Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Em apenas cinco jogos, Neymar conseguiu arranhar a sua imagem na Copa do Mundo da Rússia

Em apenas cinco jogos, Neymar conseguiu arranhar a sua imagem na Copa do Mundo da Rússia

19 Julho 2018por Stefano De Luca

Nenhum jogador entrou nesta Copa do Mundo com tanta expectativa sob os seus ombros quanto Neymar. O craque brasileiro era visto como a principal estrela do Mundial e aparecia inclusive como o favorito a levar o prêmio de melhor jogador do torneio. Apesar de ainda estar atrás de Messi e Cristiano Ronaldo, pesava para o lado do brasileiro o fato do Brasil ter um time muito mais sólido do que Argentina e Portugal. Mas enquanto muitos esperavam que esta fosse ser a Copa do Mundo de Neymar, o que aconteceu foi o contrário.

Nenhum jogador desgastou tanto a sua imagem no Mundial quanto o camisa 10 da seleção brasileira. Antes quase uma unanimidade como o terceiro melhor jogador do mundo, Ney agora é visto como uma espécie de piada na imprensa internacional. Suas atuações abaixo do esperado e principalmente suas exageradas simulações em campo viraram motivo de chacota internacional. A imagem do craque está muito desgastada.

"Cai-cai"

A fama de “cai-cai” de Neymar se restringia apenas entre brasileiros até esta Copa do Mundo. Acontece que, na Rússia, o camisa 10 não conseguiu decidir os jogos como costuma fazer e ainda passou um exacerbado período de tempo caindo no chão, simulando faltas ou valorizando o lance. Aos poucos, o craque do PSG foi sendo alvo de uma antipatia generalizada do resto do mundo.

Durante a Copa, Neymar sempre teve comportamento distante. Enquanto outros jogadores conversavam com a imprensa e interagiam com a torcida, o astro brasileiro se isolava. Foram pouquíssimas entrevistas e um contato mínimo com os fãs durante o mês na Rússia. Dentro de campo, Neymar também decepcionou. O camisa 10 viveu um papel que até então não havia vivido dentro da seleção brasileira: o de coadjuvante. Sobretudo na primeira fase da competição, viu Philippe Coutinho brilhar e virar o “xodó” da torcida. Contra o México, sua melhor atuação, parecia que seria o começo de um caminho perante a redenção. Ledo engano. Diante da Bélgica, Neymar teve atuação apagada e individualista e pouco fez para evitar a eliminação precoce da seleção brasileira, que caiu nas quartas de final na Rússia.

via Gfycat

Críticas

O desembarque da seleção no aeroporto internacional do Rio de Janeiro apenas comprovou a alienação de Neymar. Enquanto alguns dos principais jogadores da seleção brasileira desembarcaram no terminal principal do aeroporto, ao lado do técnico Tite e foram aplaudidos pelos torcedores que se encontravam no local, Neymar teve um esquema especial e foi o único a não interagir com o público. Manteve a postura de isolamento que teve durante toda a Copa do Mundo. Vale lembrar que na Rússia, Neymar só deu uma entrevista e ela foi curtíssima. Como manda o protocolo, precisou responder às perguntas dos jornalistas por ter sido escolhido o melhor em campo no duelo diante do México.

Durante a Copa do Mundo, depois de valorizar uma entrada que recebeu do jogador mexicano Layún, Neymar foi detonado pelo técnico do México, Juan Carlos Osório, que chegou a afirmar que o craque brasileiro seria uma má influência para as crianças por causa de seu comportamento em campo. Principal jogador do time e “rosto” da seleção brasileira, Neymar tem no público jovem um dos seus principais aliados, por isso a crítica do treinador mexicano é forte.

"É preciso mostrar justamente o contrário, que ele é sim uma influência positiva para as crianças, que se preocupa com a formação. O instituto dele é uma boa ferramenta para isso. Mais do que ser honesto, é preciso parecer honesto. Mais do que ser uma boa influência, é necessário demonstrar isso", explicou Mauro Corrêa, sócio-diretor da CSM Golden Goal, empresa de gestão esportiva.

Uma das vozes que se manifestou a respeito da situação de Neymar foi Casagrande. Ex-jogador da seleção brasileira e atualmente um dos principais comentaristas da TV Globo, Casão escreveu em sua coluna no GQ e usou até de um paralelo com Pelé para criticar as atuações de Neymar na Rússia.

"Depois de Pelé, todo jogador que qualquer clube ou seleção deseja jogar com a camisa 10. É o número que representa o melhor jogador do time, o craque da equipe. Mas hoje já não é bem assim. A camisa 10 amarela do Brasil é exibida pelo mundo inteiro rolando no chão. Por incrível que pareça, a 10 do Brasil, aquela de Pelé, está sendo ridicularizada e debochada", escreveu Casão.

Plano de emergência

A situação da imagem pública do craque está tão severa que o seu estafe está bolando até um “plano de emergência” para resgatar a imagem e a autoestima do jogador mais caro do mundo. Na Rússia, Neymar falhou na missão de trazer o hexa para o Brasil e para piorar, virou meme no resto do mundo, com suas exageradas quedas e tentativas de cavar falta. A imagem do craque está arranhada e como ele se recupera disso será um fator crucial para o resto de sua carreira. Aos 26 anos de idade, o craque brasileiro vive o seu auge e sua relação com o público é de extrema importância para a sua carreira.

O estafe do jogador espera também que a resposta seja dada dentro de campo. Jogador mais caro do mundo depois que o PSG desembolsou 222 milhões de euros para adquiri-lo, Neymar precisará dar a volta por cima com boas atuações pela equipe parisiense, onde terá a companhia do jovem Mbappé, que aos 19 anos de idade, já é campeão do mundo.

A ideia do PSG ao comprar Neymar foi enfim montar uma equipe competitiva o suficiente para conseguir o tão sonhado título da Liga dos Campeões. Se o camisa 10 conseguir comandar a equipe francesa rumo ao inédito título continental, dá para dizer que sua imagem terá sido devidamente restaurada.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

6. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

7. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

8. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

9. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

10. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.