Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Erro do árbitro em expulsão de Dedé gera revolta no Cruzeiro e na imprensa brasileira

Erro do árbitro em expulsão de Dedé gera revolta no Cruzeiro e na imprensa brasileira

20 Setembro 2018por Stefano De Luca

Boca Juniors e Cruzeiro faziam um jogo parelho e emocionante, até que aos 30 minutos do segundo tempo, o árbitro paraguaio Eder Aquino cometeu um erro grosseiro, que mudou a história do jogo. Após um choque involuntário, de cabeça com cabeça, entre o zagueiro Dedé e o goleiro Andrada, o juiz, depois de minutos de paralisação para o atendimento do goleiro, decidiu ir até o VAR para rever o lance. Depois de ver e rever a imagem por algum tempo, o árbitro voltou para o campo e aplicou o cartão vermelho para um incrédulo Dedé. Nem mesmo os jogadores do Boca Juniors entenderam direito a decisão do juiz.  

A indignação por conta da equivocada expulsão foi tanta que o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, decidiu sair diretamente da Argentina rumo ao Paraguai, onde fica a sede da Conmebol, para cobrar explicações da entidade sobre o caso. Quem confirmou a informação da viagem de Wagner de Buenos Aires até Assunção foi o vice de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, que reforçou a indignação do clube com o acontecido. 

O presidente já está embarcando, vai se encontrar com o presidente da Conmebol. E o nosso advogado já começou a fazer, no avião, a nossa denúncia. Temos até 24 horas depois do jogo para fazer qualquer tipo de reclamação. O Cruzeiro vai se apegar aos seus direitos. Nos tempos de prisão como os de hoje, onde até os dirigentes da Conmebol estão presos, temos que acreditar que a justiça pode ser feita. – declarou Itair Machado, ainda em Buenos Aires. 

Itair Machado ainda foi além em suas acusações, falou em roubo e afirmou ainda que o clube buscará a anulação do cartão vermelho do zagueiro Dedé, para que o defensor possa defender o Cruzeiro no jogo de volta, que será disputado no Mineirão. 

O Cruzeiro não pode ser punido duas vezes. Teve o erro do jogo e agora o Dedé fora do próximo jogo. Se não for roubo, eles vão liberar o Dedé para jogar. Se for roubo, talvez o árbitro ameace abrir o bico e eles não liberam. – completou o dirigente da Raposa. 

Expulsao Dede Cruzeiro Boca Juniors

 

GALVÃO BUENO CRITICA ÁRBITRO E SOBRA ATÉ PARA CORONEL NUNES 

A imprensa brasileira, em sua maior parte, também tomou as dores do Cruzeiro. A indignação se espalhou por todas as principais emissoras de televisão do país, como Globo, SporTV, ESPN e Fox SportsDurante a transmissão do jogo, na Tv Globologo após a expulsão de Dedé, o narrador Galvão Bueno fez fortes críticas ao árbitro e criticou também Coronel Nunes, presidente da CBF e que criou uma grande saia justa antes da Copa do Mundo, ao fazer uma votação diferente daquela que havia combinado com os demais integrantes da Conmebol. De acordo com Galvão, os constantes erros contra times brasileiros na Libertadores se agravaram após este episódio. 

O que é isso, seu juiz? Ele iniciou o movimento para cabecear a bola. Houve o choque e imediatamente a preocupação do Dedé com o goleiro. Uma palhaçada o que fez o árbitro. Palhaçada. Mario Dias Vivar, do Paraguai, é o nome do chefe do VAR. Ele que chamou o juiz a ir até lá e rever o lance. E aí fez outra palhaçada o senhor Eber Aquino, juiz do jogo. Isso tem a ver com a falta de força que o futebol brasileiro tem hoje dentro da Conmebol. Tem a ver com a trapalhada do Coronel Nunes, no voto errado que deu durante a Copa. O presidente argentino disse que os brasileiros eram traidores, que atuavam contra o futebol da América do Sul. Estamos sem prestígio algum na Conmebol. O que foi feito hoje é um crime contra o futebol e uma agressão aos direitos do Cruzeiro e do futebol brasileiro. Um dos grandes absurdos que vi na arbitragem nos últimos tempos. – desabafou o veterano narrador da Globo. 

 

IMPRENSA ARGENTINA TAMBÉM NÃO ENTENDE A EXPULSÃO 

Não foi só a imprensa brasileira que revoltou-se com a decisão equivocada de Eber Aquino. A imprensa argentina também criticou duramente o árbitro. Principais jornais esportivos do país, o Clarín e o Olé chamaram de insólita a atuação do juiz. Assim foi a narração da rádio argentina La Red no momento da expulsão de Dedé: 

Vai expulsar o Dedé? Vai expulsar o Dedé! Não. Não. Mas não! De maneira alguma! Ele está louco! Está louco. Não dá para entender o que fez Aquino. Não dá para entender. Eu nunca vi isso. Nunca. A culpa é do VAR? De quem é a culpa? O que ele fez. Insólito. Uma coisa é se equivocar, outra coisa é ver 10 vezes a jogada e cometer o erro. – revoltou-se o narrador argentino. 

Expulsao Dede Cruzeiro Boca Juniors

 

BOCA CONFIRMA FRATURA NO MAXILAR DE ANDRADA APÓS CHOQUE COM DEDÉ 

O polêmico choque entre o zagueiro Dedé e o goleiro Andrada, aos 30 minutos do segundo tempo da vitória do Boca Juniors por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, acabou custando caro ao goleiro do Boca. O clube argentino confirmou na madrugada desta quinta-feira que Andrada sofreu uma fratura no maxilar inferior e seguirá internado em um hospital de Buenos Aires tomando analgésicos para amenizar a dor. Apesar da fratura e da dor, o goleiro persistiu no jogo até o final e fez inclusive uma importante defesa em cobrança de falta de Edílson nos minutos finais do jogo.  

De acordo com a imprensa argentina, existe a chance de o goleiro precisar passar por uma cirurgia no maxilar, o que o tiraria de combate por cerca de dois meses. Caso isso se confirme, o goleiro titular do Boca Juniors desfalcaria a equipe durante o restante da Copa Libertadores.  

Depois de vencer por 2 a 0 em casa, o Boca Juniors pode agora inclusive perder por um gol de diferença no jogo de volta com o Cruzeiro, que será disputado no dia 4 de outubro, no Mineirão.  

 

 

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.