Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Em amistosos, Venezuela faz 3 a 1 na Argentina e Peru vence o Paraguai

Em amistosos, Venezuela faz 3 a 1 na Argentina e Peru vence o Paraguai

25 Março 2019por Fernando Verchai

Jogando em estádio conhecido, Lionel Messi não consegue marcar e Argentina perde para a Venezuela.

Pois é, a Argentina, agora comandada por Lionel Scaloni, continuou apresentando problemas defensivos e pouco poder ofensivo pela falta de opções, deixando todas as criações para Messi, que até tentou e chegou a criar a jogada para o único gol da sua seleção, mas parou no goleiro outras vezes e foi incapaz de evitar a derrota.

A defesa argentina, que foi muito criticada durante a Copa do Mundo da Rússia, seguiu desorganizada e acabou comprometendo logo aos cinco minutos, quando o venezuelano Rondón aproveitou uma falha da zaga para abrir o placar. O segundo da vinotinto ainda foi marcado no primeiro tempo, mostrando como continua abatida a zaga argentina.

Messi até tentou levar a Argentina à uma reação, matando bem no peito e avançando contra a marcação pelo meio de campo, abriu bem o jogo e Lautaro Martinez fez o gol após receber a assistência de Lo Celso, do Real Betis. Mas foi a Venezuela que voltou a marcar após Foyth cometer pênalti em Josef Martínez, que bateu e converteu a cobrança.

Esta foi apenas a segunda vez que a albiceleste perdeu para a Venezuela, em um histórico de 25 jogos, tendo sido a primeira vez que levou três gols. Para piorar, o baixinho acabou sofrendo uma lesão no púbis, o que deixará de fora do próximo duelo de sua seleção, que ainda joga nesta Data FIFA outro amistoso contra o Marrocos.

Jogando na Espanha, no estádio do Atlético de Madrid, o Wanda Metropolitano, não foi como esperada a volta de Lionel Messi à seleção Argentina, que pouco fez e acabou perdendo por 3 a 1 para a Venezuela. Isso não seria nada se não fosse após uma quase despedida em razão de o craque ter dito que não jogaria mais pela seleção depois da queda para a França nas oitavas de final da Copa do Mundo.

É que o atacante do Barcelona sofreu muitas críticas pelas suas atuações pela seleção, principalmente nos jogos decisivos, o que ajudou na seca de títulos pela albiceleste. O craque já colocou a Argentina em Copa do Mundo fazendo o que quis e o que não quis, e passou raspando a trave de Manuel Neuer para conquistar o título da competição, mas chegando à final com gols heróicos quase todo jogo. Mesmo assim, nem mesmo uma Copa América o atacante do Barcelona conseguiu conquistar, o que reforça ainda mais as cobranças, já que o atacante vence tudo em sua equipe na catalunha.

Em amistosos, Venezuela faz 3 a 1 na Argentina e Peru vence o Paraguai

Messi e Barcelona x Messi e Seleção

Que o craque argentino é um dos melhores jogadores da história, isso não há dúvida, mas é inevitável que um atleta de seu porte não seja cobrado por nunca ter vencido nada com sua seleção. Os números não mentem, e o que eles mostram é que Lionel Messi não consegue ter o mesmo desempenho que alcança no Barcelona quando joga pela Argentina.

Analisando sua média de gols, Lionel Messi tem quase um gol por jogo com a camisa do Barcelona (591 gols em 674 jogos até o momentos), enquanto que pela seleção ele tem apenas um gol a cada dois jogos (65 gols em 130 jogos até o momento).

E quando o assunto é títulos, a diferença fica ainda mais gritante. Pela Argentina, o atacante conquistou apenas o título da Copa do Mundo FIFA Sub 20 de 2005, e os Jogos Olímpicos de 2008, com a seleção sub 23. Por outro lado, com o Futebol Clube Barcelona, o argentino já conquistou três Mundiais de Clubes da FIFA, quatro Ligas dos Campeões da UEFA, três Supercopas da UEFA, nove campeonatos espanhóis, rumo ao 10º, seis Copas do Rei da Espanha e oito Supercopas da Espanha.

Na temporada passada (2017/18), além de ter levado a Argentina à classificação para a Copa do Mundo, Messi foi campeão do campeonato espanhol sendo o artilheiro da competição com 34 gols, também faturando a 6ª Copa do Rei e terminando a temporada com 45 gols em 54 jogos, o maior marcador da temporada.

A Copa do Mundo chegou após essa boa temporada de Messi, e o atacante do Barça acabou eliminado com a Argentina para França, aquela que acabaria conquistando o campeonato, mais uma vez sendo alvo de críticas e se cobrando tanto que acabou pensando em deixar a seleção, pois o próprio jogador se frustra por não conseguir conquistar algo vestindo a camisa de sua terra natal.

Nesse novo ano, Messi já é o artilheiro do campeonato espanhol com 29 gols e 26 jogos, e artilheiro da Liga dos Campeões com oito gols em seis jogos, caminhando para mais uma temporada de conquistas com o Barça, vindo de um jogo contra o Real Bétis em que fez hat-trick e deu mais um espetáculo.

Mas volta para sua seleção e não consegue vencer a aguerrida, mas limitada, seleção da Venezuela, ainda tomando uma goleada histórica. Talvez um dia Lionel Messi ainda consiga acabar com sua seca de títulos pela seleção principal da Argentina, pois um extraterrestre como ele pode tudo, mas é a própria Argentina que terá de evoluir muito ainda se quiser que o craque leve a seleção para a glória, já que apesar de tentar, ele não pode fazer tudo sozinho.

Em amistosos, Venezuela faz 3 a 1 na Argentina e Peru vence o Paraguai

Peru venceu com gol de jogador do Santos

Outros amistosos acabaram mal para os países da América do Sul. Apenas a Colômbia venceu.

No outro duelo entre seleções sul-americanas, o Peru venceu o Paraguai pelo placar mínimo de 1 a 0, com gol do meio campo do Santos, Cueva. Nos Estados Unidos, a seleção mexicana jogou contra o Chile e mostrou superioridade individual com Raúl Jiménez, do Wolves, e Hirving Lozano, autores de dois dos três gols marcados pelo México. O outro foi marcado por Héctor Moreno, enquanto Nicolás Castillo marcou para a seleção chilena.

A Colômbia jogou contra o Japão e venceu a equipe asiática por 1 a 0, com gol de Falcão García, enquanto a Bolívia, que também jogou contra uma seleção asiática, a Coreia do Sul, perdeu por 1 a 0. A Guatemala também jogou e venceu a Costa Rica, também pelo placar de 1 a 0, gol de Stefano Cincotta.

.

Foto de capa: Juan Medina/Reuters

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.