Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Blog

Os últimos atacantes da seleção inglesa que fizeram história

Os últimos atacantes da seleção inglesa que fizeram história

18 Julho 2018por Fernando Verchai

A Inglaterra sempre estará entre as principais seleções da história do futebol. Porém, é fato que por muitas vezes decepcionou, não mostrando o rendimento esperado pelos seus torcedores. É claro que a Inglaterra tem fortes campeonatos nacionais, grandes clubes como o Arsenal, Manchester United, Manchester City, Tottenham, Liverpool e Chelsea, além de ter um dos campeonatos mais disputados do mundo, a Premier League. Os ingleses ainda possuem a honra de serem os responsáveis pela invenção do futebol, dando as regras necessárias para o esporte ser disputado com organização.

Apesar de tudo isto, o rendimento dentro de campo não é dos melhores e por muitas vezes falta criatividade e gols. Na Copa do Mundo de 2018, a seleção voltou a mostrar força, possuindo o artilheiro da competição, o que colaborou para a Inglaterra chegar até a semifinal. Vamos analisar agora os últimos atacantes que fizeram história com a camisa da seleção. Vale lembrar que, na Copa do Mundo de 1994, a Inglaterra não alcançou a classificação, então vamos analisar do ano de 1998 em diante.

1998 e 2002

Com certeza, nestas edições da Copa do Mundo o grande destaque foi Michel Owen, o qual surgiu como uma grande promessa do futebol mundial, mostrando extrema velocidade e também facilidade para balançar as redes. Ele viveu seu auge no Liverpool, onde foi por duas vezes artilheiro do Campeonato Inglês, mostrando um “faro de gol” impressionante. Nos anos seguintes chegou a jogar pelo Manchester United e também pelo Real Madrid, mas não alcançou o mesmo sucesso.

Na seleção inglesa conseguiu deixar sua marca em importantes jogos, como por exemplo na Copa do Mundo de 1998, no empate por 2X2 nas oitavas de final diante da Argentina, quando Owen pegou a bola no meio de campo e deu uma arrancada com extrema velocidade, fazendo o gol da virada. Porém, nesta mesma partida a Argentina fez o gol de empate e ainda se beneficiou de uma expulsão de David Beckham, além disto, a seleção sul-americana venceu nos pênaltis.

Outro grande momento que o jogador viveu foi na Copa do Mundo de 2002, quando, enfrentando a seleção brasileira, conseguiu balançar as redes, porém mais uma vez acompanhou sua seleção ser eliminada, dando adeus ao mundial. No geral, Owen se despediu da seleção sem títulos, mas com certeza é lembrado por seu bom desempenho em vários jogos.

2006, 2010 e 2014

Nestas três edições da Copa do Mundo, o principal nome do ataque inglês foi Wayne Rooney, o qual fez história no Manchester United, jogando por muitas temporadas no grande clube inglês, permitindo que a população do seu país tivesse a oportunidade de analisar de perto todo o seu bom desempenho. Os títulos foram muitos, foi comandado pelo lendário treinador Alex Ferguson, além de contar com grandes companheiros de equipe.

Na seleção jogou ao lado de David Beckham, Frank Lampard, Gerrard, Tery, Cole e outros, porém, é fato que seu rendimento na seleção inglesa sempre foi infinitamente distante, se comparado com os seus jogos no Manchester United. Vale lembrar que atingiu a marca de maior artilheiro da história da seleção inglesa, com 53 gols no total, mas ainda assim, Rooney fez pouco nos mundiais que participou. Para se ter ideia, em toda a história, contabilizando todos os seus jogos pela seleção nas Copas do Mundo, marcou somente um gol, isto aconteceu no duelo diante do Uruguai no ano de 2014, quando Rooney empatou a partida, mas viu o Uruguai vencer por 2X1 com dois gols de Luis Suárez.  

via GIPHY

2018

Com certeza a Inglaterra viveu um grande momento ofensivo na Copa do Mundo de 2018, quando finalmente levou a campo um jogador que possui presença de área, finaliza muito bem, é dono de grande personalidade e ainda apresenta ótimo futebol não somente com a camisa do seu clube (Tottenham), mas também com a camisa da seleção. No que se diz respeito a clubes, Harry Kane já fez diversos gols, sendo artilheiro do Campeonato Inglês nas temporadas de 2015/16 e também em 2016/17, sendo desejado pelos grandes clubes do futebol mundial.

Este atacante ainda alcançou a marca de artilheiro do mundial, marcando seis gols no total, sendo fundamental na fase de grupos, como por exemplo, no duelo diante da Tunísia, onde marcou os dois gols na vitória por 2X1. Nas oitavas de final fez mais um gol, diante da Colômbia, no empate pelo placar de 1X1, quando a Inglaterra venceu nos pênaltis. Vale destacar que dos seis gols marcados, Harry Kane fez três gols de pênalti e um onde admitiu que foi o gol mais sortudo de sua carreira, no duelo diante do Panamá, quando a bola desviou em seu pé e foi para o fundo das redes. Assim seria um erro dizer que Harry Kane está no nível de Ronaldo Fenômeno, Zidane, Messi ou Cristiano Ronaldo, mas é fato que conseguiu dar o seu melhor na competição, deixando a Inglaterra como uma seleção temida no seu sistema ofensivo.

2022...

O futuro do ataque inglês deve continuar contando muito com Harry Kane, que possui apenas 24 anos, podendo jogar mais uma ou até duas Copas do Mundo. Vale destacar que a Inglaterra não mostra força suficiente para conquistar o mundial já na próxima edição, pois além de Harry Kane ainda precisaria de outros bons nomes no elenco, pelo menos mais um jogador de qualidade para então formar uma excelente dupla de ataque. Porém, é fato que a presença de um goleador é de grande importância para a seleção ao menos sonhar com um bom desempenho, desta forma Harry Kane deve continuar sendo o grande nome do elenco.

O mais importante é que a Inglaterra chegou na semifinal neste mundial de 2018, o que então resgata o orgulho do seu povo, incentiva as novas gerações para acompanhar ainda mais o futebol e então traz maiores esperanças de maneira geral. De qualquer forma podemos continuar esperando grande dedicação e empenho desta seleção, especialmente dos seus atacantes.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

6. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

7. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

8. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

9. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

10. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.