Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Luta com Diaz sofre interrupção médica e Masdival vence no UFC 244

Luta com Diaz sofre interrupção médica e Masdival vence no UFC 244

04 Novembro 2019por Stefano De Luca

Para a frustração de todos, a luta principal do UFC 244, realizado no lendário Madison Square Garden, em Nova York, terminou de maneira melancólica, com a interrupção do médico, que concluiu que Nate Diaz não tinha mais condição de continuar no combate, com Jorge Masdival sendo declarado o vencedor, por nocaute técnico. Depois de três rounds muito intensos, o médico do UFC acabou decretando, no intervalo entre o terceiro e o quarto assalto, que Diaz não tinha mais condições de prosseguir na luta, por conta de um corte profundo no supercílio direito.

O tão esperado duelo em Nova York, colocou frente a frente dois dos principais lutadores da categoria dos meio-médios do UFC. O primeiro round foi dominado por Masdival, que castigou Diaz com duros golpes, chegando até a flertar com o nocaute, mas Nate Diaz mostrou toda a sua resiliência, resistindo aos avanços do rival, que parecia mais inteiro no combate.

O segundo round foi mais equilibrado. Diaz enfim mostrou ao que veio, tomando mais a iniciativa da luta. Aos poucos, porém, Masdival foi retomando o controle do combate, mostrando estar mais em forma e com mais gana de vencer. Novamente, Masdival levou Diaz para a grade e castigou o adversário com bons golpes. No finalzinho, Diaz ainda tentou uma chave de calcanhar em Masdival, mas não conseguiu encaixar o golpe.

Masdival estava nitidamente mais inteiro na luta. No terceiro round, ele continuou sendo superior a Diaz e encaixou bons golpes, abrindo inclusive um grande corte no supercílio direito de Nate Diaz, que já não conseguia reagir como antes. No intervalo do terceiro para o quarto round, o médico do UFC entrou no octógono para avaliar a condição de Nate Diaz e mesmo com o lutador dizendo que conseguia continuar a luta, optou por preservar o atleta, dando um ponto final no combate, decretando a vitória de Jorge Masdival, por nocaute técnico.

Após o frustrante final de luta, tanto Masdival quanto Diaz, em suas entrevistas pós-luta, garantiram que gostariam de fazer uma revanche em um futuro próximo.

- Eu disse ao Nate agora que como ele me deu muito reconhecimento, eu farei o mesmo a ele. Eu quero lutar com ele novamente, porque ele merece. Ele é duro demais. Eu vi que ele estava pronto para continuar com a luta. Não me vaiem, porque eu não sou o médico. Infelizmente, o médico optou por encerrar a luta. Eu não sou o médico e não sou eu quem tomo estas decisões. – disse Masdival, ainda no octógono.

Nate Diaz também se mostrou decepcionado com a polêmica intervenção do médico, que julgou que o seu corte era muito profundo para continuar a lutar.

- Eu não achei que eles iriam parar a luta. Eu estava pronto para recomeçar. Hoje eu tive um problema e não consegui me movimentar como normalmente faço. A minha estratégia estava começando a encaixar, mas o Jorge mandou bem. Eu quero fazer essa revanche. Deixe eu me curar que vamos lutar de novo. – disse Nate Diaz.

JORGE MASDIVAL DESCARTA DUELO COM CONOR MCGREGOR; NATE EXALTA PRESENÇA DE TRUMP

Jorge Masdival se mostrou receptivo a uma possível revanche com Nate Diaz, mas não se mostrou tão receptivo sobre outro rumor que surgiu nestas últimas semanas, sobre um possível duelo com o irlandês Conor McGregor. O americano cita a diferença de tamanho entre os dois como o principal obstáculo para uma possível luta.

- O Conor fala muita besteira. Se eu lutasse contra ele, eu ia destruir aquele anão. Ele é um garotinho. O Dana White já disse que eu sou grande demais para ele. Eu entendo que as pessoas querem vê-lo apanhar, por tudo que ele fez e falou, mas o Conor não quer isso. O McGregor fala apenas para divulgarem o seu nome na mídia. Ele estava torcendo pelo Nate, porque queria uma terceira luta. Ele não quer lutar comigo, ele não é retardado de querer isso. Conor não quer uma luta de verdade, por isso está batendo em idosos por aí. – alfinetou Jorge Masdival.

Já em sua coletiva pós-luta, Nate Diaz voltou a reafirmar o desejo por uma revanche com Jorge Masdival e ainda exaltou a presença de Donald Trump, presidente do UFC, que compareceu ao Madison Square Garden para prestigiar o UFC 244.

- Eu sei o que vai acontecer, sei como as coisas funcionam nos bastidores. Eu trouxe o presidente Trump para ver a luta. Eu nunca vi um presidente comparecer a uma luta que não valesse o título. Eu quero voltar recuperado para enfrentar o Masdival novamente. Esse é o meu plano, voltar lá e fazer a revanche. É a única coisa que quero agora. Eu só peço um pouco mais de tempo para me recuperar, algo que não me deram depois que eu venci Pettis. – disse o sempre confiante Nate Diaz.

Aos 34 anos de idade, Jorge Masvidal vive um dos melhores momentos de sua carreira. Ele vem de três vitórias consecutivas, sobre Darren Till, Ben Askren e agora Nate Diaz e ostenta agora 35 vitórias em 48 lutas na carreira. Já Nate Diaz, que tem a mesma idade que o rival, vinha de um triunfo sobre Anthony Pettis, em sua última luta, em agosto deste ano. Diaz conta com 20 triunfos e 12 reveses em 32 lutas na carreira.

Além da vitória de Jorge Masdival sobre Nate Diaz, o UFC 244 contou ainda com o triunfo de Darren Till sobre Kelvin Gastelum, a vitória de Stephen Thompson diante de Vicente Luque e a surpreendente vitória de Corey Anderson, que nocauteou Johnny Walker, ainda pelo Card Preliminar da noite.

.

Foto de capa: Sarah Stier-USA TODAY Sports

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.