Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Holloway derrota Ortega e mantém o cinturão dos penas

Holloway derrota Ortega e mantém o cinturão dos penas

10 Dezembro 2018por Stefano de Luca

Quem para Max Holloway? Sem sentir o amargo sabor da derrota há mais de cinco anos, o atual campeão da categoria dos penas do UFC deixou mais uma vítima pelo caminho. Neste final de semana, pelo Main Event do UFC 231, disputado em Toronto, no Canadá, Max Holloway superou o desafiante Brian Ortega. Depois de martelar durante quatro rounds, Holloway foi declarado o vencedor por TKO, uma vez que o médico do UFC impediu que Ortega continuasse a lutar, no intervalo do quarto para o quinto round.

Com a vitória nesta verdadeira batalha diante de Brian Ortega, o havaiano Max Holloway chegou agora a incrível marca de 13 triunfos consecutivos no UFC. O lutador de 27 anos não sabe o que é perder desde que foi derrotado por pontos pelo ex-campeão Conor McGregor, em agosto de 2013. De lá para cá, Holloway entrou em fase imbatível, derrotando pelo caminho nomes de peso, como Cub Swanson, Jeremy Stephens, Charles Oliveira, Ricardo Lamas, Anthony Pettis e José Aldo. O brasileiro, inclusive, foi derrotado por Holloway duas vezes.

O havaiano soma um número impressionante de 20 vitórias e apenas três derrotas na carreira. Ele é campeão dos penas desde junho de 2017 e defendeu o cinturão pela segunda vez. Já o desafiante Brian Ortega, também de 27 anos e nascido na cidade californiana de Los Angeles, perdeu pela primeira vez na carreira, em sua 16ª luta. O americano vinha empolgado de uma boa sequência, que incluía triunfos sobre Frankie Edgar, Cub Swanson, Renato Moicano e Clay Guida.

- Quero agradecer a Jesus Cristo. Também quero saber se tem mais alguém na fila. Podem mandar o próximo. O Ortega foi um grande oponente. Não foi fácil, mas o meu objetivo é ser o melhor peso-por-peso do UFC. Se eu tiver que enfrentar um peso-pesado para isso acontecer, vou enfrentar. Vamos para a próxima. – disse um empolgado Max Holloway, após defender o seu cinturão com sucesso, mais uma vez.

Pela batalha protagonizada em Toronto, tanto Holloway quanto Ortega foram premiados com um bônus de US$ 50 mil pela “Luta da Noite”. O havaiano, que vive grande fase, embolsou ainda mais US$ 50 mil, pelo bônus de “Performance da Noite”.

Humilde, mesmo após quebrar tantos recordes em seus apenas 27 anos da idade, Holloway declarou na coletiva de imprensa pós-luta que continua achando que o ex-campeão José Aldo segue sendo o maior peso-pena da história do UFC.

- Eu ainda acho que o maior peso-pena da história é o José Aldo. Quando eu tiver a idade dele e se eu ainda estiver aqui, talvez eu responda outra coisa. Hoje, continuo perseguindo ele. Aldo estabeleceu um limite. Mas eu quero ser o melhor, quero passá-lo. Se for preciso subir de categoria e bater no meu amigo, Daniel Cormier, que seja assim. Havaianos comem bem, eu chego no peso deles rapidão. Eu tento deixar uma marca e desafio a todos a fazerem o mesmo. Venham me vencer. Não me surpreende que eu tenha aguentado pancadas, está no sangue dos havaianos. – disse Max Holloway.

O havaiano aproveitou para falar ainda sobre a possibilidade de realizar uma superluta em um futuro próximo. Existe a possibilidade de Holloway subir para a categoria dos leves.

- Dana é o chefe e o chefe quer superlutas. O UFC e a imprensa me querem no peso-leve para fazer superlutas. É preciso alguns ajustes e acertos. Vamos ver o que acontece. Uma luta contra o Tony Ferguson seria divertida, quem sabe. Estou ouvindo os nomes de Conor e Khabib. Eu luto contra qualquer um em qualquer lugar. Já aceitei lutas como dez dias de antecedência. Aceitaria uma luta com horas de antecedência. Se eu tivesse um novo adversário daqui a uma hora, eu lutaria. Eu tenho espírito de guerreiro. Ainda tenho muita lenha para queimar. Eu não escolho adversários. Tragam alguém para mim. Eu luto contra qualquer um mesmo. Estou falando sério. – disse ainda o campeão.

Para finalizar, Max Holloway ainda deu a sua opinião sobre a interrupção do árbitro, que impediu que Brian Ortega voltasse para a luta, no intervalo do quarto para o quinto round, em Toronto.

- Eu pensei: Será que vão deixar o cara aqui por cinco rounds apanhando desse jeito? Espero que ele esteja bem. Eu puxo os meus rivais para aguas profundas. Eu faço o que acho que tem que ser feito. Eu estava tranquilo na luta. – completou o havaiano.

Quem também deu a sua opinião sobre a interrupção da luta foi o próprio Brian Ortega. Conformado com a derrota, o americano admite que o médico acertou ao optar por paralisar a luta, decretando a vitória de Max Holloway por TKO.

- O médico parou o duelo e eu concordo. Eu estava com o nariz quebrado e um polegar quebrado. Eu estava disposto a morrer lá dentro. A noite passada foi a noite do Max. Mas eu vou voltar. Obrigado a todos que sempre acreditaram em mim. – disse Brian Ortega, em um post em sua página no Instagram.

VALENTINA, NELSON E MARRETA TAMBÉM VENCEM EM TORONO

O Main Card do UFC 231, em Toronto, foi bastante estrelado. Além da vitória de Max Holloway sobre Brian Ortega, tivemos ainda a vitória de Valentina Shevchenko sobre Joanna Jedrejczyk, ficando assim com o cinturão dos moscas da divisão feminina do UFC, que estava vago. Outra luta de destaque, foi a vitória de Gunnar Nelson sobre o brasileiro Alex Cowboy, por finalização, no final do segundo round. Antes disso, Hakeem Dawodu havia derrotado Kyle Bochniack na decisão dividida dos jurados. No duelo que abriu o Main Card do UFC 231, o brasileiro Thiago Marreta conseguiu uma sensacional vitória sobre Jimi Manuwa, com um impiedoso nocaute, no começo do segundo round.

Max Holloway continua sendo o campeão dos penas. (Foto: Getty Images)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.