Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Palmeiras é derrotado pelo San Lorenzo e perde a liderança do grupo na Libertadores

Palmeiras é derrotado pelo San Lorenzo e perde a liderança do grupo na Libertadores

03 Abril 2019por Stefano De Luca

O Palmeiras foi ao Nuevo Gasómetro em Buenos Aires encarar o San Lorenzo, pela terceira rodada da Copa Libertadores. Em boa fase na temporada, o Verdão jogava diante de um Ciclón que atravessa péssimo momento no Campeonato Argentino. No final das contas, o retrospecto não entrou em campo e os argentinos fizeram valer o mando de campo, vencendo os brasileiros por 1 a 0 na noite desta terça-feira.

O jogo foi bem parelho no Nuevo Gasómetro, mas o San Lorenzo acabou sendo mais preciso, vencendo o Palmeiras por 1 a 0, com gol do lateral direito Herrera, no comecinho do segundo tempo. Atrás no placar e sentindo o seu time mal em campo, Felipão ainda fez as três substituições em busca da virada, lançando Lucas Lima, Raphael Veiga e Thiago Santos em campo, mas a derrota não conseguiu ser revertida.

A derrota acabou custando caro ao Verdão, que perdeu a liderança do agora embolado Grupo F da Copa Libertadores. O Palmeiras é o segundo colocado da chave, com seis pontos em três partidas. O novo líder é justamente o San Lorenzo, que foi a sete pontos com o triunfo. No outro jogo do grupo, o Melgar venceu o Junior Barranquilla por 1 a 0 e manteve a terceira colocação do grupo, com quatro pontos. Em péssima fase, o Barranquilla amarga a lanterna da chave, ainda sem pontuar após três rodadas.

O confronto diante do San Lorenzo veio justamente no meio de uma semana complicada para o Palmeiras, uma vez que o alviverde tem neste domingo um duelo importante com o rival São Paulo, por uma vaga na final do Campeonato Paulista. Até por conta disso, Felipão fez algumas mudanças na equipe que enfrentou o Tricolor no final de semana, dando chances a Antônio Carlos, Diogo Barbosa, Thiago Santos e Felipe Pires.

Já o San Lorenzo vive uma situação bastante delicada no Campeonato Argentino, onde ocupa uma das últimas colocações da tabela. O clube argentino, então, trata a Copa Libertadores como a sua prioridade para salvar o semestre. Jorge Almirón escalou o que tinha de melhor para receber o Palmeiras no Nuevo Gasómetro.

- Jogar aqui nos dificulta muito. Parabéns ao San Lorenzo, que se fechou bem atrás e conquistou o resultado. Sabia que seria bastante difícil. – lamentou o atacante Deyverson, ainda na saída do gramado, após o apito final do árbitro.

Palmeiras é derrotado pelo San Lorenzo e perde a liderança do grupo na Libertadores

Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Jogando em casa, o San Lorenzo teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas quem criava mais chances de gol era o Palmeiras. Cada equipe acertou uma bola na trave na primeira etapa. Os mandantes carimbaram a trave de Weverton em finalização de Castellani. O Palmeiras respondeu com Moisés, que recebeu cruzamento de Deyverson, dominou no peito e emendou uma linda bicicleta, que explodiu no travessão de Monetti.

Felipão fez duas mudanças logo de cara no segundo tempo, sacando os volantes Thiago Santos e Bruno Henrique para as entradas de Felipe Melo e Lucas Lima. A ideia era tornar o time mais ofensivo, mas com as substituições, o time perdeu em poder de marcação e viu Lucas Lima ser nulo mais uma vez, pouco contribuindo na armação de jogadas. Logo aos cinco minutos, Herrera teve total liberdade para avançar sozinho na intermediária palmeirense, puxar para a direita, ajeitar o corpo e bater rasteiro para vencer Weverton.

O gol acabou surpreendendo o Palmeiras, que não soube reagir. Faltou ao Palmeiras calma e criatividade para buscar o empate. O Verdão abusou dos chutões e das transições longas, pulando completamente o meio de campo. Moisés estagnou no segundo tempo e Lucas Lima mais uma vez em nada contribuiu ao jogo. Nos minutos finais, Felipão ainda tentou uma última cartada, lançando Raphael Veiga no lugar de Felipe Pires, mas a substituição surtiu pouco efeito.

- Faltou definir o jogo, colocar a bola no gol. Ninguém arriscou nada. Não adianta ter vontade, mas não fazer o gol. Não fizemos um bom jogo e pagamos caro por isso. Faltou profundidade, faltou trabalhar mais a bola no meio de campo. Tivemos uma ou outra chance, mas não foi o Palmeiras que eu gosto e esperava. Tem coisas que eu não gostei. A gente cometeu erros que não pode. Cometemos erros e fomos punidos por isso. Vamos continuar pagando caro se não tivermos obediência do início ao fim do jogo. – lamentou-se Felipão, admitindo uma atuação abaixo do esperado de sua equipe em Buenos Aires.

Palmeiras é derrotado pelo San Lorenzo e perde a liderança do grupo na Libertadores

Foto: Alejandro Pagni/AFP

Com a derrota, o Palmeiras perde a sua invencibilidade na Copa Libertadores e cai para a segunda colocação do Grupo F, sendo ultrapassado pelo próprio San Lorenzo. Pela competição continental, o próximo compromisso do Verdão é no dia 10 de abril, uma quarta-feira quando recebe o Junior Barranquilla em casa. Já o San Lorenzo volta a campo um pouco antes, no dia 9 de abril, terça-feira, quando recebe o Melgar, novamente no Nuevo Gasómetro.

Agora, o alviverde vira a chave para o Campeonato Paulista, onde neste domingo tem um compromisso importante diante do São Paulo, no Allianz Parque. No jogo de ida, os rivais empataram por 0 a 0 no Morumbi. Um novo empate no estádio palmeirense leva a decisão para os pênaltis. Quem vencer no tempo normal, avança à final. Na decisão, o vencedor de Palmeiras e São Paulo encara o ganhador do duelo entre Corinthians e Santos, que jogam entre si no outro jogo da semifinal.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.