Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Blog

Colômbia garante a liderança e Japão fica com a segunda vaga

Colômbia garante a liderança e Japão fica com a segunda vaga

29 Junho 2018por Stefano De Luca

Colômbia e Japão foram as últimas duas equipes a garantir vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Pelo Grupo H da Copa do Mundo, a Colômbia venceu o Senegal e passou em primeiro lugar na chave. Já o Japão, por sua vez, perdeu para a Polônia, mas conquistou o segundo lugar por ter menos cartões amarelos do que o Senegal, no critério de desempate conhecido como o “fair-play”, já que as duas seleções estavam empatadas em pontos, saldo de gol, gols marcados e gols sofridos.

Sendo assim, nós temos agora a definição das 16 seleções que disputarão as oitavas de final da Copa do Mundo. Líder do Grupo H, a Colômbia enfrenta nas oitavas de final a Inglaterra, segunda colocada do Grupo G. O confronto acontece nesta terça-feira, dia 3 de julho, às 15 horas, em Moscou. Do outro lado da chave, o Japão encara a Bélgica, líder do Grupo G, na segunda-feira, dia 2 de julho, às 15 horas, em Rostov.

via GIPHY

Mina marca mais um e Colômbia supera o Senegal

A Colômbia entrou em campo nesta quinta-feira na terceira colocação do Grupo H, precisando de uma vitória para manter-se viva na Copa do Mundo. Já o Senegal, dependia apenas do empate para avançar. No outro jogo do grupo, a já eliminada Polônia media forças com o Japão. A situação colombiana ficou ainda mais complicada logo aos 30 minutos do primeiro tempo, quando James Rodriguez sentiu uma lesão e precisou ser substituído por Muriel. Sem o seu principal jogador, os colombianos sofreram para se reencontrar em campo. Os sul-americanos ainda foram salvos pelo VAR, uma vez que Mané sofreu entrada de Davinson Sánchez e o juiz deu pênalti. O replay mostrou, porém, que o zagueiro toca primeiro na bola e o pênalti foi anulado.

Precisando vencer para não depender do resultado do outro jogo, a Colômbia mostrou mais intensidade no segundo tempo. Aos 15 minutos, a Polônia abriu o placar sobre o Japão em Volgogrado. Esse resultado, aliado ao empate em Samara, dava a classificação a colombianos e senegaleses, que tiraram o pé do acelerador. Para não ficar dependendo do outro jogo, a Colômbia cresceu e abriu o placar com o zagueiro Mina, marcando de cabeça, após cobrança de escanteio. Nos minutos finais, Senegal até tentou fazer uma pressão, mas Ospina foi seguro e garantiu a vitória colombiana.

Empolgados com a vitória e a classificação, os colombianos agora correm contra o tempo para tentar recuperar o meia James Rodríguez, que deixou o campo reclamando de dores na panturrilha, as mesmas que o tiraram do jogo de estreia, diante do Japão. O técnico José Pekerman falou sobre a situação do camisa 10, que é dúvida para a próxima partida.

"Estou muito preocupado. É muito duro para a equipe esta situação. Não queria falar sobre isso, pois não queria começar a coletiva lamentando uma situação crítica. Mas eu estou muito preocupado. Ele treinou normalmente até ontem. Treinou faltas e pênaltis inclusive. Estava em plenas condições de jogo. Não tínhamos nenhum indício, não sei o que vai acontecer agora", desabafou um visivelmente frustrado José Pekerman, na entrevista coletiva pós-jogo.

via GIPHY

Já sobre o jogo, o experiente treinador elogiou a bola parada de sua equipe, que acabou sendo, mais uma vez, o diferencial que deu a vitória aos colombianos.

"Trabalhamos muito bem a bola parada. Temos bons batedores e bons cabeceadores. Temos treino para todos os movimentos possíveis, inclusive o lance do gol. Mas também tivemos momento de preocupação, Senegal teve grande atuação no primeiro tempo. Todos os grupos são muito equilibrados, Senegal fez um bom Mundial. Sem o James, eles controlaram mais fácil o meio campo, mas nós persistimos. Entramos novamente com muita confiança", completou o treinador colombiano.

Já os senegalenses, se retiraram decepcionados com a derrota e com a doida desclassificação, por terem levado mais amarelos do que os japoneses. O quesito fair-play acabou sendo determinante para a eliminação dos africanos, que terminaram em terceiro lugar no grupo.

Já eliminada, Polônia vence, mas Japão conquista a vaga

O Japão entrou em campo diante da Polônia precisando apenas de um empate para avançar às oitavas de final da Copa do Mundo. Acontece que, mesmo já eliminada, a Polônia teve controle quase total do jogo e derrotou os japoneses por 1 a 0, com gol de Bednarek. O grande nome do jogo foi o goleiro Kawashima, que fez ao menos duas defesas espetaculares e evitou a eliminação japonesa.

Apesar da derrota, o Japão conquistou a vaga pelo critério de desempate conhecido como o fair-play. Ou seja: ficou com a vaga por ter levado menos cartões amarelos do que Senegal, que fez campanha idêntica aos japoneses em todos os outros quesitos.

Ciente de que apesar da derrota estava ficando com a vaga por ter menos cartões, os japoneses abdicaram do jogo nos últimos 10 minutos, se limitando a tocar a bola de um lado para o outro, sob vaias estrondosas da irritada torcida que compareceu ao jogo em Volgogrado. Ao final do jogo, o técnico do Japão, Akira Nishino, admitiu que usou o regulamento a seu favor para confirmar a vaga.

"Não buscamos a vitória, contamos apenas com o resultado da outra partida. Isso foi lamentável, mas suponho que não tinha nenhum outro plano naquele momento. Não estou satisfeito da maneira que jogamos hoje, mas queríamos ir às oitavas e esta era a única maneira de fazer isto acontecer", admitiu o sincero treinador japonês.

Classificado para as oitavas de final, o Japão encara a Bélgica. Quem vencer, encara nas quartas o ganhador de Brasil x Bélgica. Já a Colômbia, enfrenta a Inglaterra e se passar terá pela frente o vencedor de Suíça x Suécia.

Jogadores colombianos comemoram o gol de Yerry Mina. (Foto de capa: AFP)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

6. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

7. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

8. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

9. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

10. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.