Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Cejudo, Shevchenko e Ferguson vencem no UFC 238 em Chicago

Cejudo, Shevchenko e Ferguson vencem no UFC 238 em Chicago

14 Junho 2019por Stefano De Luca

A cidade de Chicago, em Illinois, foi palco de um dos melhores eventos do ano no UFC. O evento, realizado na United Center Arena e que contou com mais de 16 mil espectadores, teve duas lutas valendo cinturão, além do excelente combate entre os veteranos Tony Ferguson e Donald Cerrone. Terceira luta principal da noite, o duelo entre os norte-americanos foi vencido por Ferguson, depois que uma séria lesão no olho impediu que o Cowboy continuasse lutando.

Pelo Co-Main Event da noite, Valentina Shevchenko defendeu o seu cinturão com um brutal nocaute diante da desafiante Jessica Eye. Já no evento principal da noite, Henry Cejudo confirmou o seu favoritismo e não teve muita dificuldade para superar o brasileiro Marlon Moraes, conquistando o seu segundo cinturão no UFC.

Henry Cejudo segue fazendo história no UFC. O norte-americano já havia chocado o mundo em agosto do ano passado ao derrotar o até então imbatível Demetrious Johnson, conquistando o cinturão dos moscas do UFC. No começo deste ano, defendeu o seu cinturão pela primeira vez, nocauteando TJ Dillashaw com facilidade, logo no primeiro assalto. Agora, Cejudo enfrentou Marlon Moraes pelo cinturão peso-galo do Ultimate, que estava vago. Novamente, Cejudo levou a melhor e foi o vitorioso, nocauteando o brasileiro nos segundos finais do terceiro round, depois de dominar a luta inteira.

Com o triunfo e a conquista de mais um título, Henry Cejudo se tornou o quarto lutador da história do UFC a conquistar dois cinturões da organização, de maneira simultânea.

- Eu sou triplo C. Campeão olímpico. Campeão peso-mosca e agora Campeão peso-galo. Eu vou me tornar o melhor peso por peso do UFC. Confiem em mim, não duvidem de mim. Dana White, eu quero começar a ganhar salário de peso-pesado. Eu quero fazer alguns desafios. Quero o Dominick Cruz, o Cody Garbrandy e o Urijah Faberr. Eu quero lutar contra o campeão peso-pena e eu quero ser o melhor lutador do mundo. – disse um ambicioso Henry Cejudo, logo após nocautear Marlon Moraes, no Main Event do UFC 238, em Chicago.

Para superar o brasileiro, Cejudo teve que superar a si mesmo. Isso porque o californiano acabou lesionando o tornozelo justamente na semana da luta e mesmo sendo castigado por chutes baixos de Moraes, conseguiu manter a compostura e derrotar o adversário.

- Eu tive uma lesão feia no tornozelo. Senti muita dor. Mas eu não deixaria de lutar. Disseram que eu não ia aguentar a pressão dos golpes, mas está aí a resposta. Meu pé ficou completamente roxo durante a semana, foi um acidente de bobeira, em um tatame mal encaixado. Doeu muito e me preocupou muito. Vazou para a imprensa e eu precisei me preparar para isso. Eu também desloquei o ombro esquerdo no começo da luta. Faz parte da vida, eu acho que fica até mais gostoso lutar e vencer assim. Eu sou o melhor de todos os tempos. – completou um empolgado Henry Cejudo.

Já Marlon Moraes, derrotado por Cejudo na luta pelo cinturão dos galos, disse ter cometido um erro estratégico e que acabou pagando caro por isso.

- Eu fiz besteira. No meio do segundo round ele cresceu na luta. Em vez de continuar na estratégia de me movimentar e não dar espaço a ele, eu acabei partindo para a trocação com ele, trocando golpes em uma distância curta. A torcida foi fazendo barulho e eu acabei me empolgando. Eu cometi um erro e acabei pagando caro por isso. Eu não consegui me defender bem, estava muito cansado. Até acho que conseguiria voltar para o quarto round, mas não quero dar desculpas. Foi culpa somente minha, não culpo os árbitros. Eu não lutei como vinha lutando nos treinos. Agora tenho que voltar a treinar para continuar trilhando o meu caminho rumo ao topo. – lamentou o brasileiro, já na entrevista coletiva pós-luta.

Apesar da vitória histórica de Henry Cejudo, o grande destaque da noite em Chicago foi Valentina Shevchenko. Em sua primeira defesa de cinturão, a lutadora quirguistanesa venceu a desafiante Jessica Eye, de maneira sensacional. Pelo Co-Main Event da noite, Valentina nocauteou a norte-americana com um brutal chute no rosto, logo no começo do segundo assalto.

Depois de dominar a desafiante no chão durante todo o primeiro round, Shevchenko começou em pé no segundo assalto e logo de cara encaixou um sensacional chute alto, que pegou em cheio no pé do ouvido da adversária, que já caiu ao solo completamente desacordada. O nocaute foi tão brutal que deixou espantado o comentarista oficial do UFC, Joe Rogan e o convidado especial da noite, o campeão Daniel Cormier.

Depois do sensacional nocaute e da manutenção do cinturão, logo em sua primeira defesa de título, Valentina Shevchenko admitiu preocupação com o estado de saúde de Jessica Eye, que ficou desacordada durante alguns segundos, depois do chute.

- Eu fiquei muito preocupada com a Jéssica quando ela caiu. É claro que em qualquer vitória, você tem que celebrar muito, mas ao mesmo tempo, somos humanos e temos que pensar por esse lado. Você se importa com o adversário, isso faz parte do MMA, faz parte do esporte. – disse a campeã dos moscas da divisão feminina do UFC.

A terceira luta principal da noite foi a épica batalha entre Tony Ferguson e Donald Cerrone. Os norte-americanos travaram uma batalha sangrenta que rendeu à dupla o bônus de 50 mil dólares, pelo prêmio de Luta da Noite em Chicago. Depois de dois rounds muito intensos, a luta foi interrompida entre o segundo e o terceiro round e o Cowboy foi impedido de voltar ao octógono, já que o seu olho direito se encontrava em estado crítico, completamente fechado e muito inchado.

Com Cerrone impedido de continuar lutando, a vitória foi dada a Tony Ferguson, por TKO, mas os dois lutadores foram bastante ovacionados pela torcida presente na United Center. O público gostou bastante do sangrento duelo entre dois dos maiores nomes da categoria dos leves do UFC. Mais duas lutas completaram o Main Card da noite. Petr Yan derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos jurados, enquanto Blagov Ivanov superou Tai Tuivasa, da mesma maneira.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.