Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Hardy aplica golpe ilegal e é desqualificado

Hardy aplica golpe ilegal e é desqualificado

23 Janeiro 2019por Stefano De Luca

Além da superluta entre Henry Cejudo e TJ Dillashaw, que valeu o cinturão dos moscas, o UFC Brooklyn teve ainda outros duelos que chamaram a atenção no Main Card. No Co-Main Event da noite, tivemos uma situação que não costuma acontecer com muita frequência no UFC: uma desqualificação. Greg Hardy ia vencendo Allen Crowder, até que, com o adversário caído no chão, Hardy aplicou uma joelhada na cabeça do rival, golpe ilegal de acordo com as regras do MMA.

Como Allen Crowder não conseguiu voltar após o golpe ilegal, o árbitro Dan Miragliotta acabou desqualificando o estreante Greg Hardy. Em outra luta de destaque da noite, esta que abriu o Card Principal em Nova Iorque, o brasileiro Glover Teixeira derrotou o americano Karl Roberson, com uma finalização no primeiro round.

O Main Card em Brooklyn teve ainda a vitória de Joseph Benavidez, na decisão unânime, diante de Dustin Ortiz e o nocaute de Gregor Gillespie, sobre Yancy Medeiros, no final do segundo assalto. Na única luta feminina do Card Principal, Paige VanZant finalizou Rachel Ostovich no segundo round. Já na luta principal do Card Preliminar, o experiente Donald Cerrone nocauteou Alexander Hernandez no segundo assalto.

HARDY APLICA GOLPE ILEGAL, É DESQUALIFICADO E CHORA

A contratação de Greg Hardy pelo UFC já foi recheada de polêmica. Cara nova na categoria dos pesados do Ultimate, o ex-jogador de futebol americano enfrentou problemas com a justiça recentemente, sendo acusado de agredir a ex-namorada. Sua estreia como lutador da mais prestigiosa organização de MMA do planeta acabou não servindo para apagar o estigma de encrenqueiro.

Hardy levava a melhor sobre Allen Crowder. Com o adversário com um dos joelhos sob o solo, o estreante aplicou uma joelhada no rosto de Crowder, golpe considerado ilegal no MMA. Como o rival sentiu muito o golpe, o árbitro Dan Miragliotta foi obrigado a pausar o combate e constatando que Crowder não tinha mais condições de luta, acabou desqualificando Greg Hardy.

Na entrevista coletiva pós-luta, Greg Hardy falou sobre o polêmico golpe e sobre a consequente desqualificação. O ex-jogador de futebol americano se emocionou e culpou a sua inexperiência pelo ato praticado.

- Eu fiquei muito surpreso. O meu joelho acertou ele, eu já vi outros fazendo isso. Foi inexperiência. Eu vacilei. É algo terrível. Eu trabalhei muito para isso e agora estou me sentindo muito mal. Isso não é nada bom. Eu gostaria de ter terminado a luta. É uma sensação horrível. Eu vou assistir a reprise de luta. Estou decepcionado comigo mesmo. Me sinto muito mal, mas eu sou uma máquina, vou voltar o mais rápido possível. Em alguns dias, eu estarei na academia de novo para consertar isso. Não foi algo intencional. – desabafou o peso-pesado, que fez a sua estreia pelo UFC.

Apesar do vacilo, como ele mesmo admitiu, Greg Hardy foi elogiado por Dana White na entrevista coletiva pós-luta. O chefão do UFC condenou o erro do lutador, mas também disse ter gostado de sua postura e garantiu que Hardy receberá mais chances do Ultimate.

- Ele cometeu um erro. Um erro de iniciante. Vai ter mais chances. O que eu queria saber hoje é se ele podia lutar. E ele mostrou que pode. Não só com a força dos golpes, mas absorvendo chutes e socos. Ele teve momentos complicados no chão e soube se virar. Eu gostei do que vi. – disse o chefão do UFC.

GLOVER FINALIZA ROBERSON NO PRIMEIRO ROUND

Aos 39 anos de idade, o veterano Glover Teixeira provou mais uma vez que continua bastante competitivo. Na luta que abriu o Main Card do UFC Brooklyn, o experiente brasileiro duelou com o americano Karl Roberson e levou a melhor, vencendo por finalização, ao aplicar um katagame no rival, ainda no primeiro round.

Para superar Roberson, Glover precisou superar um susto. Logo no começo da luta, o brasileiro recebeu duras cotoveladas e acabou caindo no chão. Glover agiu bem, se livrou do ground and pound e logo subiu novamente. Motivado, o brasileiro levou o americano para o chão e na primeira oportunidade que teve, encaixou o katagame, até Roberson bater em desistência.

Com o triunfo, Glover Teixeira se recupera da derrota para Corey Anderson e acumula agora 28 vitórias e sete reveses em sua carreira no MMA. O brasileiro venceu três de suas últimas seis lutas. Já Karl Roberson, de 28 anos, perdeu pela segunda vez em sua curta carreira de nove lutas. Ele vinha de triunfo sobre Jack Marshman.

Mesmo com 39 anos de idade, Glover garante que não pensa em aposentadoria. Em entrevista após a luta, o brasileiro falou um pouco sobre a luta e também sobre a sua motivação para continuar lutando.

Glover finaliza Roberson; Hardy aplica golpe ilegal e é desqualificado

- Quando eu caí por cima dele, deu para sentir que ele estava cansado, respirando fundo. Eu quero continuar lutando, treinando. Fiz um camp muito bom, quero continuar aproveitando, realizando esse sonho. Enquanto eu estiver lutando bem e ganhando, eu vou continuar lutando. Eu deixo a vida me levar. – disse o brasileiro, descontraído após mais uma vitória no UFC.

Após o triunfo, Glover Teixeira surpreendeu ao pedir uma luta com outro veterano brasileiro: o ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Maurício Shogun Rua.

- Eu quero lutar com o Shogun. Ele é uma lenda do esporte. O Shogun é um cara que eu respeito muito. O estilo dele é bom e combina muito com o meu. Eu quero lutar com ele no Brasil. Não sei quando, não importa. Vamos ver isso. – completou Glover Teixeira.

Além destes duelos, o UFC Brooklyn teve ainda a vitória de Henry Cejudo sobre TJ Dillashaw, no Main Event, em duelo que valeu o cinturão dos moscas do UFC. Cejudo derrotou TJ de maneira avassaladora, nocauteando o desafiante em apenas 32 segundos de luta.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.