todos e chegar à final para enfrentar a forte França, que também derrotou fortes adversários. No mata-mata, a seleção croata primeiro mandou a Dinamarca mais cedo pra casa, e depois, numa decisão por pênaltis emocionantes fez com que os russos donos da casa fossem eliminados da Copa do Mundo. Na semifinal, a seleção da Croácia enfrentou a forte Inglaterra. Mesmo com o English Team começando na frente em uma ótima cobrança de falta no primeiro tempo, a Croácia conseguiu virar o jogo com um gol salvador de Mandzukic, e foi a uma final inédita para o pequeno país europeu. No entanto, na finalíssima a Croácia não conseguiu segurar os franceses, que foram pela segunda vez em sua história campeões da Copa do Mundo. A França que contava com Pogba, Mbappe e Griezmann não deu tantas chances e venceu a partida por quatro a dois. No primeiro tempo, até que a Croácia depois de sofrer um gol conseguiu empatar a partida, mas logo em sequência Griezmann fez de pênalti. Na segunda etapa, Pogba e Mbappe fecharam a conta e deram o título à França. Porém vale destacar essa outra seleção que fez história para o mundo do futebol. A Croácia conseguiu fazer fãs por todo o mundo, e inclusive seu melhor jogador Luca Modric por ter ótimas atuações na competição (além de conquistar a Liga dos Campeões pelo Real Madrid) conseguiu ser o melhor jogador do mundo desse ano.

A laranja mecánica, liderada por Johan Cruyff foi uma das melhores seleções de todos os tempos.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.