Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Brasil abre a Copa América com vitória tranquila sobre a Bolívia

Brasil abre a Copa América com vitória tranquila sobre a Bolívia

17 Junho 2019por Stefano De Luca

Depois de um primeiro tempo muito ruim, que terminou sem gols e com muita vaia da torcida presente no Estádio do Morumbi, o Brasil acordou no segundo tempo, colocou o pé na forma e venceu a Bolívia por 3 a 0 na partida inaugural da Copa América 2019. O triunfo, em um dos estádios mais tradicionais da cidade de São Paulo, veio com dois gols de Philippe Coutinho e um golaço de Everton, já no finalzinho da partida. A vitória brasileira, aliada ao empate entre Peru e Venezuela, no outro jogo do grupo, deixou a seleção canarinho isolada na liderança do Grupo A, após o final da primeira rodada da fase de grupos da competição continental.

A partida teve dois tempos completamente distintos no Morumbi. A primeira etapa foi muito ruim. Com pouquíssima criatividade, a seleção brasileira ficou mais com a bola, mas pouco atacou a frágil seleção boliviana. Sem poder contar com Arthur, que ainda se recupera da pancada no tornozelo, sofrida no amistoso diante do Catar, Tite apostou em Fernandinho, formando uma dupla de cabeças de área com Casemiro. No lugar de Neymar, David Neres foi o escolhido, enquanto Richarlison e Roberto Firmino completaram a trinca ofensiva canarinho.

Notícias relacionadas:

As chances de gol do Brasil no primeiro tempo se resumiram em lances de bola parada ou em chutes cruzados, afastados pela defesa boliviana. O pífio desempenho nos 45 minutos iniciais levou os mais de 47 mil torcedores que compareceram ao jogo a vaiar a seleção brasileira, após o apito do árbitro, que assinalava o intervalo do jogo.

As vaias parecem ter mexido com o brio dos jogadores, já que o segundo tempo teve o Brasil com uma postura completamente diferente. Logo no comecinho, Richarlison recebeu pela direita e tentou o cruzamento, mas a bola bateu na mão de Jusino. Após uma análise junto ao VAR, o árbitro Nestor Pitana – que apitou a última final de Copa do Mundo – assinalou o pênalti. Philippe Coutinho foi para a bola e bateu com perfeição para abrir o placar para o Brasil. O segundo gol veio minutos depois. Roberto Firmino foi acionado em profundidade e cruzou no segundo pau, para Coutinho, livre, tocar de cabeça para o gol e aumentar a vantagem brasileira.

Vencendo por 2 a 0 e com a vitória bastante encaminhada, Tite aproveitou para fazer alguns testes na equipe e lançou Gabriel Jesus, Willian e Everton no time. Quem mais aproveitou a sua chance foi o Cebolinha. Aos 40 minutos do segundo tempo, Everton recebeu na direita, puxou para dentro, deixou o marcador para trás e soltou uma pancada no ângulo esquerdo do goleiro Lampe, que nem se mexeu. Golaço do atacante do Grêmio.

Apesar da vitória da seleção, o público presente no Morumbi decepcionou. A organização do torneio esperava mais de 60 mil pessoas no estádio do São Paulo, mas apenas 47 mil torcedores compareceram. O baixo número de torcedores tem explicação: o preço médio dos ingressos estava muito elevado. Tanto que, a renda para a partida foi recorde, de 22 milhões de reais, o maior número da história para uma partida de futebol disputada no Brasil.

Agora com três pontos, o Brasil assume a liderança do Grupo A da Copa América, deixando a Bolívia na lanterna. No outro jogo do grupo, Venezuela e Peru empataram por 0 a 0. Pela segunda rodada da fase de grupos, a seleção brasileira recebe e Venezuela na Arena Fonte Nova, em Salvador, na noite de terça-feira, enquanto a Bolívia joga com o Peru, no Maracanã, também na terça.

Pelo outro jogo da primeira rodada do Grupo A, Peru e Venezuela empataram por 0 a 0 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O resultado acabou sendo pior para o Peru, que dominou a partida, teve dois gols anulados pelo VAR e ainda jogou boa parte do segundo tempo com um homem a mais, depois da expulsão de Mago. Apesar do empate, as duas seleções dividem a segunda colocação do Grupo A, já que a Bolívia foi goleada pelo Brasil na outra partida da chave.

Peru e Venezuela fizeram um confronto mais travado, com poucas chances de gol em Porto Alegre. Melhor tecnicamente, os peruanos tiveram mais chances e chegaram a ter dois gols anulados por VAR, um de González, no primeiro tempo e outro de Farfán, na segunda etapa. Além disso, os venezuelanos ainda foram salvos pelo seu goleiro. Especulado no Barcelona, o jovem Fariñez brilhou com boas defesas, uma delas espetacular, em chute à queima-roupa de Paolo Guerrero.

Bombardeados pelo Peru no segundo tempo, os venezuelanos sobreviveram e ainda tiveram que jogar boa parte da segunda etapa com um jogador a menos, depois que o lateral Mago foi expulso de campo por levar o segundo cartão amarelo. Já no final da partida, o treinador venezuelano lançou Soteldo e o time cresceu, mas não conseguiu chegar ao gol do Peru.

Pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América, os Venezuelanos enfrentam o anfitrião Brasil em Salvador, enquanto o Peru joga com a Bolívia no Rio de Janeiro, ambos os jogos acontecem na terça-feira. Já no sábado, pela terceira rodada, o Peru enfrenta o Brasil na Arena Corinthians, em São Paulo, enquanto a Venezuela joga com a Bolívia, no Mineirão, em Belo Horizonte. Vale lembrar que nesta edição da Copa América, além dos dois primeiros colocados de cada grupo, se classificam ainda para as quartas de final os dois melhores terceiros colocados de cada chave.

.

Foto de capa: Philippe Coutinho marcou duas vezes na vitória brasileira sobre a Bolívia (ALEXANDRE SCHNEIDER/GETTY IMAGES)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.