Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Com 100% de aproveitamento, Liverpool vence Chelsea e dispara na Premier League

Com 100% de aproveitamento, Liverpool vence Chelsea e dispara na Premier League

24 Setembro 2019por Fernando Verchai

Com gols de Alexander-Arnold e Roberto Firmino, Liverpool passa sufoco em Londres, mas vence mais uma.

Ao lado de sua torcida, os blues não se esconderam do líder do campeonato no jogo. Muito pelo contrário. Com mais posse de bola e tendo finalizado a gol o dobro de vezes do adversário, os números mostram que o Chelsea teve força e coragem para enfrentar o Liverpool, mas faltou algo a mais.

Os visitantes não chegaram a fazer uma grande partida, mas tiveram aquele “algo a mais” que mostra o motivo de a equipe ter chegado à 15ª vitória consecutiva na Premier League (levando-se em consideração a temporada passada). Em duas jogadas ensaiadas de bola parada, o Liverpool matou o jogo.

Aos 14 minutos, em falta sofrida por Sadio Mané na entrada da área, Mohamed Salah rolou para Alexander-Arnold acertar um belo chute e abrir o placar para os reds. Aos 30, em falta na lateral do campo, foi a vez de Alexander-Arnold rolar para Andy Robertson cruzar no capricho e Roberto Firmino, livre de marcação, completar de cabeça para o fundo da rede.

Ainda no primeiro tempo, o Chelsea incomodou bastante o adversário, mas o melhor zagueiro do mundo, o holandês Virgil Van Dijk, era soberano na defesa do Liverpool. E quando Abraham conseguiu escapar do zagueiro e sair na cara do gol ao receber lindo passe de William, parou em grande defesa de Adrián. Poucos minutos depois, novamente em jogada iniciada pelo brasileiro, Azpilicueta chegou a mandar a bola pro fundo da rede, mas o VAR entrou em ação para, em questão de segundos, anular o gol por conta de impedimento no lance.

CHELSEA PRESSIONA, MAS NÃO CONSEGUE BUSCAR EMPATE

No segundo tempo, até mesmo por ter queimado duas substituições por conta das contusões de Emerson Palmieri e Andreas Christensen ainda no primeiro tempo, Frank Lampard não teve muita possibilidade de reforçar seu poderio ofensivo. Tammy Abraham e Mason Mount não fizeram uma grande partida, mas Lampard só pôde fazer uma substituição, e Michy Batshuayi não conseguiu fazer diferença ao substituir um Abraham exausto.

Por conta da velocidade e do bom um contra um, Pedro poderia ter sido fundamental na partida, mas o Chelsea não tinha mais substituições a fazer, e Mount seguiu apagado até o apito final. E apesar do Liverpool ter iniciado bem a etapa final, quase chegando a marcar o terceiro com Roberto Firmino, o Chelsea logo cresceu na partida.

N’Golo Kanté, em grande jogada individual, marcou um lindo gol para coroar sua excelente atuação no jogo. Os londrinos, porém, não tiveram força para chegar ao empate, apesar de terem pressionado nos minutos finais. A derrota revela números cruéis do Chelsea em casa. Desde o início oficial da temporada, são dois empates, diante de Leicester City e Sheffield United, e duas derrotas consecutivas, para Valencia, na Liga dos Campeões e, agora, para o Liverpool.

Além disso, a equipe de Frank Lampard ostenta o maior número de gols sofridos nas seis primeiras rodadas da Premier League desde a temporada 1978/79, tendo sofrido 13 até aqui (média de mais de dois gols sofridos por partida). Até mesmo o volante Jorginho falou sobre a necessidade de o Chelsea cuidar mais de seus sistema defensivo, mas há que se considerar a perda de seu principal jogador na temporada, e o bom futebol que vem sendo apresentado pela equipe.

Já na quarta-feira (25/09), pela Copa da Liga Inglesa, o Chelsea terá uma nova oportunidade de reencontrar a vitória em Stamford Bridge, diante do Grimsby Town, da quarta divisão inglesa.

LIVERPOOL: RECORDES E BUSCA POR TÍTULOS

Chegando à sexta vitória consecutiva, nos seis primeiros jogos da Premier League 2019/20, o Liverpool de Jurgen Klopp se igualou ao melhor início da história do clube na competição. Atualmente, o recorde, que ainda pode ser batido pelo Liverpool, é de nove vitórias nas nove primeiras rodadas da competição, alcançado pelo Chelsea na temporada 2005/06.

Outro recorde que pode ser batido pelos reds é o de maior sequência de vitórias na Premier League, atualmente ostentado pelo Manchester City de Pep Guardiola, em 2017, quando venceu 18 partidas consecutivas. Com a vitória sobre o Chelsea, o Liverpool venceu a 15ª seguida, estando a três vitórias de igualar os dois recordes que busca bater.

Para tanto, o time de Klopp terá um caminho árduo para percorrer. Entre jogos de Copa da Liga Inglesa e Liga dos Campeões, o Liverpool visita o Sheffield United na próxima rodada, o qual venceu o Everton, fora de casa, em sua última partida.

Na oitava rodada, os reds jogam em Anfield contra o Leicester City, que venceu o Tottenham no sábado (21/09) e está na briga pelas primeiras colocações, atualmente em terceiro. Por fim, para igualar os recordes de vitórias consecutivas, o Liverpool terá, talvez, o seu maior desafio. A nona rodada da Premier League prepara nada menos do que o clássico entre Liverpool e Manchester United, em Old Trafford. Ainda que a campanha feita pelos red devils não seja boa até aqui, Solskjaer possui um elenco forte e que fará de tudo para segurar o arquirrival.

Por outro lado, ainda que o Liverpool esteja próximo de quebrar recordes e entrar um pouco mais para a história, Jurgen Klopp e os torcedores dos reds estão pensando mesmo é em erguer a taça no fim da temporada. Nos últimos 18 meses (desde o início da temporada passada), são 44 jogos de Premier League e apenas uma derrota.

Nesse mesmo período, o Liverpool chegou a mais finais na Liga dos Campeões do que foi derrotado no Campeonato Inglês. O título da maior competição europeia de clubes já veio, mas os torcedores ainda sonham com algo que não acontece há mais de 30 anos: erguer a taça de campeão da Inglaterra. Apesar da única derrota sofrida na Premier League na temporada passada, com 97 pontos conquistados, o Liverpool viu o Manchester City erguer o troféu de campeão, com 98 pontos.

Talvez, por isso, Jurgen Klopp esteja parecendo buscar a perfeição. Seja o que for, fato é que o início avassalador lhe rende a liderança isolada da Premier League, já estando há cinco pontos de distância do bicampeão Manchester City, atual segundo colocado.

.

Foto de capa: Firmino marcou o segundo gol dos Reds (Divulgação / Premier League)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.