Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Brasil bate o México de virada e conquista a Copa do Mundo Sub-17

Brasil bate o México de virada e conquista a Copa do Mundo Sub-17

19 Novembro 2019por Stefano De Luca

O Brasil é tetracampeão da Copa do Mundo Sub-17. Jogando em casa, a Seleção Brasileira deixou todos os rivais pelo caminho e sagrou-se campeã batendo o México de virada, por 2 a 1, em Brasília, na capital do país. As viradas, vale ressaltar, viraram meio que uma marca registrada da jovem Seleção Brasileira durante o torneio. Antes de superar o México desta maneira, por 2 a 1 na finalíssima, o Brasil já havia eliminado a França, de maneira heroica, revertendo uma derrota de 2 a 0 para um triunfo por 3 a 2, nas semifinais do Mundial. Nas oitavas, o Brasil venceu o Chile, também de virada.

O título do Brasil chama atenção e chega até a surpreender, uma vez que a Seleção Brasileira jogou praticamente o torneio inteiro sem os seus dois principais jogadores. Grande nome da geração, o meia Reinier Jesus, do Flamengo, não foi liberado pelo rubro-negro e, portanto, não ficou à disposição do técnico Guilherme Dalla Déa para o torneio. Já a outra estrela da equipe, o atacante Talles Magno, destaque dos profissionais do Vasco, se machucou nas oitavas de final da Copa do Mundo e não se recuperou a tempo de disputar as partidas decisivas.

Mesmo sem as suas principais estrelas, o Brasil conseguiu surpreender a muitos e com grandes partidas e viradas improváveis, acabou sacramentando o título, o quarto de sua história, ao bater o México de virada, por 2 a 1, na grande final da Copa do Mundo Sub-17. Foram três viradas, nas quatro partidas de mata-mata que o Brasil disputou no torneio. Nas oitavas, a Seleção saiu vencendo diante do Chile, levou a virada, mas igualou e ainda conseguiu a vitória, vencendo por 3 a 2. Nas quartas, o Brasil derrotou a Itália por 2 a 0, com dois gols no primeiro tempo. Nas semis, a Seleção levou 2 a 0 da França, mas conseguiu uma virada épica no segundo tempo. Diante do México, na final, o Brasil saiu atrás, mas anotou dois gols depois dos 40 minutos do segundo tempo para ficar com a taça.

Diante do México, o Brasil jogou melhor, mas perdeu muitas chances de gol e quase foi castigado por isso. Já no segundo tempo, os mexicanos aproveitaram uma das únicas chances que tiveram e abriram um placar. Já aos 40 minutos da etapa final, por meio de um pênalti marcado após auxílio do VAR, Caio Jorge deixou tudo igual, enquanto o iluminado Lázaro – que há havia sido o herói das semis, diante da França – saiu do banco para novamente salvar a pele dos brasileiros, marcando nos acréscimos o gol do título.

Além de deixar as tradicionais seleções de Chile e Itália pelo caminho, o Brasil ainda exorcizou algumas asas negras de sua história. Costumeiramente, a Seleção Brasileira acaba sofrendo diante de França e México, rivais das semis e das finais, respectivamente. Este é o quarto título da Copa do Mundo Sub-17 que o Brasil conquista. Antes de vencer a edição de 2019, disputada no Brasil, a Seleção havia conquistado o torneio em 1997, 1999 e 2003. O Brasil é o segundo país que mais vezes venceu a competição, atrás apenas da Nigéria, com cinco títulos. Os mexicanos, por sua vez, conquistaram o torneio duas vezes.

Antes de passar por Chile, Itália, França e México na fase de mata-mata da competição, o Brasil conquistou ainda três vitórias em três jogos na fase de grupos, terminando a Copa do Mundo Sub-17 com 100% de aproveitamento, sete vitórias em sete jogos. O Brasil estreou na competição goleando o Canadá por 4 a 1, antes de superar a Nova Zelândia por 3 a 0 e a Angola por 2 a 0.

GABRIEL VERON GANHA BOLA DE OURO, DE MELHOR JOGADOR DO MUNDIAL

Um dos grandes destaques do título brasileiro, o meia Gabriel Veron acabou recebendo o maior prêmio individual do Mundial Sub-17, sendo presentado com a Bola de Ouro, de melhor jogador da competição. O meia do Palmeiras chamou a responsabilidade diante da ausência de Reinier e da lesão de Talles Magno e liderou a Seleção Brasileira rumo ao tetracampeonato da Copa do Mundo Sub-17. O meia-atacante do Brasil marcou três gols em sete jogos.

Além de Gabriel Veron, eleito o craque do torneio, mas dois jogadores brasileiros acabaram conquistando prêmios individuais. O goleiro Matheus Donelli, do Corinthians, foi eleito o melhor goleiro do torneio e levou a Luva de Ouro, enquanto o atacante Kaio Jorge, atacante do Santos e terceiro principal artilheiro do Mundial, levou para casa a Chuteira de Bronze.

O artilheiro da Copa do Mundo acabou sendo o holandês Sontje Hansen, que levou a Chuteira de Ouro, enquanto a Chuteira de Prata ficou com o francês Nathanael Mbuku, vice artilheiro da competição. O também francês Adil Aouchiche levou a Bola de Prata, como segundo melhor jogador do torneio, enquanto a Bola de Bronze ficou com Eugenio Pizzuto, do México.

Camisa 7 da Seleção Brasileira Sub-17, Gabriel Veron ganhou elogios de Bebeto, que foi o camisa sete em outro tetra brasileiro, a da Copa do Mundo de 1994, com a Seleção Principal.

- Ele é muito bom jogador. Foi fundamental na ausência do Reinier e do Talles. Ele fez grandes partidas e ajudou a Seleção. Eu estou feliz por ele estar vestindo a camisa sete, que tem tanta história. – declarou o companheiro de ataque de Romário na Copa de 94.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.