Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista

31 Outubro 2018por Stefano De Luca

O Grêmio teve a faca e o queijo na mão, mas acabou vacilando nos minutos finais e tomou a virada do River Plate em Porto Alegre, sendo eliminado da Copa Libertadores. Apesar de não ter feito um grande jogo e dos vacilos individuais de Everton e Bressan, que acabaram custando caro, o técnico Renato Gaúcho encontrou outro culpado para a eliminação gremista: o VAR.

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista River Plate e Gremio Libertadores

A alegação de Renato é de que a bola teria resvalado na mão de Borré, no momento em que ele cabeceia para empatar o jogo, aos 37 minutos do segundo tempo na Arena do Grêmio. Revoltado, o treinador disparou contra o VAR, dizendo inclusive que o Grêmio teria sido “roubado”.

- O Grêmio só não está classificado por causa do VAR. Se funcionasse, eu estaria sorrindo, a torcida estaria feliz e o Grêmio estaria na final da Libertadores. Estaria tudo certo. Mas o Grêmio foi roubado. Não tenho dúvida sobre o lance. Será que o Stevie Wonder não veria? Vendo o jogo dentro daquela cabine, como que o cara não vê, com aquele monte de câmera, que a bola bate no braço do jogador? Será que ele vai dormir hoje por causa disso? Quem sabe ele até vai, porque ele não tem nada a ver com o Grêmio. – revoltou-se o treinador gremista, na entrevista coletiva pós-jogo, ainda na Arena.

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista River Plate e Gremio Libertadores

Adotando um tom muito mais ameno ao do treinador, o goleiro gremista Marcelo Grohe isentou a arbitragem de qualquer culpa pela derrota e admitiu que o Grêmio perdeu a classificação pelos seus próprios erros.

- É difícil falar agora na derrota. Tínhamos o jogo na mão. Levamos um gol de bola parada, em um descuido nosso. Tivemos ainda a bola do jogo. Depois teve o pênalti. Se o árbitro falou que foi pênalti, então foi pênalti. Pregamos justiça no futebol. Vida que segue. Tivemos o jogo na mão, perdemos por um vacilo nosso. – disse um lúcido Marcelo Grohe, ainda na saída do campo, logo após o apito final do árbitro.

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista River Plate e Gremio Libertadores

SUSPENSO, GALLARDO QUEBROU REGRA AO VISITAR VESTIÁRIO DO RIVER

Além das polêmicas envolvendo o VAR, o Grêmio reclama ainda sobre a presença de Marcelo Gallardo no vestiário do River Plate. Suspenso pela Conmebol, o treinador foi proibido de comunicar-se com o seu auxiliar e também de entrar no vestiário de sua equipe. Acontece que o argentino acabou quebrando as duas regras. Além de comunicar-se via celular com o seu auxiliar durante quase todo o jogo, Gallardo ainda entrou no vestiário do River Plate durante o intervalo da partida, quebrando o protocolo da Conmebol.

Disfarçado, com um casaco e um boné, ele desceu para o vestiário de sua equipe, informação que ele próprio confirmou ao final da partida, já com a classificação garantida.

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista River Plate e Gremio Libertadores

- Tive a audácia porque achei que os jogadores precisavam e eu também precisava. Quebrei uma regra. Reconheço e assumo. Era o que eu precisava e eu não me arrependo de nada. Eles tinham uma mensagem muito clara e as pessoas que trabalham comigo também. – admitiu o treinador argentino.

Além de comentar sobre a polêmica na qual se envolveu, o treinador argentino falou ainda sobre a atuação de sua equipe, que marcou duas vezes no final da partida, virou o jogo em Porto Alegre e garantiu vaga na final da Libertadores.

- Nós vencemos uma partida histórica. Contra uma equipe muito forte, com todos os méritos. Assumimos a responsabilidade de procurar o jogo. Estávamos em desvantagem e precisávamos da vitória. Estou muito feliz com a vitória, o Grêmio nos respeitou muito nestes dois confrontos. Nós levamos o jogo para frente no momento mais difícil, com muita confusão e nervosismo. A equipe respondeu como tinha que responder. – completou o técnico dos Millonarios.

A decisão do treinador argentino, de burlar as regras impostas pela Conmebol, revoltou a alta cúpula gremista. Presidente do clube, Romildo Bozán Júnior cobrou uma resposta da entidade.

Renato Gaúcho se revolta e culpa o VAR por eliminação gremista River Plate e Gremio Libertadores

- Há três semanas, fomos chamados pela Conmebol para respeitar o Fair Play e o adversário. Houve uma punição ao treinador do River. Punição é punição. Não precisam ser espertos para ganhar. Vamos esperar e ver qual providência a Conmebol vai tomar. Se forem omissos e aceitarem, passa a ser uma situação duvidosa. Vamos ver se eles têm vergonha na cara. O Grêmio foi desrespeitado. O adversário veio até aqui e não respeitou as regras, debochou do campeonato. Foi uma agressão de todas as ordens. – disse um indignado Romildo.

Quem também falou sobre a polêmica envolvendo Marcelo Gallardo foi Renato Gaúcho. Ainda exaltado por causa dos supostos erros da arbitragem, o treinador gremista criticou a Conmebol.

- A diretoria sabe o que aconteceu. É um motivo a mais. Mas quem fala é o presidente. É a desmoralização da Conmebol. No mínimo, teriam que ter retirado ele do vestiário. Amanhã a Conmebol suspense o Gallardo por 100 dias e o River está na final. Eu queria estar suspenso por 200 dias, com o Grêmio na final. É uma humilhação da Conmebol, um desrespeito ao Grêmio. – completou o treinador, campeão da Libertadores no ano passado, à frente do Tricolor Gaúcho.

O departamento jurídico do Grêmio não descarta apelar no Tribunal para que o River seja excluído da competição, por conta da ilegalidade cometida por Marcelo Gallardo. Já os argentinos, classificados para a fina, agora esperam para saber quem será o seu adversário na grande final. Na noite desta quarta-feira, em São Paulo, o Palmeiras recebe o Boca Juniors. A possibilidade de termos um Superclássico argentino na grande final da Libertadores é enorme, uma vez que o Boca construiu uma grande vantagem ao derrotar o Palmeiras por 2 a 0 em Buenos Aires.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.