Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Boca Juniors faz 2 a 0 no Palmeiras e coloca um pé na final da Libertadores

Boca Juniors faz 2 a 0 no Palmeiras e coloca um pé na final da Libertadores

25 Outubro 2018por Stefano De Luca

O Palmeiras segurou a pressão do Boca Juniors durante mais de 80 minutos de jogo em La Bombonera. Nos minutos finais do jogo, porém, Guillerme Schelotto fez uma mudança que mudou a história do jogo. O treinador do Boca lançou o promissor atacante Benedotto na partida. Recém-recuperado de uma lesão no joelho, o centroavante mostrou faro de gol e marcou dois gols em quatro minutos. Aos 38, ele marcou de cabeça após cobrança de escanteio. Aos 42, ele recebeu na meia-lua, deu um giro sensacional para cima de Luan e soltou uma bomba no cantinho de Weverton. Golaço.

Com os 2 a 0 em Buenos Aires, o Boca construiu uma enorme vantagem para o jogo de volta. A situação do Palmeiras na competição está bastante complicada. O time de Felipão precisará vencer por três gols de diferença para garantir vaga na final, contra o vencedor de Grêmio x River Plate.

Os gols no fim acabaram castigando a proposta de jogo do Palmeiras. Bem armado defensivamente por Felipão, o Verdão soube se defender e até teve o controle do jogo por boa parte da partida, mas acabou pagando o preço pela falta de ambição. A estratégia era clara: buscar um empate sem gols em Buenos Aires para decidir em casa, em São Paulo. Felipão só não contava com a estrela de Darío Benedetto, que acabou com o jogo. O centroavante marcou os dois gols da partida e deixou o Boca com a faca e o queijo na mão para o duelo de volta, que será disputado na quarta-feira que vem, no Allianz Parque.

Ao Verdão, não resta outra alternativa a não ser uma vitória por três gols de diferença para seguir sonhando com o bi. Uma vitória por 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis e qualquer outro resultado classifica o Boca Juniors para a final. Do outro lado da chave, a vantagem é do Grêmio, que venceu o River Plate por 1 a 0 no Monumental de Nuñez e agora joga pelo empate na terça-feira que vem, em Porto Alegre.

FELIPÃO APOSTA EM ZAGA TEORICAMENTE RESERVA; SCHELOTTO DEIXA TEVEZ NO BANCO

Luiz Felipe Scolari adotou mistério e só confirmou a escalação do Palmeiras para enfrentar o Boca na Bombonera uma hora antes do jogo. A maior surpresa ficou por conta das mudanças no miolo da zaga. O veterano treinador resolveu mudar a sua dupla de zaga, barrando Antônio Carlos e Edu Dracena e apostando em Gustavo Gómez e Luan, teoricamente reservas da equipe. No mais, Felipão escalou o Palmeiras sem surpresas, com Mayke na lateral-direita, Felipe Melo de volta no meio de campo e Moisés armando o jogo. O tridente ofensivo foi formado por Willian, Dudu e Borja.

Boca Juniors faz 2 a 0 no Palmeiras e coloca um pé na final da Libertadores

Já Guillermo Schelotto – que também conta com um vasto elenco – se deu ao luxo de deixar algumas estrelas de fora. Camisa 10 da equipe, Cardona foi cortado até do banco de reservas. Entre os suplentes, ficaram Carlitos Tevez, Darío Benedetto, Villa, Gago e Buffarini. Sem o lesionado Andrada, o goleiro foi Rossi. Schelotto apostou em um trio de ataque formado por Zárate, Pavón e Ábila.

PRIMEIRO TEMPO AMARRADO NA BOMBONERA

O nervosismo foi a tônica do jogo no primeiro tempo. Muito brigado, o confronto teve pouquíssimas chances de gol na primeira etapa. O Boca apostou na pressão inicial, se aproveitando da pulsação que tomava conta da Bombonera, mas não obteve sucesso. Aos poucos, o Palmeiras foi colocando a bola no chão e controlando mais o jogo, mas sem conseguir penetrar na defesa argentina. Muitos chutões e passes errados marcaram a primeira etapa, que viu cada equipe ficar com a bola durante 50% do tempo.

Boca Juniors faz 2 a 0 no Palmeiras e coloca um pé na final da Libertadores

BENEDETTO MUDA A HISTÓRIA DO JOGO

Passado o nervosismo do primeiro tempo, o duelo se desenvolveu mais na etapa final. Felipão estava sentindo falta de uma presença mais incômoda em seu ataque e lançou Deyverson no lugar de Borja. O jogo, porém, parecia destinado ao 0 a 0. A melhor chance do Palmeiras veio em chute de fora da área de Dudu, que passou raspando a trave de Rossi. À medida que a torcida do Boca ficava impaciente e as câmeras começavam a focar em Tévez, que figurava apenas como opção no banco, Schelotto chamou outro atacante para mudar a história do jogo. Recém-recuperado de uma séria lesão que o tirou dos campos por mais de seis meses, Benedetto foi o escolhido para mudar a história do jogo.

O camisa 18 mudou a história do jogo. Benedetto entrou aos 32 minutos do segundo tempo, no lugar de Ábila. Aos 38, ele aproveitou cobrança de escanteio da direita e subiu mais que Felipe Melo para abrir o placar na Bombonera. Aos 42, o jovem atacante argentino marcou um verdadeiro golaço. Benedetto recebeu de Pérez na meia-lua, deu um lindo giro – estilo futsal – em cima de Luan e bateu forte, sem chance alguma para Weverton. Golaço que incendiou de vez a torcida na Bombonera.

Boca Juniors faz 2 a 0 no Palmeiras e coloca um pé na final da Libertadores

BOCA DÁ ENORME PASSO RUMO À FINAL

Com uma vantagem de 2 a 0 conquistada no jogo de ida, o Boca se consolida como grande favorito a avançar à final da Copa Libertadores. A vantagem é imensa, porém, não é irreversível. O Palmeiras, no entanto, terá que jogar muita bola no Allianz Parque para avançar rumo à final. Isso porque ao Verdão apenas uma vitória por três gols de diferença interessa. Caso o Palmeiras devolva o 2 a 0, teremos pênaltis. Qualquer outro resultado classifica o Boca Juniors para a final.

Palmeiras e Boca Juniors se enfrentam novamente na próxima quarta-feira, dia 31 de outubro, no Allianz Parque, em São Paulo. Quem vencer encara na finalíssima o ganhador de outro clássico sul-americano, disputado entre Grêmio e River Plate. No jogo de idade, realizado no Monumental de Nuñez, na Argentina, o Tricolor Gaúcho venceu por 1 a0. Sendo assim, a equipe brasileira joga pelo empate em Porto Alegre para chegar à sua segunda final de Copa Libertadores consecutiva.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.