Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Brasil volta a jogar mal e perde para a Argentina em Riad

Brasil volta a jogar mal e perde para a Argentina em Riad

18 Novembro 2019por Stefano De Luca

O Brasil segue em péssima fase desde a conquista da Copa América. Sem vencer desde julho, quando conquistou o torneio continental, batendo o Peru na final, a Seleção Brasileira encara agora um jejum de cinco partidas sem vitória. O ápice desta má fase veio na tarde desta sexta-feira, com a derrota para a arquirrival Argentina, por 1 a 0, em Riad, na Arábia Saudita.

Diante dos Hermanos, o Brasil jogou mal mais uma vez, viu o rival ser superior durante quase toda a partida e criar mais chances do que nós. A Seleção ainda teve a chance de sair na frente, mas Gabriel Jesus desperdiçou pênalti de maneira bisonha. Na mesma moeda, a Argentina fez o único gol do jogo. Messi bateu pênalti, Alisson pegou, mas o camisa 10 cutucou para o gol no rebote, ainda no começo do jogo.

Esta já é a pior sequência de resultados da Seleção Brasileira desde 2012, quando a Seleção Brasileira trocou de comando, tirando Mano Menezes e optando pelo retorno de Felipão, campeão do mundo em 2002. Já a última vez que o Brasil chegou a cinco partidas seguidas sem vencer sob o comando do mesmo técnico foi a 28 anos, entre o final de 1990 e o começo de 1991, quando a Seleção era dirigida pelo ex-volante Falcão.

Antes de perder por 1 a 0 para a Argentina em Riad, a Seleção Brasileira já vinha de uma sequência muito ruim de resultados, tendo empatado com a Colômbia por 2 a 2, perdido para o Peru, por 1 a 0 e empatado com Senegal e com Nigéria, por 1 a 1. Nesta terça-feira, a Seleção Canarinho ainda terá uma última chance de terminar 2019 com o pé direito, enfrentando a Coréia do Sul no último amistoso do ano.

Sem poder contar com alguns de seus principais jogadores e optando por não convocar atletas que atuam no Brasil, para não prejudicar os clubes nesta reta final de temporada, Tite fez algumas mudanças na equipe que enfrentaria a Argentina na Arábia Saudita. Danilo e Alex Sandro ganharam chances nas laterais, Éder Militão começou jogando na zaga, Lucas Paquetá jogou com a camisa 10 de Neymar e Willian começou entre os titulares, assim como Gabriel Jesus.

Do outro lado, Lionel Scaloni escalou a sua Argentina com o veterano Lionel Messi e o jovem Lautaro Martínez formando a dupla de ataque. Andrada, goleiro do Boca, começou como titular, Otamendi voltou aos onze iniciais e De Paul, Paredes, Lo Celso e Ocampos formaram o quarteto de meio de campo, com Tagliafico e Foyth jogando nas laterais.

A verdade é que Brasil e Argentina protagonizaram uma partida muito abaixo do esperado em Riad. Os únicos momentos de emoção da partida aconteceram logo no começo do jogo. Gabriel Jesus recebeu na área e foi derrubado. Pênalti. O próprio Jesus foi para a bola mas pegou mal demais nela, mandando para fora, perdendo o pênalti de maneira bizarra. O camisa 9 da Seleção, aliás, vive uma péssima fase nas cobranças da marca da cal, tendo perdido cinco dos últimos nove pênaltis que bateu. Praticamente no lance seguinte, Messi partiu em velocidade e foi atropelado por Alex Sandro dentro da área. Outro pênalti, agora para os argentinos. O próprio Messi foi para a bola, viu Alisson fazer a defesa, mas fez o gol no rebote.

O Brasil teve uma leve melhora no segundo tempo, muito por conta da entrada de Philippe Coutinho, que entrou no lugar do apagadíssimo Lucas Paquetá. Logo no comecinho da etapa final, Coutinho fez linda jogada individual e descolou um lançamento preciso para Gabriel Jesus, que de frente para o gol, se atrapalhou inteiro com a bola e perdeu uma grande chance de finalizar. Tite ainda fez outras alterações, colocando em campo Renan Lodi, Fabinho e Richarlison, além de promover as estreias dos atacantes Rodrygo e Wesley, mas de nada adiantou. O panorama do jogo continuou igual e a Argentina esteve mais perto de marcar o segundo gol do que o Brasil de buscar o empate.

Depois de mais um tropeço e de mais uma atuação muito ruim, o Brasil ainda tem uma chance de quebrar este jejum de vitórias e encerrar o ano de 2019 com uma vitória. Nesta terça-feira, às 10h30 (De Brasília), a Seleção Brasileira enfrenta a Coréia do Sul, em Abu Dhabi, naquele que será o último amistoso do ano para os brasileiros.

Para o confronto diante dos coreanos, o agora pressionado técnico Tite já adiantou que promoverá mudanças na equipe, dando chances a atletas pouco utilizados até agora na Seleção Brasileira, como o volante Fabinho e o lateral Renan Lodi, além de promover a volta de Coutinho entre os titulares, mantendo Gabriel Jesus, Arthur e Paquetá entre os onze que iniciam a partida.

A tendência é que o Brasil entre em campo diante dos sul-coreanos com a seguinte formação: Alisson, Danilo, Marquinhos, Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Lucas Paquetá; Coutinho, Richarlison e Gabriel Jesus.

- Há a necessidade de conquistar o resultado, sim. Alguns momentos são assim e este momento é um deles. Precisamos sim do resultado. Precisamos buscar isso, mas não de qualquer jeito, não de qualquer forma. Precisamos do resultado, mesmo sendo um período de formação. Vou refletir em cima de posicionamentos e desempenhos individuais. Estamos descobrindo ainda a melhor forma de jogar. Precisamos de desempenho, efetividade e resultado neste próximo jogo. – admitiu o técnico Tite, que vive um momento de instabilidade no comando da Seleção Brasileira, mesmo apenas alguns meses de conquistar a Copa América.

- Sabemos que a pressão é inevitável, pela grandeza do cargo e da Seleção. Precisamos desempenhar em cima disso. Quando não se alcança o resultado, um conjunto de fatores pesa, entre eles o emocional. O vestiário está bastante quente, com a atmosfera da derrota. – completou o treinador da Seleção Brasileira.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.