Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Kicker acerta a trave no último lance e Eagles derrotam os Bears em Chicago

Kicker acerta a trave no último lance e Eagles derrotam os Bears em Chicago

07 Janeiro 2019por Stefano De Luca

O atual campeão segue vivo na NFL. Depois de um início de temporada muito ruim, os Eagles conseguiram uma bela arrancada na reta final do ano para conquistar uma vaga nos playoffs. Depois, sofreram mais um duro baque ao perder o QB titular, Carson Wentz, por lesão. Mais uma vez comandados pelo “pé-quente” Nick Foles, a franquia de Philadelphia foi até Chicago enfrentar os favoritos Bears na rodada de Wild Card da NFC.

Acostumados a desbancar favoritos – afinal de contas, foi assim que chegaram ao Super Bowl no ano passado – os Eagles superaram os Bears em um grande jogo, repleto de emoção até o último segundo. A partida era lá e cá desde o início. No finalzinho do último quarto, os Eagles conseguiram um improvável drive que terminou em TD, mais uma vez vendo a estrela de Nick Foles brilhar na Hora H. com menos de um minuto no relógio, os Bears aceleraram as suas campanhas até chegar à linha de field goal. Com menos de cinco segundos no relógio, Cody Parkey foi para o chute. A bola bateu na trave, girou, bateu no travessão e saiu, com requintes de crueldade. Atônitos, os torcedores de Chicago pareciam não acreditar no que haviam acabado de testemunhar.

Favoritos para avançar na rodada de Wild Card, os Bears ficam pelo caminho logo no início dos playoffs mais uma vez, enquanto os Eagles esbanjaram a infame sorte de campeão para avançar rumo às semifinais da Conferência Nacional. Agora, os Eagles terão a difícil missão de visitar os Saints, em Nova Orleans. Os Saints são considerados por muitos como os grandes favoritos a levar o Super Bowl neste ano, já que fizeram a melhor campanha dentre todas as 32 equipes na temporada regular da NFL.

O JOGO

A expectativa era grande para o duelo entre o Philadelphia Eagles, de Nick Foles e do Chicago Bears, de Mitchell Trubisky. Apesar disso, quem brilhou no primeiro tempo do encontro na cidade do vento foram as defesas. Forçando fumbles, turnovers e conseguindo interceptações, as defesas brilharam tanto, que o primeiro tempo do duelo terminou sem nenhum touchdown. Os Eagles foram para o intervalo vencendo por 6 a 3. Os pontos de Philadelphia foram marcados pelo kicker Cody Parkey, que converteu field goals de 29 e 36 jardas. Do outro lado, Jake Elliot também pontou para os Bears, convertendo um field goal mais longo, de 43 jardas.

Na volta do intervalo o jogo mudou e tornou-se bem mais vertical. Logo em uma de suas primeiras campanhas no terceiro quarto, os Eagles chegaram a Redzone. Lá, Foles achou Dallas Goedert para anotar o primeiro TD do jogo. Os Bears foram para cima e deixaram Parkey em boa condição para chutar um field goal de 34 jardas. O kicker converteu e diminui a vantagem dos Eagles para 10 a 9. Na campanha seguinte, os Bears viram Trubisky lançar com precisão Allen Robinson, que anotou o primeiro touchdown da noite para os donos da casa.

Faltando pouco para o final do jogo, os Eagles precisavam controlar bem o cronômetro para conseguir a virada. Aos poucos, foram avançando rumo à endzone e viram Nick Foles brilhar, com um passe milimétrico na quarta descida para Golden Tate, que virou o jogo, restando 55 segundos para o final do jogo. Vencendo por 16 a 15, os Eagles foram para a conversão de dois pontos e acabaram não conseguindo, por centímetros, em lance que precisou até ser revisto pelos juízes.

Restando menos de um minuto para o final do jogo, os Bears aceleraram rumo ao ataque, com Mitchell Trubisky acertando belos passes longos. Faltando cinco segundos para o final do jogo, Chicago conseguiu deixar Cody Parkey em situação confortável para tentar um chute de 43 jardas que definiria a vitória do time da casa. O kicker foi para o chute e converteu, mas os Eagles queimaram o seu último timeout no último instante possível. Sendo assim, o chute não valeu. Na segunda tentativa, Parkey chutou, a bola bateu na trave lateral, girou, bateu no travessão e saiu, de maneira agonizante.

Inacreditavelmente, os Eagles arrancaram a vitória e continuam vivos na briga pelo bicampeonato do Super Bowl. Já os Bears, que haviam feito a terceira melhor campanha da Conferência Nacional, ficam pelo caminho mais uma vez, desta vez com requintes de crueldade, vendo a bola bater na trave duas vezes no chute decisivo.

Kicker acerta a trave no último lance e Eagles derrotam os Bears em Chicago

CAMINHADA ATÉ O SUPER BOWL

Deixando pelo caminho o favorito Chicago Bears, o Philadelphia Eagles continua vivo na saga rumo ao bicampeonato da maior liga de futebol americano do mundo. Agora pela Divisional Round – também conhecida como semifinal da NFC – os Eagles terão pela frente mais uma pedreira. A franquia de Philadelphia viaja até Nova Orleans, onde enfrentam os Saints, time com a melhor campanha na temporada regular da NFL.

O jogo está marcado para o próximo domingo, dia 13 de janeiro, às 19h40 da noite. Quem avançar, enfrenta na final da NFC o ganhador do outro duelo das semis, entre Dallas Cowboys e Los Angeles Rams, na Califórnia. Este confronto acontece na noite deste sábado, dia 12 de janeiro, às 23h15. Já na Conferência Americana, as semifinais estão formadas pelos seguintes duelos: no sábado, dia 12, às 19h35, o favorito Kansas City Chiefs, da sensação Patrick Mahomes, recebe o embalado Dallas Cowboys. Já o domingo, dia 13, às 16h05, o New England Patriots, de Tom Brady, recebe o Los Angeles Chargers em Foxborough.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.