Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Lucas brilha e comanda virada épica do finalista Tottenham diante do Ajax

Lucas brilha e comanda virada épica do finalista Tottenham diante do Ajax

09 Maio 2019por Stefano De Luca

Antes mesmo da grande final, esta já pode ser considerada uma das melhores e mais dramáticas edições da história da Liga dos Campeões. Exatas 24 horas depois do Liverpool chocar a todos, revertendo uma derrota por 3 a 0 no jogo de ida, para um triunfo por 4 a 0 na partida de volta, agora foi a vez do Tottenham operar mais um milagre inglês nas semifinais da Champions League. Em Amsterdã, pelo jogo de volta das semis, os Spurs saíram atrás no marcador, foram para o intervalo perdendo por 2 a 0 e estavam em situação dramática. Foi aí que brilhou a estrela do brasileiro Lucas. Na melhor atuação de sua carreira, o camisa 27 comandou uma incrível reação do Tottenham, marcou três gols, um deles no último minuto do jogo, garantiu a vitória e a vaga na final ao Tottenham, que agora terá pela frente um clássico inglês diante do Liverpool em Madri, pela grande final da Liga dos Campeões.

A partida foi maluca na Johan Cruyff Arena. O Ajax havia vencido o jogo de ida por 1 a 0, em Londres e precisava apenas do empate para voltar à final da Liga dos Campeões após mais de duas décadas. Por outro lado, o Tottenham precisava vencer para ir à finalíssima pela primeira vez em sua história. A missão do Ajax era mais fácil e ficou ainda mais tranquila com dois gols logo no primeiro tempo, marcados por De Ligt, de cabeça e depois por Ziyech, em uma bomba de perna esquerda. Com 2 a 0 no placar, cabia aos holandeses administrar a enorme vantagem no segundo tempo.

Mas na segunda etapa, tudo mudou. Substituto do lesionado Harry Kane, Lucas Moura comandou uma reação sensacional dos ingleses. Em menos de cinco minutos, o brasileiro marcou dois belos gols, empatando a partida na Holanda. Precisando agora de apenas mais um gol, o Tottenham martelou, acertou a trave, parou em milagres de Onana, mas conseguiu o tão sonhado tento com menos de 10 segundos para o final do jogo. O relógio já batia nos 49 minutos e 50 segundos, quando um chutão para frente foi dominado por Llorente, que fez o pivô para a chegada de Lucas. Endiabrado, o brasileiro chegou batendo, de novo de esquerda, no cantinho de Onana, colocando o Totttenham na final da Liga dos Campeões e desabando um emocionado Mauricio Pochettino na beira do gramado.

O jogo foi de dois tempos completamente distintos em Amsterdã. Já em vantagem, o Ajax marcou logo no início. Os mandantes foram para cima e Tadíc obrigou Lloris a fazer grande defesa. No escanteio, De Ligt – zagueiro artilheiro – subiu mais que todo mundo e fez um lindo gol de cabeça. O Tottenham respondeu imediatamente, com Son carimbando a trave de Onana. Aos 35 minutos, o Ajax dobrou a sua vantagem, em ótimo contra-ataque. Van Beek abriu para Tadíc, que rolou para Ziyech, chegar batendo forte, marcando um golaço.

Perdendo por 2 a 0 e precisando da virada para garantir vaga na final da Liga dos Campeões, Pochettino foi para o tudo ou nada, sacando Wanyama no intervalo para a entrada do grandalhão Fernando Llorente. Com mais presença de ataque, o Tottenham melhorou. Primeiro foi a vez de Dele Alli parar em grande intervenção de Onana. Aos 10, porém, Dele fez grande jogada individual e a bola sobrou para Lucas bater firme, de canhota, para o fundo do gol. O brasileiro ainda empataria o jogo cinco minutos depois. Depois de uma confusão na pequena área, a bola sobrou para Lucas, que em um pequeno espaço conseguiu se desvincular da marcação e bateu de esquerda para marcar.

Com 2 a 2 no placar, o jogo ficou dramático em Amstedã. Inspirado, Ziyech recebeu de Tadíc na entrada da área e tirou tinta da trave esquerda de Lloris. Inspirado, o camisa 22 ainda carimbou a mesma trave, em mais uma bomba rasteira. Aos 35, Pochettino fez mais uma alteração ousada, sacando Trippier para a entrada de Lamela. Aos 42, um lance incrível. A bola foi alçada na área e Vertonghen carimbou o travessão de Onana. No rebote, Son finalizou e a zaga cortou em cima da linha. O juiz deu cinco minutos de acréscimo e quando a partida parecia definida, tudo mudou. Literalmente no último lance da partida, o Tottenham foi para cima aos trancos e barrancos, Llorente fez bem o pivô e a bola sobrou para o iluminado Lucas, que bateu rasteiro, de esquerda, vencendo Onana, decretando uma das maiores viradas da história da Champions League.

Se por um lado, o Ajax não pode contar com o seu brasileiro, devido à lesão de última hora de David Neres, que não ficou sequer no banco de reservas, do outro, o Tottenham agradecera para sempre pelo seu. Recém-contratado pelos Spurs após anos agonizando no banco de reservas do PSG, Lucas Moura viveu em Amsterdã o maior momento de sua carreira. O brasileiro foi o grande herói da classificação do Tottenham, marcando os três gols do jogo. Após o jogo, o meia Eriksen, um dos principais jogadores dos Spurs, chegou a brincar dizendo que o brasileiro deveria receber uma estátua no novo estádio do Tottenham, caso o título venha. Lucas foi o grande destaque do jogo, marcando três belos gols de perna esquerda, todos no segundo tempo. Detalhe: ele é destro.

Lucas brilha e comanda virada épica do finalista Tottenham diante do Ajax

Onze anos depois, a Liga dos Campeões voltará a ter uma final inglesa. Em 2008, o Manchester United bateu o Chelsea nos pênaltis, em Moscou. Desta vez, Liverpool e Tottenham se enfrentarão em Madri, no Estádio Wanda Metropolitano, no primeiro dia de junho. Os dois clubes chegam com a moral lá em cima para o confronto. Isso porque tanto o Liverpool quanto o Tottenham protagonizaram duas das maiores viradas da história de uma já histórica Champions League. O confronto também colocará frente a frente dois dos mais respeitados treinadores do futebol inglês, que transformaram os seus respectivos clubes, mas ainda não conquistaram títulos pelas suas equipes. O Liverpool é comandado pelo carismático alemão Jurgen Klopp, enquanto o chefão do Tottenham é o argentino Maurício Pochettino.

.

Foto de capa: Lucas Moura marcou três vezes na partida de volta da semifinal. (DAN MULLAN/GETTY IMAGES)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.