Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

O VAR e o destino dos clubes na Liga dos Campeões

O VAR e o destino dos clubes na Liga dos Campeões

13 Março 2019por Fernando Verchai

Com certeza, a tecnologia nos traz grandes benefícios. Diante disso, o futebol também adotou algumas mudanças, com o objetivo de deixar o esporte ainda melhor e mais justo para todos os lados. Desta forma, o VAR cada vez mais está sendo fundamental em grandes jogos, onde o contexto muda totalmente devido a esta tecnologia.

Detalhes do jogo entre Manchester United X PSG

No primeiro jogo, o PSG visitou os ingleses e jogou sem seus principais medalhões, o uruguaio Cavani e o brasileiro Neymar ambos contundidos. Mas mesmo assim, o time parisiense foi superior e o Manchester United acabou perdendo por 2 x 0, com destaques para Dí Maria (ex-jogador do United), que fez uma bela partida, e o zagueiro brasileiro Marquinhos, que jogou improvisado de volante a pedido do técnico alemão Thomas Tuchel.

Pelo time do Manchester o destaque foi o ótimo goleiro espanhol De Gea. No primeiro tempo, o time francês dominou, com algumas chances dos diabos vermelhos aos 15 minutos com Paul Pogba fazendo uma jogadaça pela direita, cruzando forte, e o goleiro Buffon fazendo defesa em dois tempos. Mas não era a noite de Pogba, fazendo falta feia em Verrati e levando seu primeiro cartão amarelo no jogo.

Aos 26 minutos, Mbappé dispara pela direita e de frente contra De Gea bate cruzado para fora. Terminando a primeira etapa, foram só seis finalizações, três para cada lado. Na segunda etapa, o francês Mbappé começou a fazer a diferença para PSG, logo aos sete minutos Dani Alves cruza na sua cabeça mas novamente De Gea faz grande defesa evitando o primeiro gol. Mas logo em seguida, aos oito minutos, sai o gol dos franceses com Dí Maria batendo escanteio com muito veneno e o zagueiro Kimpembe aparece sozinho na pequena área e abre o placar.

Aos 15 minutos ele novamente o argentino Dí Maria faz belo passe e Mbappé arremata ao gol fazendo o segundo dos visitantes. Aí o time do Manchester começou a ficar nervoso até que Pogba comete falta dura e recebe seu segundo cartão amarelo e o vermelho ficando de fora da partida de volta em Paris.

AO VAR e o destino dos clubes na Liga dos Campeões

Segunda partida

Bom, o que dizer dessa partida que entrou para a história da Liga dos Campeões e principalmente para o Manchester United, que jogou desfalcado de 10 titulares e que ninguém acreditava que os diabos vermelhos iam conseguir essa façanha. No primeiro tempo, logo aos dois minutos de jogo, Kehrer recua errado e o belga Lukaku invade sozinho à frente do zagueiro brasileiro Thiago Silva, dribla o experiente goleiro Buffon e toca para o fundo das redes.

Confronto aberto em Paris. Aos 12 minutos o espanhol Juan Bernat faz o gol de empate, quando o lateral direito Dani Alves lança para Mbappé que cruza para a área. Tudo igual, mas a partida ainda aguardava mais surpresas. De Gea (que goleiro) salva o Manchester de levar o gol de virada num chute de Mbappé.

Só dava PSG. Aos 30 minutos, o goleiro de 41 anos com muita experiência falha grotescamente. Rashford chuta de fora da área e larga no pés de Lukaku e o camisa 9 não perdoa virando o jogo para 2 a 1. Agora os red devils tinham esperança em se classificar.

Terminando a primeira etapa no Parque dos Príncipes, mas por enquanto a vaga é dos franceses. Segundo tempo continua com pressão dos parisienses com várias tentativas mas sem sucesso com um time nervoso errando passes e finalizações.

Aos 44 acontece o lance de maior polêmica no jogo. O lateral direito português do Manchester arrisca de fora da área e a bola acaba batendo no braço de Kimpembe e sai para escanteio. O árbitro do jogo vai verificar o VAR e conclui que foi pênalti. Rashford vai para a cobrança e marca, classificando o Manchester United para as quartas de final da competição fazendo história no futebol europeu.

Neymar, que assistiu a partida no estádio francês, reclamou nas redes sociais da marcação do pênalti, mas a tecnologia vem para nos ajudar e não atrapalhar e deixar os jogos mais transparentes e que os erros de antigamente não ocorram mais.

Em Roma, o VAR também decidiu

O evento estava armado no estádio Olímpico para o primeiro embate, com a revelação italiana de apenas 19 anos, o meio campista Zaniolo, que fez os dois gols que deixaram a Roma em superioridade no duelo contra o Porto pelas oitavas da Liga dos Campeões. Só que o atacante espanhol Adrián López descontou nos minutos finais e deixou os dragões, recheados de brasileiros, em situação mais confortável para o jogo de volta mesmo com a derrota por 2 a 1.

A vantagem do empate ficaria com a equipe italiana. Já os portugueses precisavam vencer por 1 a 0 ou então por, pelo menos, dois gols de diferença. Tentando se recuperar da derrota na Itália, o técnico Sérgio Conceição postou um Porto diferente para o campo. No ataque colocou uma dupla diferente da que vinha jogando com o brasileiro Tiquinho Soares e o malinês Moussa Marega.

No ínicio quem aparecia com mais perigo era o ponta Corona. As primeiras chances portuguesas estiveram com o mexicano. Mas o gol só veio quando a dupla de ataque funcionou. Marega fez a jogada, desde a roubada de bola, passando fazendo tabela até chegar no passe para Tiquinho, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes.

Uma falha de Éder Militão, acabou complicando os Dragões. O brasileiro acabou derrubando o meia argentino Perotti na área, e De Rossi de pênalti deixou tudo igual. Apesar do lance de Militão, o Porto fez uma bela partida.

Pressionando na reta final do primeiro tempo e voltou do intervalo pressionando. Tiquinho Soares quase marcou o segundo após desvio de Marega. O segundo gol do Dragão saiu aos sete minutos Corona fez a jogada e o cruzamento para Marega que completou para as redes fazendo 2 a 1 no placar tudo igual no agregado.

Os donos da casa mantiveram a pressão logo após o gol, mas a Roma abdicou de atacar praticamente aceitando o resultado. A pressão dos portugueses não evitou a prorrogação que foi bem nervosa, tanto que o atacante Dzeko perdeu duas chances claras de gol uma com um chute por cima de do goleiro Casillas e outra que o zagueiro Pepe salvou em cima da linha. Mas um pênalti cometido por Florenzi em Fernando visto só pelo VAR que comprovou o puxão da camisa do atacante. O gol da classificação do Porto foi batido pelo jogador brasileiro Alex Telles.

O VAR vai continuar sendo fundamental

Muitos gols ainda serão anulados e muitos pênaltis serão marcados, devido a esta grande tecnologia. Os detalhes das câmeras já estão decidindo o futuro de muitos clubes. Desta forma o destino do PSG, Manchester United, Porto e Roma foram afetados pelo VAR. Estes são apenas alguns exemplos do que a tecnologia está fazendo com todo o contexto de um jogo.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.