Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Gabigol decide e Flamengo encerra 1º turno do Brasileirão  isolado na liderança

Gabigol decide e Flamengo encerra 1º turno do Brasileirão isolado na liderança

16 Setembro 2019por Fernando Verchai

Em jogo gigante contra o Santos, Flamengo faz valer fator casa e “lei do ex” para sair com a vitória.

Com quase 70 mil torcedores lotando o Maracanã, o rubro-negro carioca soube se impor. Mesmo contra uma equipe versátil, que sabe se adequar a cada adversário para explorar suas falhas, o Flamengo de Jorge Jesus conseguiu não cometer erros e, na individualidade do artilheiro, matar o jogo.

O início da partida foi de muitas faltas, principalmente pelo lado santista, até mesmo para controlar o ímpeto flamenguista. Com o passar do tempo, a posse de bola do time da casa diminuiu e o Santos passou a pressionar. Talvez fosse por isso que Jorge Sampaoli não esperava: quando sua equipe era superior na partida, foi um erro de passe de Eduardo Sasha que gerou o contra-ataque do Flamengo, que pegou o Santos de surpresa.

Com as linhas defensivas do adversário bem organizadas, talvez a melhor opção do atacante santista fosse rolar para trás, em busca de uma jogada mais trabalhada, mas a tentativa de ligar jogada rápida com Soteldo, pela ponta esquerda, custou caro. Quando Everton Ribeiro recuperou a bola e deu passe à frente para Gabriel, a defesa santista até estava bem recomposta, com os três zagueiros bem postados para segurar a dupla que um dia estava do lado alvinegro (Bruno Henrique e Gabriel Barbosa).

Bastou mais um pequeno erro, porém, para que o artilheiro balançasse as redes. É difícil dizer que foi falha de Everson, mas o pouco que o goleiro estava adiantado foi o suficiente para Gabriel encontrar, pela 16ª vez no Campeonato Brasileiro, o caminho do gol. Por cobertura, o atacante chegou aos 16 gols em 19 partidas disputadas, sendo 30 gols marcados na temporada, em 40 jogos.

ANÁLISE DA PARTIDA: SANTOS X FLAMENGO

O gol acabou sendo um banho de água fria no Santos de Jorge Sampaoli, que voltou do intervalo tendo a responsabilidade de propor o jogo, e viu o Flamengo inverter a proposta tática, passando a jogar no erro do peixe. E com o rubro-negro jogando melhor, alguns problemas ficaram claros no time santista.

A saída de um defensor para a entrada de Fernando Uribe não surtiu efeito. Mais uma vez o atacante colombiano, ex-jogador do Flamengo, não conseguiu mostrar seu valor. O lateral Jorge, tão elogiado outrora, passou a ser alvo de críticas por não ter conseguido entregar o seu melhor futebol. Sobrou até mesmo para o treinador argentino, por conta de suas “improvisações”, algo questionável.

É que o zagueiro estreante, Luan Peres, jogou praticamente como lateral, enquanto Jorge, antes um lateral-esquerdo que fazia as armações de jogadas ofensivas pelo meio, apoiava Soteldo pelo lado do campo, chegando pela linha de fundo. Não deu certo.

O Santos mostrou que precisa de um apoio à Carlos Sánchez no meio de campo, razão pela qual Diego Pituca é tal fundamental na equipe, pois dá mais liberdade ao uruguaio, tem qualidade para criar as jogadas e, ainda, finaliza bem de fora da área.

No entanto, sem o volante, principalmente quando Jorge não aparece no setor para ajudar na armação, o meio campo santista fica devendo. O que pode não ser novidade para Sampaoli, que reclamou muito à diretoria a ausência de uma contratação para repor a saída de Jean Lucas, negociado junto ao Lyon, o qual era peça fundamental no meio de campo santista.

Méritos, por outro lado, do Flamengo de Jorge Jesus. Antes mesmo de a partida começar, os quatro defensores do rubro-negro (Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís), quando os demais jogadores já estavam no vestiário (se preparando para a partida), se reuniram no gramado, trocaram algumas palavras e se abraçaram.

Apesar do pouco tempo juntos, a experiência contou para a defesa flamenguista segurar um time muito forte ofensivamente. O quarteto defensivo sabia da dificuldade e estava focado em não permitir que houvesse falhas e buracos que permitissem o gol do adversário. A força ofensiva do Flamengo, com o melhor ataque da competição, já é bem conhecida, mas a solidez defensiva, que já havia dado as caras nas quartas de final da Libertadores, contra o Internacional (principalmente no Beira-Rio), está sendo crucial para o sucesso da equipe carioca.

O JOGO

Apesar de se tratar da partida entre as equipes, até então, de melhor campanha na competição, algumas pessoas acreditavam que o Flamengo não teria muita dificuldade para vencer o Santos. Talvez por conta da diferença técnica dos jogadores, individualmente falando, culminado com o fator casa, de um Maracanã lotado.

No entanto, não foi nada disso que a partida apresentou. Em um grande jogo, a tensão tomou conta de todos os torcedores. Era lá e cá. Em arrancada de Marinho, que deixou Pablo Marí pra trás, foi o peixe que teve a primeira chance para abrir o placar, mas Jorge furou o chute e, na sobra, a finalização de Eduardo Sasha parou na defesa rubro-negra.

Pressionando a saída de bola santista, o Flamengo teve sua primeira chance. Willian Arão roubou no meio e deixou com Everton Ribeiro, que teve o passe cortado parcialmente por Gustavo Henrique. A bola, no entanto, sobrou com De Arrascaeta, que chutou cruzado, sem muito perigo, pela linha de fundo.

De outro lado, os pontas eram a principal arma do Santos, que viu Marinho fazer uma grande partida. Foi dele o passe para Sánchez na linha de fundo, que chutou para a defesa de Diego Alves. A bola sobrou para Soteldo na área, que finalizou com desvio em Sasha que tirou o goleiro flamenguista da jogada, mas Rodrigo Caio fez corte providencial e mandou pela linha de fundo.

O Santos cresceu no jogo. O Flamengo recuou. Mas foi nesse momento que a surpresa aconteceu. Em ataque santista, já na reta final do primeiro tempo, Everton Ribeiro interceptou passe de Eduardo Sasha e, rapidamente, lançou na frente para Gabriel. O atacante avançou até a entrada da área sob a marcação de Gustavo Henrique, quando limpou para a perna canhota e, vendo Everson adiantado, marcou um golaço por cobertura.

No segundo tempo, o Santos tentou sair mais para o jogo, com Marinho seguindo como melhor opção pela ponta direita, mas foi pouco. As melhores oportunidades foram flamenguistas, com Gabriel, Everton Ribeiro, De Arrascaeta e, ainda, Bruno Henrique em grande jogada individual, mas o placar terminou em 1 para o Flamengo, 0 para o Santos.

O resultado mandou o Santos para a terceira colocação, agora há cinco pontos do Flamengo e dois do Palmeiras (segundo colocado). Já o Flamengo disparou ainda mais no topo da tabela, principalmente em razão das vitórias recentes sobre seus dois maiores concorrentes: Santos e Palmeiras. Com 42 pontos, o rubro-negro está há três de distância do Palmeiras.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.