Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Johnny Walker aplica nocaute relâmpago de novo e vence mais uma no UFC

Johnny Walker aplica nocaute relâmpago de novo e vence mais uma no UFC

08 Março 2019por Stefano De Luca

Poucos lutadores têm chamado tanto a atenção em tempos recentes quanto Johnny Walker. O brasileiro de 26 anos e impressionantes 1m98cm de altura vem emplacando vitória atrás de vitória no UFC. Pelo Card Preliminar, no UFC 235, em Las Vegas, o carioca fez mais uma vítima. Johnny Walker nocauteou Misha Cirkunov com uma brutal joelhada voadora, com apenas 36 segundos de luta. Vale lembrar que o brasileiro vinha de um nocaute ainda mais rápido. No mês passado, em Fortaleza, ele nocauteou Justin Ledet em 15 segundos. Esta é a terceira vitória de Johnny Walker em três lutas pelo UFC. Ele estreou em novembro do ano passado, também com um nocaute no primeiro round, diante de Khalil Rountree Jr.

Esta é sem dúvida a mais importante vitória de Johnny como lutador de MMA. Em seu nono triunfo seguido na carreira, o brasileiro desafiou o 14º colocado do ranking dos meio-pesados, mas Misha Cirkunov não teve chances, sendo nocauteado de maneira avassaladora. Na entrevista coletiva pós-luta concedida para Joe Rogan, o brasileiro admitiu que se machucou na comemoração da vitória. Johnny bateu continência e se jogou no chão, mas acabou deslocando o ombro ao fazer isso.

- Foi um bom timing da joelhada. Eu treinei isso milhões de vezes e vou continuar treinando para ser sempre perfeito. Eu me machuquei um pouco na comemoração, estava doendo, mas já está melhor. Se eu sobrevivo a mim mesmo, sobrevivo a qualquer um. – declarou o brasileiro, ainda no octógono.

Novo fenômeno do UFC, Johnny Walker não impressionou somente ao público, os telespectadores e Dana White. O brasileiro recebeu elogios de muitos lutadores, como Rafael dos Anjos, Megan Anderson e Sam Alvey, que por meio de suas redes sociais trataram de parabenizar o jovem lutador pela performance.

Passada a alegria com o triunfo, Johnny recebeu a má notícia de que terá que ficar quatro semanas afastado dos treinos por conta de uma luxação no ombro, sofrida pela queda na comemoração. Ele recebeu uma suspensão medida preventiva de seis meses da Comissão Atlética de Nevada, mas poderá voltar a lutar mais cedo, com a apresentação de uma radiografia.

- Eu machuquei o meu ombro sozinho na hora da comemoração, mas ele voltou para o lugar. Ficou dolorido, mas já está melhorando. Agora preciso recuperar, vou dar uma segurada. Eu quero me recuperar logo, porque quero lutar mais umas cinco vezes nesse ano, para eu ficar feliz. Estou pronto, saudável e forte. Quando eu ficar velho, eu não preciso lutar mais. Com meu ombro pronto, se não for nada sério aqui, eu estou pronto para voltar a lutar. É só marcar o lugar que eu vou. – garantiu um empolgado Johnny Walker.

Com um cartel de 17 vitórias e três derrotas, com nove triunfos seguidos, sendo três deles pelo UFC, Johnny Walker garante que não vai deixar o sucesso subir à cabeça.

Johnny Walker aplica nocaute relâmpago de novo e vence mais uma no UFC

- A fama não vai mexer com a minha cabeça. Eu tenho a cabeça forte e já formada. Eu não vou mudar com a fama ou com o dinheiro, nem com a pressão, nem com nada. Eu sou essa pessoa e sempre vou ser a pessoa que sou hoje. Se eu tiver que mudar, vai ser para melhor. Eu não faço questão de ter fama e nem dinheiro. Mas se acontecer, vou ser feliz também. – disse um humilde Johnny Walker.

PEDRO MUNHOZ SUPERA CODY GARBRANDT

A atenção do público está toda voltada a Johnny Walker, mas outro brasileiro que brilhou no final de semana em Las Vegas foi Pedro Munhoz. O paulistano de 32 anos de idade conseguiu a maior vitória da carreira ao nocautear o ex-campeão dos galos, Cody Garbrandt, na luta que abriu o Card Principal do UFC 235, em Vegas.

O nocaute aconteceu nos segundos finais do primeiro round. Aos 32 anos de idade, o paulistano venceu pela terceira vez seguida no UFC e vai se credenciando para voos mais altos na organização. O sonho de Pedro Munhoz é enfrentar o atual campeão dos galos, TJ Dillashaw.

- Eu quis trazer a melhor luta possível para essa galera. Agora eu quero lutar pelo cinturão. Acabei de derrubar o número 2 da categoria, que é o Cody Garbrandt e agora eu quero o cinturão. – declarou o brasileiro após a luta.

Antes de superar Garbrandt, Munhoz vinha de triunfos sobre Bryan Caraway e Brett Johns. Sua última derrota foi para John Dodson, na decisão dividida dos jurados, há um ano atrás. O brasileiro soma agora 18 vitórias e três derrotas na carreira. Já Cody Garbrandt, ex-campeão da categoria, é mais novo. Invicto até perder o cinturão em novembro de 2017, ele agora acumula três derrotas seguidas, duas para TJ Dillashaw e uma para Pedro Munhoz, todas por nocaute.

BEN ASKREN SOFRE, MAS FINALIZA ROBBIE LAWLER NA ESTREIA

Uma das maiores estrelas do MMA a nunca ter lutado pelo UFC, Ben Askren finalmente fez a sua estreia na maior organização do esporte no mundo. Em sua estreia, o americano precisou sofrer para vencer Robbie Lawler de virada no UFC 235. Considerado grande favorito para o duelo, Ben foi surpreendido pelo ex-campeão, que o jogou no chão com força e abusou do ground and pound. Robbie Lawler chegou a flertar com a vitória, mas Askren aguentou e deu a volta por cima. Ainda no primeiro tempo, ele achou uma brecha para aplicar uma gravata em Lawler, que não resistiu.

O final, porém, foi recheado de polêmica. Isso porque Robbie não aparenta bater em qualquer momento. O que acontece é que ele aparenta apagar e seu braço fica mole, levando Herb Dean a encerrar a luta, dando a vitória a Askren. Indignado, Robbie Lawler reclamou muito da decisão e saiu do cage xingando muito o veterano árbitro.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.