Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Milagre em Anfield: Liverpool faz 4 a 0 no Barcelona e está na final da Liga dos Campeões

Milagre em Anfield: Liverpool faz 4 a 0 no Barcelona e está na final da Liga dos Campeões

08 Maio 2019por Stefano De Luca

Mais uma vez, o Liverpool fez o impossível virar possível, em uma noite de Liga dos Campeões. Após 14 anos da histórica virada em Istanbul, quando sagrou-se campeão derrotando o Milan com uma incrível reação no segundo tempo, os Reds voltaram a fazer história. Depois de serem derrotados por 3 a 0 pelo Barcelona no Camp Nou, os ingleses precisavam vencer os espanhóis por 4 a 0 no Anfield se quisessem avançar à final da Liga dos Campeões. E foi exatamente isso que aconteceu. Mesmo sem contar com os seus dois principais jogadores, Salah e Firmino, o Liverpool foi para cima do Barcelona, encurralou os catalães e fez história ao vencer por 4 a 0, com o brilho de dois heróis improváveis. Origi e Wijnaldum marcaram duas vezes cada e comandaram a goleada que ficará marcada para sempre na história do gigante Liverpool Football Club, primeiro finalista da atual edição da Liga dos Campeões.

Se por um lado o extraordinário feito da equipe de Jurgen Klopp merece e precisa ser exaltado, do outro, precisamos também falar sobre mais um fiasco do Barcelona. A situação foi muito parecida com a do ano passado, quando o Barcelona goleou a Roma por 4 a 1 no Camp Nou, mas acabou sendo superado por 3 a 0 na Itália, também se despedindo da Champions League. Mais uma vez, a equipe de Ernesto Valverde não mostra poder de reação e se despede da Liga dos Campeões de maneira melancólica e em uma circunstância que parecia quase impossível.

Talvez nem o mais otimista torcedor do Liverpool esperasse uma classificação no Anfield Road. Isso porque, além de ter que superar o Barcelona, uma das melhores equipes do mundo, por quatro gols de diferença, os ingleses ainda teriam que fazer isso sem os seus dois principais jogadores, já que os lesionados Mohammed Salah e Roberto Firmino foram vetados da partida e nem no banco de reservas ficaram. Jurgen Klopp então resolveu dar chances a jogadores pouco aproveitados na atual temporada, casos de Shaqiri e Origi. O primeiro deu uma assistência, enquanto o segundo marcou duas vezes. Outro herói da noite, o volante Wijnaldum só entrou em campo porque Robertson se machucou e precisou ser substituído, logo no intervalo do jogo.

O Liverpool sabia que precisaria ser praticamente perfeito se quisesse superar o Barcelona e avançar à final da Liga dos Campeões. Um gol do Barça deixaria a situação praticamente impossível e obrigaria os Reds a anotarem cinco do outro lado, para compensar o gol fora de casa dos Culés. O Barça até foi melhor no primeiro tempo, criou mais chances, mas parou em uma noite inspirada do goleiro Alisson, que fez boas defesas sempre que foi exigido. O único gol do primeiro tempo saiu logo aos seis minutos. Após vacilo de Jordi Alba, Henderson invadiu a área e bateu rasteiro. Ter Stegen fez grande defesa, mas Origi foi esperto e empurrou o rebote para o gol vazio, abrindo o placar no Anfield. Foi também uma das únicas ações ofensivas dos Reds na primeira etapa.

O segundo tempo começou com uma novidade. Machucado, Robertson deixou o campo, sendo substituído por Wijladum. Com isso, Milner passou a fazer a lateral-esquerda, com o holandês entrando em sua função de volante. Nem ele sabia, mas Wijanldum entrou em campo para mudar a história do jogo. Em dois minutos, o holandês marcou dois gols. Aos 10, Alba vacilou novamente, perdendo a bola para Alexander-Arnold, que cruzou rasteiro. Wijnaldum chegou batendo e venceu o goleiro Ter Stegen, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu fazer a defesa. No minuto seguinte, o Liverpool foi para o ataque novamente e Shaqiri cruzou com perfeição para Wijnaldum, que cabeceou com muito estilo, no cantinho de Ter Stegen, que desta vez nem se mexeu.

Com apenas 55 minutos, o Liverpool já havia devolvido os 3 a 0 sofridos no Camp Nou e com esse resultado, a partida caminhava para a prorrogação. Os Reds, porém, queriam definir a parada ainda no tempo normal e foram para cima em busca do quarto gol. E o gol que o Liverpool precisava veio aos 35 minutos do segundo tempo. O lance foi o mínimo curioso e originou de uma mistura de capacidade de improviso de Alexander Arnold e falta de concentração da zaga do Barcelona. O lateral-direito do Liverpool cobrou o escanteio de surpresa, quando a zaga do Barça ainda conversava entre si. Também atento, Origi recebeu sozinho e bateu forte, de primeira, para vencer um igualmente distraído Ter Stegen. Um gol inacreditável no Anfield, que selou a incrível classificação do Liverpool para a final da Liga dos Campeões, pelo segundo ano consecutivo.

O Liverpool conquistou a vaga para a final de maneira merecida. Os Reds já haviam sido melhores no confronto de ida, mas perderam gols feitos no Camp Nou e ainda foram castigados pela genialidade de Messi. Desta vez, no Anfield, o argentino foi bem marcado e o Liverpool foi cirúrgico nas chances que teve. De quebra, os ingleses ainda avançaram superando os enormes desfalques de Mohammed Salah e Roberto Firmino, principais nomes da equipe.

Esta foi também a maior virada em uma semifinal na história da Liga dos Campeões. Pela terceira vez consecutiva, o Barcelona foi protagonista em uma virada inacreditável. Em 2017, o Barça perdeu o jogo de ida para o PSG por 4 a 0, mas avançou com um incrível 6 a 1 no Camp Nou. Nos dois anos seguintes, porém, foi o Barcelona quem desperdiçou uma vantagem que parecia irreversível. Em 2018, o Barça fez 4 a 1 na Roma no Camp Nou, mas perdeu por 3 a 0 na Itália. Neste ano, 3 a 0 no Camp Nou diante do Liverpool e uma categórica derrota por 4 a 0 no Anfield.

Dono de cinco títulos da Liga dos Campeões – o último conquistado em 2005 – o Liverpol chegou a sua nona final de UCL. Agora, resta apenas conhecer o adversário na grande final, que sairá do confronto entre Ajax e Tottenham, que se enfrentam na tarde desta quarta-feira, na Johan Cruyff Arena, em Amsterdã. A vantagem é dos holandeses, que venceram por 1 a 0 na Inglaterra e agora jogam pelo empate para avançar à final. A finalíssima da atual edição da Liga dos Campeões será disputada no sábado, dia 1 de junho, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri.

.

Foto de capa: Wijnaldum, Henderson e Arnold comemoram os gols do Liverpool (PHIL NOBLE / REUTERS)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.