Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Com gol de Avelar, Corinthians vence o Palmeiras no Allianz Parque

Com gol de Avelar, Corinthians vence o Palmeiras no Allianz Parque

04 Fevereiro 2019por Stefano De Luca

Deu Timão no primeiro dérbi do ano. O Corinthians foi até o Allianz Parque visitar o arquirrival Palmeiras e levou a melhor: venceu por 1 a 0, com gol do contestado Danilo Avelar, ainda no começo da partida. Ao melhor estilo Fábio Carille, o Corinthians foi seguro na defesa, se entregou em campo e foi premiado com um gol em lance de bola parada. Com o triunfo, o Timão amplia a freguesia recente sobre o seu maior rival. Em sete jogos entre os dois no novo estádio palmeirense, o Corinthians venceu quatro vezes, tendo sido derrotado apenas uma vez. Já Fábio Carille enfrentou o Palmeiras oito vezes como treinador do Timão, vencendo sete destes duelos.

Com gol de Avelar, Corinthians vence o Palmeiras no Allianz Parque

A equipe de Luiz Felipe Scolari, por sua vez, pecou pela apatia e pela falta de criatividade. Com os seus principais jogadores, como Dudu, Lucas Lima e Borja em noite muito apagada, o Palmeiras não conseguiu encontrar alternativas ofensivas. Apesar de ter finalizado mais vezes que o Corinthians, apenas uma finalização do Verdão foi no alvo. O goleiro Cássio, portanto, foi muito pouco exigido. No final da partida, o polêmico atacante Deyverson – que entrou no decorrer da partida – ainda foi expulso de campo por cuspir em Richard.

CORINTHIANS SEGUE PROPOSTA DE CARILLE À RISCA; PALMEIRAS PECA PELA FALTA DE CRIATIVIDADE

Desde que Fábio Carille assumiu o Corinthians, em janeiro de 2017, ele costuma ser feliz em clássicos. O Palmeiras, ao que parece, é a sua vítima preferida. Pela sétima vez em oito jogos, o treinador corintiano se saiu vitorioso diante do arquirrival. Este foi também o primeiro clássico do Corinthians desde que Carille reassumiu a equipe, no mês passado. Curiosamente, o alvinegro não venceu um clássico sequer no segundo semestre do ano passado, depois que Carille deixou o clube rumo a Arábia. O Timão, que não vinha de bons jogos na temporada, teve a sua melhor apresentação no ano. Longe de ser uma equipe que encha os olhos do ponto de vista técnico, o Corinthians impressionou pela entrega dentro de campo, com os jogadores seguindo à risca as orientações de seu comandante.

A proposta era clara: se fechar na defesa, tirar o espaço entre as linhas e jogar no contra-ataque. Alguns jogadores se destacaram individualmente. Ralf mostrou que mesmo aos 34 anos continua com o fôlego em dia. O volante jogou muito e foi o líder de desarmes da partida. Matheus Vital segurou bem a bola no meio de campo, enquanto Fagner anulou Dudu – principal arma ofensiva do Verdão. Mas o grande destaque da vitória corintiana foi o contestado Danilo Avelar. Muito criticado pela torcida desde que chegou ao Timão, em meados do ano passado, o camisa 35 foi o herói do jogo. Aos sete minutos do primeiro tempo, após cobrança de falta de Sornoza, Gustavo cabeceou e Weverton fez milagre, mas na sobra, Avelar encheu o pé para abrir o placar no Allianz Parque.

Atrás no placar desde o início, o Palmeiras sofreu para se encontrar em campo. Felipão armou uma equipe teoricamente ofensiva, em seu tradicional 4-3-3, com Dudu e Carlos Eduardo abertos, Lucas Lima na armação, sendo sustentado por Bruno Henrique e Felipe Melo e Borja na frente. O Verdão até criou algumas chances, mas pecou nas finalizações. Na melhor chance, do alviverde no primeiro tempo, Carlos Eduardo recebeu cruzamento no segundo pau, mas sozinho, testou por cima, perdendo grande oportunidade de empatar o jogo.

O tempo passava, mas o jogo não mudava. O Palmeiras ficava mais com a bola, mas não conseguia penetrar na sólida defesa corintiana – que tinha Manoel formando o miolo de zaga com Henrique. Principal arma de ataque dos mandantes, Dudu mais uma vez não foi feliz contra o maior rival. Sem conseguir passar por Fagner, ele inverteu de lado, tentando explorar as costas de Danilo Avelar, mas também não se deu bem pela direita. Abatido depois de perder a chance mais clara do jogo, Carlos Eduardo caiu de produção. Isolado, Borja quase não foi acionado. Na única chance que teve, o colombiano se jogou entre os dois zagueiros corintianos, mas chutou por cima.

Os dois técnicos mexeram em suas equipes para o segundo tempo. As três alterações de Fábio Carille foram feitas para dar um novo gás ao time. Cansados, Matheus Vital, Ramiro e Jadson foram sacados para as entradas de Richard, Gustavo Silva e Pedrinho. O primeiro teve a missão de fechar o ferrolho na cabeça de área, ao lado do veterano Ralf, enquanto os dois garotos entraram para jogar abertos, puxando contra-ataques. Já Felipão respondeu com a entrada do criativo meia Gustavo Scarpa no lugar do apagado Bruno Henrique e com o novato Felipe Pires entrando na vaga de Carlos Eduardo.

O Palmeiras melhorou, mas não o suficiente. Na melhor chance do Verdão na segunda etapa, Dudu finalizou da entrada da área, mas Cássio caiu bem e fez a sua única defesa no jogo. A última cartada do treinador palmeirense foi a entrada de Deyverson no lugar de Borja. A participação do camisa 16 no jogo, porém, foi desastrosa. Além de não contribuir muito ofensivamente, ele ainda se desentendeu com Richard após sofrer uma falta no campo de ataque e foi expulso de campo pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira, após cuspir no volante corintiano. O atacante ainda saiu de campo se desculpando com os mais de 38 mil torcedores palmeirenses que deixaram o Allianz Parque frustrados com a dolorosa derrota para o arquirrival.

SITUAÇÃO NA TABELA E PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Apesar da derrota – a primeira do ano – o Palmeiras continua na liderança do Grupo B, com 10 pontos disputados. Na próxima rodada, o Verdão recebe o Bragantino. O jogo acontece na próxima segunda-feira, às 20h00, no Pacaembu. Já o Corinthians é o terceiro colocado do Grupo C, com sete pontos. Neste domingo, às 17h00, o Timão visita o Novorizontino. Antes disso, porém, o Corinthians tem um compromisso importante no meio da semana. Nesta quinta-feira, às 21h00, o alvinegro vai até Londrina encarar o Ferroviário, pela primeira fase da Copa do Brasil. Como manda o regulamento nestas fases iniciais da competição, o confronto será em partida única: quem vencer, avança.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.