Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Rafael dos Anjos é derrotado por Usman

Rafael dos Anjos é derrotado por Usman

06 Dezembro 2018por Stefano de Luca

O final de semana foi agitado no UFC. Não só um, mas dois eventos da mais prestigiosa organização de MMA aconteceram ao redor do globo entre sexta-feira e sábado. Um dos eventos foi realizado em Las Vegas, com o outro acontecendo em Adelaide, na Austrália. Em ambos tivemos brasileiros em ação. Se em Nevada, Rafael dos Anjos foi superado por Kamaru Usman, na Austrália os brasileiros brilharam, com Shogun Rua, Junior Cigano dos Santos e Wilson Reis vencendo em Adelaide.

Em Las Vegas, Rafael dos Anjos e Kamaru Usman se enfrentaram no Main Event do TUF 28. Dois dos principais nomes do peso meio-médio, ficaram frente a frente. E quem levou a melhor foi o nigeriano. Dominante durante os cinco assaltos em Vegas, Usman atropelou Rafael dos Anjos, vencendo com facilidade, na decisão unânime dos jurados. As parciais foram 50-43, 49-45 e 48-47). Sem perder desde a sua primeira e única derrota, em 2013, o nigeriano vai se credenciando cada vez mais como um próximo desafiante ao cinturão da categoria.

Usman agora ostenta 13 vitórias consecutivas, sendo nove delas já no UFC. Lutando pela organização, o nigeriano já derrotou nomes de peso, como o também brasileiro Demian Maia. O triunfo diante do ex-campeão dos leves, Rafael dos Anjos, é certamente a maior vitória da carreira do lutador de 31 anos.

Já Rafael dos Anjos, sofreu a sua segunda derrota consecutiva. No meio do ano, pelo cinturão interino dos meio-médios, o brasileiro havia sido superado pelo americano Colby Covington, também na decisão unânime dos jurados. RDA, que está com 34 anos de idade, soma agora 28 vitórias e 11 derrotas na carreira, como profissional de MMA.

Carrasco de brasileiros, Kamaru Usman já havia superado Demian Maia, Warrley Alves e Serginho Moraes, antes de conseguir derrotar Rafael dos Anjos. O nigeriano sonha alto e já mira o cinturão da categoria dos meio-médios.

- Eu sou um homem em uma missão. Eu vim para este esporte para mandar uma mensagem. Estou indo em direção ao cinturão e dei mais um passo importante rumo a esse objetivo. Eu estou cansado de falar, é muita falação. Eu apenas peço pelas lutas e as vezes recebo a oportunidade. Eu dominei o Rafael durante os cinco rounds. Eu mostrei que devo ser o próximo desafiante. Eu mereço isso. – destacou o nigeriano, ainda no octógono.

Vale lembrar que o atual detentor do cinturão dos meio-médios é o americano Tyron Woodley, que conquistou o título em julho de 2016 e derrotou desde então Stephen Thompson, Demian Maia e Darren Till.

A dominante vitória de Usman sobre Rafael dos Anjos, em Las Vegas, rendeu ao nigeriano o bônus de 50 mil dólares, referente à “Performance da Noite”. Além disso, Usman ainda ganhou um salário de 150 mil dólares na vitória diante de Rafael, que por sua vez, embolsou 110 mil dólares. Além de engordar a sua conta bancária, Usman cresceu também no ranking do UFC. Com o triunfo sobre RDA, o nigeriano subiu para a 2ª colocação do ranking dos meio-médios, enquanto o brasileiro caiu para 5º. Abaixo do campeão, Colby Covington continua na primeira colocação, enquanto Darren Till e Stephen Thompson completam o top 5.

CIGANO E SHOGUN VENCEM NA AUSTRÁLIA; MARK HUNT SE DESPEDE COM DERROTA


Cigano nocauteu Tai Tuivasa na luta principal do UFC Adelaide. (Foto: USA TODAY Sports)


No dia seguinte ao evento do TUF 28, em Las Vegas, o mundo do UFC já se preparava para o estrelado UFC Adelaide, que aconteceu na Austrália. Três brasileiros entraram no octógono em Adelaide e os três venceram. Na luta principal da noite, Junior Cigano dos Santos nocauteou Tai Tuivasa no segundo round. No Co-Main Event da noite, Mauricio Shogun Rua superou Tyson Pedro, também com um nocaute. Já pelo Card Preliminar do evento, Wilson Reis derrotou Ben Nguyen, na decisão unânime dos jurados, com um triplo 30-27.

Com a vitória sobre tai Tuivasa, esta foi a primeira vez desde 2012 que Junior Cigano engatou dois triunfos consecutivos no UFC. Aos 34 anos de idade, o brasileiro venceu pela vigésima vez em 25 lutas na carreira.

- Eu sabia que ele era um cara duro, mas ele é ainda mais duro do que eu imaginava. Ele me acertou um chute muito forte na perna. Fiquei até com dificuldade para caminhar. Meu plano sempre é tentar o nocaute e felizmente, hoje consegui o meu objetivo. Agora, quero uma revanche contra Alistair Overeem. – disse Junior Cigano, ainda no octógono, depois de sua vitória.

A noite foi mesmo de redenção para os brasileiros. No Co-Main Event da noite, o veterano Shogun Rua, de 37 anos, nocauteou o australiano Tyson Pedro no terceiro round da luta. Com isso, Shogun se recupera da derrota para Anthony Smith e embala a sua quarta vitória nas últimas cinco lutas.

- Eu treinei muito forte para essa luta. Eu quero agradecer a Deus, à minha equipe e à minha família por me apoiarem sempre. O Tyson Pedro é novo, mas é muito bom e muito completo. Mas eu topo desafios. Eu luto há 16 anos e vou treinar para voltar ainda mais forte sempre. Com mais uma vitória, quero lutar pelo cinturão. – disse um ambicioso Shogun Rua.

As declarações de Shogun – de que ainda sonha com o cinturão – surpreendem, uma vez que o brasileiro chegou a ser considerado carta fora do baralho pelo UFC há alguns anos. O veterano, porém, ganhou uma sobrevida e desde então engatou uma boa fase com quatro vitórias em cinco lutas.

Talvez a grande decepção da noite na Austrália tenha sido a derrota do neozelandês Mark Hunt para o americano Justin Willis. Já sem a mesma agressividade de antes, o veterano de 44 anos foi presa fácil para o americano, que venceu na decisão unânime dos jurados, com um triplo 29-28. Uma despedida melancólica para o peso-pesado, que está deixando o UFC.

Kamaru Usman venceu Rafael dos Anjos em Las Vegas. (Foto: USA TODAY Sports)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.