Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Cruzeiro vence o Palmeiras no Allianz Parque e abre vantagem na Copa do Brasil

Cruzeiro vence o Palmeiras no Allianz Parque e abre vantagem na Copa do Brasil

13 Setembro 2018por Stefano De Luca

O Cruzeiro largou na frente do Palmeiras por uma vaga na grande final da Copa do Brasil. Jogando no Allianz Parque, em São Paulo, a Raposa surpreendeu o Verdão com um gol logo nos minutos iniciais. O tento foi fruto da já tradicional lei do ex, uma vez que quem abriu o placar foi o centroavante Barcos, ex-jogador do Palmeiras, com assistência de Robinho, outro ex-jogador do alviverde. A partida foi recheada de polêmicas. Os cruzeirenses reclamam da expulsão de Edílson, enquanto os palmeirenses deixaram o gramado revoltados com a marcação de uma falta sobre o goleiro Fábio no último lance da partida, em lance que resultou na anulação de uma jogada que terminaria com gol do Verdão.  

Depois de abrir o placar logo aos quatro minutos de jogo, com gol do Pirata Barcos, após assistência de Robinho, o Cruzeiro soube se defender durante o restante da partida e contou com mais uma noite inspirada do bom goleiro Fábio para sair de São Paulo com uma importantíssima vitória. Na bronca com o árbitro Wagner Reway pela polêmica falta assinalada em cima do goleiro cruzeirense no minuto final da partida, o Palmeiras agora terá de vencer a Raposa no Mineirão para garantir uma vaga na final da Copa do Brasil. Ao Cruzeiro, resta apenas segurar um empate em casa para chegar à final pelo segundo consecutivo. O clube mineiro, vale lembrar, é o atual campeão da Copa do Brasil, tendo vencido o Flamengo nos pênaltis na decisão do ano passado. 

Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil

 

GOL DE BARCOS LOGO NO INÍCIO MUDA O PANORAMA DA PARTIDA 

Qualquer estratégia de jogo do Palmeiras foi por água abaixo logo aos quatro minutos de jogo, quando Thiago Neves lançou Robinho, que tocou para Barcos finalizar com categoria e abrir o placar no Allianz Parque. Pouco antes disso, Fábio já havia feito grande defesa em finalização de Borja. O Palmeiras não sentiu o gol e voltou a criar boas chances para empatar o jogo. Dudu e Borja tiveram chances de ouro, mas pecaram na finalização. Aos 40, a Raposa quase fez o segundo, mas agora foi a vez de Weverton fechar o gol. Thiago Neves deu lindo passe na diagonal para Arrascaeta, que de dentro da pequena área, viu o goleiro palmeirense fazer uma grande defesa à queima-roupa.   

Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil

 

PRESSÃO PALMEIRENSE E POLÊMICAS 

O segundo tempo foi bem mais quente no Allianz Parque, mas não pelo futebol apresentado e sim pelas polêmicas que rolaram soltas. Logo no começo, Bruno Henrique e Egídio disputaram uma bola no meio de campo e o volante palmeirense reclamou demais de uma suposta solada do lateral cruzeirense. O árbitro optou por consultar o VAR e resolveu não dar o cartão amarelo para Egídio, apesar das marcas de crava de chuteira na canela de Bruno Henrique. A primeira chance concreta de gol veio aos 20 minutos, quando Mayke invadiu a área pela direita e chutou cruzado, para a tranquila defesa de Fábio. Pouco depois, Willian arriscou chute de fora da área e viu Fábio espalmar a bola.  

O tempo foi passando e a pressão palmeirense foi aumentando. Lucas Lima chutou de direita e obrigou Fábio a fazer mais uma boa defesa. A situação do Cruzeiro ficou mais complicada quando Edílson levou cartão vermelho por reclamação. O lateral da Raposa deixou o campo inconformado com a decisão do árbitro. Devido às paralisações, Wagner Reway deu sete minutos de acréscimo no segundo tempo.  

Os acréscimos foram muito movimentados. Após cruzamento da esquerda, Egídio, sozinho no lance, foi jogar a bola para a linha de fundo e quase marcou um bizarro gol contra no Allianz Parque. A bola só não entrou porque Fábio fez uma defesa monumental para salvar a Raposa. Minutos depois, Lucas Lima arriscou mais uma vez de direita e desta vez carimbou o travessão do goleiro cruzeirense. Nos segundos finais da partida, após despretensiosa bola alçada para a área, Fábio saiu para ficar com ela, trombou com Edu Dracena e soltou a bola, que sobrou limpa para Antônio Carlos completar para o gol. O lance, no entanto, já estava parado, uma vez que o árbitro viu falta de Edu Dracena em Fábio.  

Revoltados, os jogadores palmeirenses cercaram o árbitro, pedindo que ele consultasse o VAR, mas como ele já havia parado o lance antes da finalização de Antônio Carlos, ele não poderia consultar o árbitro de vídeo e optou por encerrar o jogo ali mesmo. Logo após o apito final, estrondosas vaias tomaram conta do Allianz Parque.

 

VAGA SERÁ DECIDIDA NO MINEIRÃO 

Assim como foi nas oitavas e também nas quartas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro conseguiu uma importante vitória fora de casa no jogo de ida do mata-mata. Desta vez pelas semifinais da competição, a Raposa joga pelo empate em casa para avançar às finais da Copa do Brasil pelo segundo ano consecutivo. O jogo de volta acontecerá no Mineirão, no dia 26 de setembro. Como perdeu em casa pelo placar mínimo, o Palmeiras terá de vencer o Cruzeiro por dois gols de diferença em Belo Horizonte para avançar. Uma vitória palmeirense por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Vale lembrar que neste ano a Copa do Brasil não conta com a polêmica regra do gol qualificado. Quem avançar encara na final o vencedor do duelo entre Flamengo e Corinthians, que empataram em 0 a 0 no jogo de ida, no Maracanã e agora decidem a vaga na Arena Corinthians, também no dia 26.

Palmeiras Cruzeiro Copa do Brasil

 

CONFRONTOS DECISIVOS NO BRASILEIRÃO E NA LIBERTADORES 

Antes, porém, tanto Cruzeiro quanto Palmeiras terão compromissos importantes pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa Libertadores. Neste final de semana, o terceiro colocado Palmeiras visita o Bahia, na Arena Fonte Nova. Já o Cruzeiro, sétimo colocado do Brasileirão, recebe o arquirrival Atlético-MG no Mineirão. Ambos os jogos acontecem no domingo e serão válidos pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.  

Já no próximo meio de semana, os dois gigantes brasileiros terão confrontos decisivos pelos jogos de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Na quarta-feira, o Cruzeiro visita o Boca Juniors, em La Bombonera. Na quinta, será a vez do Palmeiras ir até Santiago enfrentar o Colo-Colo.  

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.