Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Blog

Croatas valorizam luta mas condenam arbitragem polêmica na final da Copa

Croatas valorizam luta mas condenam arbitragem polêmica na final da Copa

18 Julho 2018por Stefano De Luca

A Croácia foi guerreira, lutou até o fim, mas acabou derrotada pela França na final da Copa do Mundo de 2018, em Moscou. Depois de jogar três prorrogações seguidas, a Croácia dominou o jogo no primeiro tempo, mas sentiu o esgotamento físico na etapa final, sendo derrotada por 4 a 2, ficando com o vice-campeonato.

O feito croata de chegar a uma final de Copa do Mundo pela primeira vez na história do país, foi admirado por torcedores ao redor de todo o mundo. Ao chegar à sala de imprensa, para a tradicional entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Zlatko Dalic foi aplaudido de pé por todos os jornalistas presentes na sala.

Além de reconhecer o mérito da equipe francesa – que conquistou o bicampeonato mundial – o treinador croata tratou ainda de elogiar a sua própria equipe e criticar a polêmica arbitragem do argentino Nestor Pitana, um dos personagens da final.

"Primeiro eu tenho que dar os parabéns à França pelo título mundial. Nós jogamos bem, principalmente no primeiro tempo. Então veio um gol contra. Nós empatamos e voltamos a dominar o jogo. E aí teve o pênalti. Eu não costumo comentar arbitragem, mas tenho algo a dizer. Em uma final de Copa do Mundo, você nunca pode dar um pênalti como esse. Talvez nós tenhamos tido um pouco de azar. Tivemos sorte em muitas situações na Copa, mas hoje não. Tenho que dar os parabéns aos meus jogadores, eles deram o seu melhor hoje e durante toda a Copa do Mundo. Controlamos a partida, mas demos chances e a França não cometeu erros", falou o técnico croata, vice-campeão do mundo.

As reclamações croatas são justificáveis. O primeiro gol da França saiu de uma falta inexistente, cavada por Griezmann, mas marcada por Pitana. No segundo gol, o lance foi duvidoso. A bola bateu na mão de Perisic após cobrança de escanteio e após longa consulta ao VAR, o juiz argentino optou por dar o pênalti.

"É um jogo de futebol. Eu não esperava o quarto gol. Desanimei um pouco. Pensei que seria difícil recuperar. É difícil encontrar energias depois de um golpe desses. Mas voltei a ter esperanças depois do nosso segundo gol. É sempre difícil enfrentar uma equipe como a França. Fizemos um bom jogo, mas sofremos quatro gols. Todos estamos tristes, mas não temos razão para ficarmos insatisfeitos. Temos que ficar orgulhosos de nossa campanha e levantarmos a cabeça. Nosso desempenho ao longo da Copa foi muito bom. Fica a tristeza por não ter levado o título, mas não temos o que lamentar, assim é o futebol. Temos que respeitar o resultado do jogo", disse ainda o treinador da Croácia.

Dalic, que assumiu o comando da seleção croata no final de 2017, preferiu não falar sobre o seu futuro, deixando em cheque a sua permanência à frente da seleção.

"Estou pronto para descansar. Foram meses muito difíceis, um período complicado. Estou feliz pelo tempo que tivemos juntos e conquistamos o vice-campeonato. Agora eu vou respirar. Nunca tomo decisões em momentos como esse. Tenho que refletir, pensar em tudo. Vou voltar para a Croácia e descansar. Somos um pequeno país, mas temos grandes sonhos. É uma boa mensagem para todos. Estou orgulhoso do meu time, dos meus jogadores e do meu país", concluiu o comandante croata.

Rakitic dispara contra arbitragem de Pitana: “Dói muito perder assim”

A arbitragem de Nestor Pitana não foi alvo de críticas apenas por parte de Zlatko Dalic. Revoltados, jogadores croatas também criticaram duramente a polêmica atuação do argentino na final da Copa. Dentre eles, Rakitic. O camisa 7 da Croácia chegou a pedir explicações à Fifa sobre o uso do VAR.

"Gostaria que perguntassem isso às pessoas que decidem isso. Eles precisam explicar isso tudo. A falta do primeiro gol, não foi falta. O pênalti também é muito duvidoso. Dói muito perder assim. Entendo que eles contam com o VAR, mas ainda precisa melhorar muito. Ainda há muita margem para erro. Uma pena não ter revisado a falta. Os pequenos detalhes foram a favor da França. É uma pena, porque merecíamos vencer. Creio que fizemos uma grande partida e encantamos ainda mais o mundo. Os torcedores vão continuar a ficar muito orgulhosos", disse um visivelmente abalado Rakitic.

via GIPHY

Na contramão de seu companheiro de meio de campo, o meia Luka Modric – eleito o melhor jogador da competição pela Fifa – preferiu não criticar a arbitragem.

"Eu não vi o lance, mas me disseram que não foi pênalti. E no primeiro gol, não foi falta. Mas já está feito. Eu não gosto de falar sobre arbitragem, não se pode mudar nada depois da partida. Saímos com a cabeça erguida, pelo que jogamos hoje e durante todo o mundial. Quando se perde não é fácil, mas temos que aceitar. Demos tudo de nós", disse o camisa 10 da Croácia.

Croatas são recebidos como heróis em Zagreb

Apesar da derrota na final do Mundial, os atletas da Croácia foram recebidos como verdadeiros heróis no retorno da delegação para Zagreb, capital do país. Estima-se que cerca de 500 mil pessoas foram às ruas para receberem os vice-campeões do mundo.

Os atletas e a comissão técnica desfilaram em um caminhão e com bandeiras e uniformes da equipe, se juntaram à festa da torcida, que soltava fogos e sinalizadores e cantavam músicas de apoio. Os jogadores ainda foram recepcionados pela presidente do país, Kolinda Grabar-Kitarovic, em uma das principais praças públicas de Zagreb. Recepção de heróis para os atletas que fizeram história, conquistando o melhor resultado da história da Croácia em Copas do Mundo. 

Croatas reunidos para fazer a festa após campanha da equipe na Copa do Mundo em Zagreb (Foto: Marko Djurica / Reuters)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

6. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

7. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

8. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

9. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

10. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.