Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Boca vence, mas é o River quem avança à final da Copa Libertadores

Boca vence, mas é o River quem avança à final da Copa Libertadores

23 Outubro 2019por Stefano De Luca

O River Plate é o primeiro finalista da atual edição da Copa Libertadores. Atual campeão da competição continental, os Millonarios eliminaram ninguém menos do que o arquirrival Boca Juniors, triunfando por 2 a 1 no placar agregado dos dois confrontos entre os dois maiores clubes da Argentina. Depois de vencer por 2 a 0 no Monumental de Nuñez, o River Plate viu o Boca Juniors se impor na Bombonera, mas o 1 a 0 não foi o suficiente para classificar os Xeneizes, que mais uma vez caem diante do principal rival na Copa Libertadores.

O River entrou em campo sabendo que poderia até perder por um gol de diferença que mesmo assim estaria na final da Libertadores mais uma vez. Com isso, os Millonarios adotaram uma postura mais defensiva e viram o Boca Juniors ser mais contundente. Apesar de jogarem melhor, o Boca esbarrava na limitação técnica de alguns de seus jogadores e só conseguia levar real perigo em jogadas pelo alto. Aos 35 minutos do segundo tempo, Hurtado marcou um gol chorado, mas não foi o suficiente para reverter a desvantagem e o River acabou se classificando para a final, em plena Bombonera.

Apesar de se classificar para mais uma final e ficar ainda mais perto de conquistar a Copa Libertadores pela quinta vez em sua história, o River Plate perdeu a chance de fazer história e vencer a competição de maneira invicta, feito conseguido apenas pelo Corinthians, em 2012, nos últimos 40 anos de história do torneio. Campeão em 1986, 1996, 2015 e 2018, o River busca o pentacampeonato da competição, diminuindo assim a diferença para o Boca Juniors, que tem seis títulos e para o Independiente, maior campeão da competição, com sete taças levantadas.

Depois de perder por 2 a 0 no Estádio Monumental de Nuñez, o Boca Juniors sabia que precisaria fazer uma partida quase perfeita para superar o River Plate na Bombonera. Os Xeneizes precisavam vencer por três gols de diferença, ou ao menos devolver os 2 a 0 e levar a decisão para os pênaltis. O River Plate, por sua vez, sabia que precisaria se defender bem e tinha como estratégia se aproveitar dos contra-ataques para tentar agredir o Boca.

Gustavo Alfaro mandou a campo uma equipe um pouco mais ofensiva do que aquela do jogo de ida. Com De Rossi e Reynoso no banco de reservas, o treinador argentino armou o Boca no 4-4-2, com Mac Alisster, Salvio, Tévez e Ábila formando o quarteto ofensivo da equipe. Do outro lado, Marcelo Gallardo também mandou a campo o seu time no 4-4-2, com um ataque mais móvel, formado por Borré e Suárez, contando ainda com a aproximação de De La Cruz e Ignacio Fernández.

Quase 50 mil torcedores lotaram a Bombonera para apoiar o Boca Juniors diante do River Plate. O início do jogo foi retardado em quase 15 minutos, por conta da festa de papel picado da torcida, com o árbitro brasileiro Wilton Pereira de Sampaio ordenando que a equipe de limpeza do estádio ajudasse a remover o excesso de papel para que a bola pudesse rolar com mais naturalidade.

Com a bola enfim rolando, o Boca Juniors foi melhor no primeiro tempo. Mais agressivo, o Boca ficava mais com a bola e levava muito perigo nas bolas paradas e nos cruzamentos para a área. Acabou faltando, porém, mais repertório ofensivo ao time do Boca, que esbarrava em uma bem postada defesa do River e sofria para criar oportunidades de gol que não surgissem da bola parada de Mac Allister. Em um desses lances, o Boca chegou a abrir o placar com Salvio, mas o gol foi invalidado porque a bola tocou no braço de um jogador do Boca antes de sobrar para o meia, que finalizou de esquerda.

Aos poucos, o River Plate foi colocando a bola no chão e conseguiu equilibrar o jogo na segunda etapa. Mais forte tecnicamente, o River chegava com mais naturalidade ao ataque. Apesar disso, as melhores chances ainda eram do Boca, que quase abriu o placar Com Mac Allister, que pegou sobra dentro da área e finalizou para fora. Precisando ainda de pelo menos dois gols, Gustavo Alfaro lançou Zárate, Villa e Hurtado no jogo. Este último abriu o placar para os Xeneizes. Aos 35 minutos do segundo tempo, Mac Allister levantou uma bola na área, Lisandro López escorou para o meio, Zárate se complicou na hora de finalizar e Hurtado empurrou para o gol. Os últimos 10 minutos foram de pressão do Boca, que não conseguiu chegar ao segundo gol. No último minuto, Zárate cobrou falta na área e Lisandro López cabeceou para boa defesa de Armani.

E foi só. O juiz deu o apito final, enlouquecendo os jogadores do River Plate e o técnico Marcelo Gallardo, que entrou no campo para abraçar os seus atletas. Satisfeita com a raça demonstrada pelo seu elenco, a torcida do Boca Juniors cantou ainda mais alto após o apito final, em uma linda demonstração de apoio ao time.

Pela sétima vez em sua história, o River Plate está classificado para uma final de Copa Libertadores. Atual campeão, o River luta para ser campeão pela quinta vez. Vale lembrar que esta é a terceira final de Marcelo Gallardo em cinco anos. Ele já havia chegado à decisão com o River Plate mais duas vezes, sendo campeão tanto em 2015 quanto em 2018.

O River Plate agora espera pelo vencedor do confronto brasileiro entre Flamengo e Grêmio para saber quem será o seu adversário na grande final da Copa Libertadores. Depois de um empate em 1 a 1 no primeiro jogo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, os dois clubes voltam a se enfrentar na noite desta quarta-feira, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Lembrando que pela primeira vez a final da Libertadores será disputada em formato de jogo único, em partida a ser realizada no dia 23 de novembro, um sábado, No Estádio Nacional do Chile, em Santiago.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.