Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Reyes nocauteia Weidman no primeiro round em Boston

Reyes nocauteia Weidman no primeiro round em Boston

23 Outubro 2019por Stefano De Luca

Neste final de semana, em Boston, tivemos um eletrizante duelo, pela categoria dos meio-pesados do UFC. Pelo Main Event do UFC Boston, os compatriotas Dominick Reyes e Chris Weidman se enfrentaram na capital de Massachusetts. Quem levou a melhor foi Reyes, que nocauteou o veterano Weidman ainda no primeiro round da luta, em evento realizado no TD Garden.

Ex-campeão dos médios do UFC, tendo inclusive conseguido derrotar o até então invencível Anderson Silva, para conquistar o título, Weidman amarga uma fase terrível no Ultimate. Tanto que, ele resolveu mudar de categoria e se arriscar na divisão dos meio-pesados. A estreia, porém, não foi nada boa. Weidman foi facilmente nocauteado por Reyes em menos de dois minutos de luta em Boston.

Seguindo os exemplos de Anthony Smith e Thiago Marreta, que subiram de divisão e conquistaram resultados melhores no UFC, Chris Weidman resolveu subir de peso, trocou a divisão dos médios pela divisão dos meio-pesados. O ex-campeão, porém, não teve a mesma sorte. Muito mal em sua estreia na nova divisão, Weidman foi facilmente e rapidamente superado pelo embalado Dominick Reyes no Main Event do UFC Boston, diante de 12 mil presentes na TD Garden, para uma renda de pouco mais de um milhão de dólares.

Os dois norte-americanos partiram para a trocação franca desde o início da luta. Weidman tentou ser mais agressivo, partindo para o clinch logo no começo da luta, mas não conseguir derrubar Reyes, que se defendeu bem. O ex-campeão insistiu, mas o adversário se apoiou na grade e evitou a queda. Os dois então partiram para a trocação. Weidman tentou acertar golpes, mas foi surpreendido por uma esquerda de Reyes, que entrou em cheio e derrubou Weidman. Com o ex-campeão caído, o desafiante ainda acertou mais três golpes de direita no rosto do rival, até a interrupção do árbitro Herb Dean, vencendo por nocaute em apenas 1m43s de luta.

Muito empolgado com a vitória, Reyes subiu nas grades do octógono e comemorou demais o maior triunfo de sua carreira até aqui, enquanto Weidman ainda parecia começar a entender o que estava acontecendo, já que levou duros golpes até a interrupção do árbitro central.

Aos 29 anos de idade, Dominick Reyes vai se tornando cada vez mais em uma das grandes novas sensações do UFC. O norte-americano segue invicto na sua carreira de MMA, tendo vencido todas as 12 lutas que disputou. Pelo UFC, é o sexto triunfo em seis lutas. Antes de superar Chris Weidman, Dominick Reyes vinha de vitórias sobre nomes de peso da organização, como Volkan Oezdemir, Ovince Saint Preux e Jared Cannonier.

Por outro lado, o veterano Chris Weidman vive o pior momento de sua carreira. Aos 35 anos de idade, o americano perdeu cinco das seis últimas lutas que disputou e já vê o seu futuro no UFC como incerto. Nos últimos quatro anos e meio, Weidman venceu apenas uma vez, quando finalizou Kelvin Gastelum. Ele amargou reveses diante de Ronaldo Jacaré, Gegard Mousasi, Yoel Romero, Luke Rockhold e agora, Dominick Reyes. O ex-campeão dos médios conta com um cartel de 14 vitórias e cinco derrotas em 19 lutas no MMA.

Número quatro do ranking dos meio-pesados do UFC, Dominick Reyes já começa a sonhar com a oportunidade de disputar o cinturão da divisão, diante do campeão Jon Jones. Isso porque, dos quatro primeiros colocados do ranking da categoria, ele é o único que ainda não recebeu a chance de lutar pelo cinturão. Vale lembrar que Daniel Cormier, Thiago Marreta e Antony Smith – todos à frente de Reyes no ranking – já foram superados por Jones, em duelos valendo o cinturão dos meio-pesados. Ciente deste fato, Reyes tratou de desafiar o campeão, depois de amassar Chris Weidman em Boston.

- Ei Jon, eu não quero nenhum favor seu. Eu apenas quero o cinturão. Eu quero o seu cinturão. Vamos lá! – cutucou Dominick Reyes, em sua entrevista pós-luta, ainda no octógono da TD Garden Arena.

Além da vitória e da possibilidade de lutar pelo título da categoria, Dominick Reyes ainda foi premiado com o tradicional bônus de 50 mil dólares, pela “Performance da Noite” por conta do convincente nocaute diante de Chris Weidman, ainda no primeiro round do Main Event do UFC Boston.

YAIR RODRIGUEZ VENCE JEREMY STEPHENS NO CO-MAIN EVENT DA NOITE

Além do duelo de meio-pesados entre Dominick Reyes e Chris Weidman, o UFC Boston ainda nos proporcionou um ótimo Co-Main Event, entre Yair Rodriguez e Jeremy Stephens. Neste combate, quem levou a melhor foi o mexicano, que superou o norte-americano na decisão unânime dos jurados, com um triplo 29-28.

Yair levou a melhor sobre Stephens, no duelo válido pela categoria dos penas do UFC. Este, vale lembrar, foi um reencontro entre os dois, já que pouco menos de um mês atrás, na Cidade do México, a luta foi interrompida em apenas 15 segundos, por conta de uma dedada no olho acidental de Yair Rodriguez em Jeremy Stephens.

Na “revanche”, Yair e Stephens desta vez lutaram por 15 minutos, em três rounds completos, com o mexicano sendo um pouco superior e derrotando o americano na decisão dos jurados. Yair Rodriguez foi melhor nos dois primeiros rounds. Ciente de que estava perdendo a luta, Jeremy Stephens voltou muito melhor para o terceiro round, venceu o último assalto, mas não foi o suficiente para reverter a derrota, que já estava encaminhada. Os dois ainda receberam um bônus de 50 mil dólares cada, já que a luta ganhou o prêmio de “Luta da Noite” em Boston.

Aos 27 anos de idade, Yair Rodriguez ostenta um bom cartel, de 13 vitórias e apenas duas derrotas. O mexicano não perde há quase três anos, desde que foi superado pelo veterano Frankie Edgar, em janeiro de 2017. Já Jeremy Stephens, de 33 anos, já viveu dias melhores no UFC. O americano vem de quatro derrotas e um No Contest em duas últimas cinco lutas. Stephens não vence desde fevereiro do ano passado, quando nocauteou Josh Emmett em Orlando. Com impressionantes 46 lutas como profissional de MMA, Jeremy Stephens acumula 28 vitórias e 17 derrotas.

.

Foto de capa: Chris Unger/Getty Images

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.