Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Flamengo bate o Emelec nos pênaltis e avança na Copa Libertadores

Flamengo bate o Emelec nos pênaltis e avança na Copa Libertadores

01 Agosto 2019por Stefano De Luca

Duas semanas depois de ser eliminado pelo Athlético Paranaense na Copa do Brasil em pleno Maracanã lotado, nas penalidades, o Flamengo esteve muito perto de ver o dramático filme se repetir, desta vez diante do Emelec, pela Copa Libertadores. Depois de devolver os 2 a 0 sofridos no primeiro jogo, o rubro-negro levou a partida para as penalidades, mas parece ter aprendido a lição. Desta vez, o Flamengo bateu os pênaltis com consciência, vencendo os equatorianos por 4 a 2 e garantindo vaga nas quartas de final da competição continental, onde terá pela frente o Internacional.

O Flamengo sabia que precisaria ser intenso no primeiro tempo, se quisesse ter alguma chance de reverter a derrota por 2 a 0, sofrida em Guayaquil. O rubro-negro começou o jogo no 220, dominando completamente as ações da partida. A missão flamenguista ficou mais fácil logo de cara, quando Rafinha invadiu a área e se jogou. O juiz foi na dele, o VAR não quis corrigir e o pênalti foi confirmado. Gabigol foi para a bola e bateu com categoria para abrir o placar. Não muito tempo depois, Bruno Henrique aproveitou uma falha da zaga do Emelec, foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Gabigol pegou de primeira e fez o segundo do Mengão no jogo.

Não estávamos nem na metade do primeiro tempo e o Flamengo já havia devolvido os 2 a 0 sofridos no primeiro jogo. A questão era que, se o Emelec fizesse um gol, o rubro-negro seria forçado a vencer por três gols de diferença para avançar. Os 2 a 0 levava a partida para os pênaltis, mas o Flamengo parecia ter esgotado toda a sua força durante esta blitz inicial.

O ritmo do jogo caiu muito no segundo tempo. O Emelec sabia que precisava de apenas um gol para praticamente sacramentar a vaga, mas faltava qualidade técnica ao time equatoriano, que ficou mais com a bola, mas não conseguia criar chances claras. Apesar da nítida melhora do Emelec, Diego Alves pouco trabalhou, até pela falta de criatividade do ataque equatoriano.

O tempo foi passando e o Flamengo parecia aceitar o destino do jogo. Jorge Jesus até tentou mudar o panorama da partida, dando sangue novo ao time, lançou Arrascaeta, Berrío e ainda promoveu a estreia da jovem promessa Reinier, mas não conseguiu mudar o destino do jogo e a vaga nas quartas de final seria decidida na loteria dos pênaltis.

Com certeza, passou um filme na cabeça dos atletas e dos torcedores presentes no Maracanã, antes da disputa por pênaltis. Isso porque se passaram apenas duas semanas desde a eliminação para o Athlético-PR, também nos pênaltis e também no Maracanã. Desta vez, Jorge Jesus escalou batedores diferentes, viu os jogadores mudarem a estratégia e saiu vencedor.

O Flamengo bateu bem demais as penalidades. Arrascaeta, Bruno Henrique, Renê e Rafinha todos bateram forte e com seriedade, convertendo as quatro penalidades. Já o Emelec, converteu com Bryan Angulo e Cortez, mas viu Arroyo bater nas mãos de Diego Alves e Queiroz carimbar o travessão na última cobrança, sacramentando a eliminação dos visitantes.

Com a vitória e a classificação, o Flamengo quebra um longo e incômodo jejum. O rubro-negro não avançava às quartas de final da Copa Libertadores desde 2010. Agora, o rubro-negro terá pela frente o Internacional, em um grande clássico brasileiro, que colocará frente a frente duas das mais tradicionais equipes do Brasil.

INTERNACIONAL FAZ 2 A 0 NO NACIONAL E ENFRENTA O FLAMENGO NAS QUARTAS

Adversário do Flamengo nas quartas de final da Copa Libertadores, o Internacional carimbou sua vaga de maneira menos dramática, com duas vitórias diante do tradicional Nacional, do Uruguai, tricampeão da competição continental. O triunfo por 2 a 0 do Colorado diante dos uruguaios foi prestigiado por mais de 48 mil torcedores no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, totalizando no maior público do estádio desde que ele foi reformado para a realização da Copa do Mundo de 2014.

A missão do Internacional para o jogo de volta, no Beira-Rio, foi facilitada pelo salvador gol de Paolo Guerrero, já aos 45 minutos do segundo tempo, no primeiro jogo, disputado no Parque Central, em Montevidéu. Com a vitória por 1 a 0 fora de casa, o Inter jogava pelo empate em Porto Alegre para carimbar uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Mesmo podendo jogar pelo empate, o Internacional mostrou a sua força, foi superior ao Nacional e venceu por 2 a 0. Rodrigo Moledo abriu o placar para o Colorado ainda no primeiro tempo e assim como foi em Montevidéu, Guerrero marcou nos acréscimos da segunda etapa para sacramentar a classificação do time brasileiro.

A noite foi histórica também para D’Alessandro. Um dos maiores ídolos da história do Internacional, o meia argentino completou 454 partidas pelo clube, em 11 anos, se isolando como o quatro atleta que mais vezes defendeu a instituição. Esta foi também a 57ª participação de D’Ale em um jogo de competição internacional pelo Inter. O argentino é o recordista do clube em partidas deste tipo. De quebra, o camisa 10 ainda foi coroado com uma assistência para o gol de Rodrigo Moledo, que abriu o placar no Estádio do Beira-Rio.

O placar poderia ter sido ainda mais elástico no Beira-Rio, não fosse o VAR. isso porque o uruguaio Nico López – que amarga um jejum de 18 partidas sem balançar as redes – marcou duas vezes no primeiro tempo, mas viu os dois gols serem anulados pelo árbitro de vídeo, ambos por impedimento.

Classificado para as quartas de final da Copa Libertadores, o Internacional terá pela frente agora o Flamengo, em um grande clássico brasileiro. Em grande fase no ano, o Colorado está ainda nas semifinais da Copa do Brasil, onde enfrenta o Cruzeiro por uma vaga na finalíssima. Além disso, no Campeonato Brasileiro, o Inter está em sexto lugar, fechando o G-6 da competição. Neste sábado, pela 13ª rodada do Brasileirão, o Colorado visita o Fluminense no Maracanã.

.

Foto de capa: Rafinha, lateral do Fla, disputa lance com Guerrero, jogador do Emelec, durante partida pela Libertadores (Thiago Ribeiro/AGIF)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.