Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Jared Cannonier nocauteia Jack Hermansson em Copenhagen

Jared Cannonier nocauteia Jack Hermansson em Copenhagen

30 Setembro 2019por Stefano De Luca

Pela primeira vez em sua história, o UFC realizou um evento na Dinamarca. O evento aconteceu no último final de semana, na Royal Arena, na capital Copenhagen. O evento inaugural do Ultimate no país escandinavo foi prestigiado por mais de 12 mil torcedores, que compareceram à Arena para prestigiar o evento. O Main Event da noite foi o duelo de pesos médios entre Jared Cannonier e Jack Hermansson. O norte-americano acabou levando a melhor, nocauteando o sueco no segundo round da luta.

Em boa fase no UFC, Jared Cannonier venceu pela terceira vez consecutiva e ainda quebrou um streak positivo de quatro triunfos consecutivos de Jack Hermansson na organização. O nocaute veio logo no segundo round da luta. O primeiro assalto do duelo foi bem morno. Hermansson tentou levar Cannonier para baixo, mas o americano se defendeu bem. Depois, o sueco enfim conseguiu derrubar o americano, que se levantou rapidamente e devolveu na mesma moeda, colocando Hermansson para baixo. O primeiro round ficou nessa, de tentativa de queda, com pouca trocação entre os dois.

Já o segundo assalto, foi rápido e brutal. Hermansson tentou encurtar a distância, mas foi atingido por um uppercut, que o abalou. Percebendo o sueco em apuros na luta, o norte-americano foi ligeiro, foi para cima, distribuiu bons golpes em sequência e continuou golpeando o sueco, até a interrupção do árbitro, que chegou à conclusão que Hermansson não conseguia mais se defender, decretando o fim do combate e a vitória de Cannonier, por nocaute.

Depois da vitória, Jared Cannonier ainda tratou de alfinetar os fãs brasileiros, garantindo que os fãs dinamarqueses foram mais hospedeiros do que os brasileiros, que o vaiaram muito depois que o americano venceu Anderson Silva, no Rio de Janeiro, em maio deste ano.

A grande atuação de Cannonier, que venceu com um belo nocaute no segundo assalto, foi premiada com o bônus de 50 mil dólares pelo UFC, já que o americano ganhou o prêmio de “Performance da Noite” em Copenhagen. Desta vez, o Ultimate resolveu não dar a ninguém o famoso prêmio de “Luta da Noite”. Outros atletas a serem premiados com o bônus de “Performance da Noite” na Dinamarca, foram John Phillips, Ovince St-Preux e Jack Shore.

ALEX COWBOY É DERROTADO POR DALBY; DURINHO SUPERA NELSON

O duelo entre Alex Cowboy e Nicolas Dalby abriu o Main Card do UFC Copenhagen, na capital dinamarquesa. Antes tratado com uma das sensações do momento da organização, o brasileiro agora encara um momento complicado no UFC, tendo sido derrotado pela terceira vez consecutiva. O algoz da vez foi Dalby, que venceu quatro de suas últimas cinco lutas.

O duelo, porém, foi bem polêmico. Cowboy acabou prejudicado pela sua estratégia e também por uma decisão equivocada do árbitro central. O brasileiro venceu o primeiro round e foi superado no segundo assalto. O terceiro e decisivo assalto vinha sendo dominado por Cowboy, que caiu por cima de Dalby e dominava o dinamarquês no chão.

Do nada, o árbitro central mandou os dois se levantarem. Cowboy se afobou, tentou quedar Dalby novamente e na tentativa de encaixar uma chave de braço, caiu em posição ruim, por baixo e foi castigado pelo atleta local, que acabou vencendo o terceiro e decisivo assalto, vencendo por um triplo 29-28, na decisão unânime dos jurados.

Aos 31 anos de idade, Alex Cowboy já viveu dias melhores no UFC. O brasileiro vem de três derrotas consecutivas, para Gunnar Nelson, Mike Perry e agora, Nicolas Dalby. Já o dinamarquês, que está com 34 anos, venceu quatro de suas últimas cinco lutas, sendo a outra um No Contest. Esta foi a maior vitória da carreira de Dalby até aqui no MMA.

Se Alex Cowboy decepcionou, o outro brasileiro a representar o país no Main Event do UFC Copenhagen fez a sua parte. Gilbert “Durinho” Burns enfrentou o veterano Gunnar Nelson, na terceira luta principal do evento no final de semana e venceu, na decisão unânime dos jurados, com um triplo 29-28, em duelo bem equilibrado.

O brasileiro teve uma boa atuação diante do islandês e acabou levando uma ligeira vantagem, em duelo bem equilibrado na Dinamarca. Empolgado com a atuação, Durinho pediu uma chance com Neil Magny em sua próxima batalha no UFC.

- Ei, Dinamarca, eu amo vocês. Eu vim para o peso-médio para ficar. Agora eu quero lutar com o Neil Magny, no dia 14 de dezembro. Vamos lá, vamos fazer isso acontecer! – disse o brasileiro, citando o UFC 245, que acontecerá em Las Vegas.

Aos 33 anos de idade, Gilbert Durinho venceu pela quarta vez seguida no UFC e vive o seu melhor momento desde que se juntou à organização, há cinco anos. Já Gunnar Nelson, ainda está com 31 anos, mas já não vive a sua melhor fase. O islandês perdeu três de suas últimas quatro lutas no Ultimate, incluindo reveses para Leon Edwards e Santiago Ponzinibbio.

Em outra luta de destaque do UFC Copenhagen, o veterano Ovince St-Preux, de 36 anos, voltou a vencer após duas derrotas seguidas. O haitiano superou o jovem polonês Michal Oleksiejczuk, de 24 anos, finalizando o rival no segundo round. No Co-Main Event da noite, na Dinamarca, o atleta da casa, Mark Madsen superou Danilo Belluardo com um nocaute relâmpago, com pouco mais de um minuto de luta no primeiro assalto. Outro a conseguir um nocaute no primeiro round foi Ion Cutelaba, que superou Khalil Rountree Jr, também pelo Main Card da noite.

.

Foto de capa: Jared Cannonier em luta contra Jack Hermansson no UFC Dinamarca (Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.