Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Internacional atropela o Cruzeiro e está na decisão da Copa do Brasil

Internacional atropela o Cruzeiro e está na decisão da Copa do Brasil

05 Setembro 2019por Stefano De Luca

O Internacional está na final da Copa do Brasil. Depois de encaminhar a vaga com uma vitória simples fora de casa, no Estádio do Mineirão, o Colorado voltou a fazer a sua parte, desta vez no Beira-Rio, atropelando o Cruzeiro por 3 a 0, com uma grande atuação de Paolo Guerrero. O centroavante peruano comandou a goleada do Inter, com dois gols. O camisa 9 ainda participou do terceiro gol do Internacional, marcado pelo volante Edenílson, que tocou por cobertura, encobrindo o goleiro Fábio.

Campeão da Copa do Brasil em 1992, o Internacional volta a uma final da competição após 10 anos. Em 2009, o Inter acabou ficando com o vice, sendo derrotado pelo Corinthians, de Ronaldo, na final. O Colorado luta pelo bicampeonato da competição e eliminou ninguém menos que o Cruzeiro, maior vencedor da Copa do Brasil, com seis títulos e atual bicampeão da competição nacional.

O adversário do Internacional na final da Copa do Brasil será o Athlético Paranaense. O Furacão garantiu a sua vaga ao derrotar o Grêmio por 2 a 0 na Arena da Baixada e se classificar nos pênaltis, já que o placar agregado terminou empatado em 2 a 2. O Athlético – vice da Copa do Brasil em 2013 – busca o seu primeiro título da competição.

Herói da classificação Colorada, Paolo Guerrero quase não entrou em campo diante do Cruzeiro. Isso porque o peruano havia sido convocado por Ricardo Gareca para defender a sua seleção, em amistosos, que acabaram coincidindo com a data do jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. A federação de futebol do Peru estava bastante relutante em liberar o atleta para a partida, mas depois de muita insistência, o próprio Guerrero conseguiu convencer Gareca de liberá-lo para o jogo diante do Cruzeiro. O camisa 9 acabou sendo decisivo, marcando dois dos três gols do Internacional em Porto Alegre, sendo talvez o grande protagonista da classificação do Colorado.

Além do prestígio esportivo, o Internacional ainda comemora o alívio financeiro que a vaga na final da Copa do Brasil trará ao clube gaúcho. Isso porque, apenas por chegar à final da competição, tanto Internacional quanto Athlético Paranaense embolsarão 21 milhões de reais cada. Já o grande campeão da Copa do Brasil ficará com a enorme quantia de 52 milhões de reais.

A vaga na final traz alívio ao Internacional, depois de uma dolorida derrota nas quartas de final da Copa Libertadores, para o Flamengo. Já o Cruzeiro, vê a última chance de conquistar um título nesta temporada cair por água abaixo. Eliminado pelo River Plate nas oitavas de final da Libertadores, a Raposa fica pelo caminho também na Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, a situação do Cruzeiro é delicada, uma vez que o clube mineiro é o 16º colocado, o primeiro clube fora da temida zona de rebaixamento da competição nacional.

Empurrado por um lotado Beira-Rio, o Internacional precisava apenas do empate para avançar à final da Copa do Brasil, já que venceu o jogo da ida por 1 a 0, no Mineirão. Agora comandado por Rogério Ceni, depois da demissão de Mano Menezes, o Cruzeiro buscava vencer em Porto Alegre para manter-se vivo na Copa do Brasil.

Convicto de suas ideias, o técnico Odair Hellmann escalou o Cruzeiro em seu tradicional 4-3-3, com três volantes no meio de campo, um meia armador aberto pelo lado, um atacante de velocidade de outro e um centroavante enfiado no meio da área. A única mudança em relação aos jogos anteriores foi a entrada de Nico López, que ganhou a vaga de Rafael Sóbis e formou o trio de ataque com os veteranos D’Alessandro e Guerrero. Do outro lado, Rogério Ceni fez algumas improvisações, escalou Jadson na lateral-direita, Pedro Rocha como centroavante e deu chances a Fabricio Bruno e Dodô, pouco utilizados por Mano Menezes. O meio de campo foi mais ofensivo, com apenas Henrique como volante, dando mais liberdade a Robinho, Thiago Neves, David e Marquinhos Gabriel.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado no Beira-Rio. A primeira chance clara de gol foi do Cruzeiro, que viu Pedro Rocha chutar em cima de Marcelo Lomba e David finalizar para fora no rebote. A Raposa assustou ainda em chutes de fora da área, principalmente com Thiago Neves e Marquinhos Gabriel. Apesar da leve superioridade do Cruzeiro, foi o Internacional que abriu o placar, já aos 40 minutos. Em jogada que começou com Edenílson e passou ainda por Nico López e D’Alessandro, o centroavante Paolo Guerrero concluiu de cabeça para o gol.

Vencendo por 2 a 0 no placar agregado, o Internacional esteve mais à vontade no segundo tempo. O Colorado controlou a etapa final e passou a criar boas chances. Naturalmente, a superioridade se transformou em gol. Ou melhor, em golaço. Guerrero recebeu a bola dentro da área, dominou no peito e soltou uma bomba, de direita, no ângulo direito do goleiro Fábio. Lindo gol do peruano, o melhor homem em campo. Guerrero ainda participaria do terceiro gol, que terminaria com Edenílson sendo lançado em profundidade e cutucando a bola por cima do goleiro Fábio.

Classificado, com um avassalador 4 a 0 no placar agregado, o Internacional terá pela frente agora o Athlético Paranaense, que frustrou a expectativa de todos por um Grenal na final da Copa do Brasil. A CBF definirá, em sorteio realizado na tarde desta quinta-feira, a ordem dos jogos. Mas já se sabe que as partidas acontecerão nos dias 11 e 18 de setembro.

Antes disso, o Internacional tem um confronto no final de semana, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Provavelmente com sua equipe reserva, o Colorado receberá o São Paulo, na noite deste sábado, no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. Já o Cruzeiro, volta a campo na manhã do domingo quando recebe o Grêmio no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

.

Foto de capa: Comemoração dos jogadores do Internacional (Ricardo Duarte/Internacional)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.