Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Barcelona e Real Madrid não saem do zero em El Clásico

Barcelona e Real Madrid não saem do zero em El Clásico

20 Dezembro 2019por Fernando Verchai

ESPETÁCULO OU SHOW DE HORRORES?

El Clásico desta quarta-feira, válido pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol, colocou frente a frente os dois melhores times da competição. No entanto, apesar de envolver os melhores da Espanha (dois dos melhores clubes de todo o mundo), a partida entre Barcelona e Real Madrid foi decepcionante em muitos aspectos.

Especialmente para os brasileiros, a primeira decepção esteve na escalação das equipes. Apenas um brasileiro iniciou a partida como titular: Casemiro. Pode ter sido uma mera coincidência, mas, ausente de brasileiro, El Clásico também ficou devendo no quesito espetáculo, que se tornou tão comum neste confronto.

Antes mesmo de as equipes entrarem em campo, algo nada agradável aos olhos já chamava a atenção de toda a imprensa que cobria o jogo. Mesmo com a partida tendo sido adiada exatamente por conta da revolta do povo catalão, que busca sua independência da Espanha, muitos cidadãos de Barcelona foram às ruas próximas ao Camp Nou para protestar e, mais do que isso, vandalizar.

Nem a atitude dos jogadores dos clubes rivais, de se hospedarem no mesmo hotel um dia antes do jogo na intenção de propagar a paz, foi capaz de impedir a ação. Isso porque a Catalunha teve seus principais políticos presos pelo governo espanhol, pelo simples fato de liderarem a causa do separatismo. A punição da Espanha a Catalunha não parou por aí. A província da Catalunha era a única a ter certos poderes independentes da “Coroa Espanhola”, o que já não acontece mais. E se formos levar em conta o que aconteceu dentro de campo, a capital espanhola certamente não terá grandes problemas para travar os catalães.

PRIMEIRO TEMPO MOVIMENTADO NO CAMP NOU

A última vez que o clássico entre Barcelona e Real Madrid terminou sem gols foi em 2002. Agora, pouco mais de 17 anos depois, El Clasico voltou a ficar no zero, mas não foi por falta de chances. A partida iniciou aberta, com uma leve superioridade do time comandado por Zinedine Zidane.

Casemiro foi o primeiro a levar perigo na partida. Em cruzamento de Carvajal, o brasileiro chegou a tirar Ter Stegen da jogada com um belo cabeceio, mas Piqué, literalmente em cima da linha, apareceu para salvar o time da casa. O Barcelona acordou depois do susto e logo respondeu com arrancada de Jordi Alba pelo lado esquerdo. O lateral fez o cruzamento, Courtois saiu para afastar o perigo e acabou entregando nos pés de Lionel Messi, que foi rápido para finalizar antes do goleiro se reposicionar, mas Sergio Ramos apareceu quase na linha do gol para fazer o corte.

Ainda no primeiro tempo, Jordi Alba escapou livre de marcação, recebeu lindo lançamento de Messi na grande área e tentou bater de primeira, mas pegou muito mal na bola, mandando pela linha de fundo. A última chance antes do intervalo foi do Real Madrid, que se recompôs depois dos sustos. Fede Valverde ficou com a sobra após corte parcial de Piqué e bateu de primeira, mas Ter Stegen fez a defesa com tranquilidade.

No segundo tempo, a leve superioridade do Real Madrid se manteve. Mais uma vez os visitantes levaram o primeiro perigo de gol. Em outra jogada de Fede Valverde, o meia uruguaio encontrou Bale livre de marcação na área, mas o atacante galês bateu pra fora.

Poucos minutos depois, Casemiro descolou lindo lançamento para Mendy, que cruzou para Bale tocar pro fundo da rede. O gol, porém, não valeu, pois Mendy estava em posição irregular no momento que recebeu o lançamento do volante brasileiro. Casemiro acabou sendo eleito o melhor em campo, tendo sido o jogador que mais finalizou (4 vezes), que mais recuperou bolas (dez roubadas) e que também mais ganhou divididas (sete de quinze).

O Barcelona pouco fez na etapa complementar e deve ter saído de campo satisfeito com o empate. Tanto porque não foi derrotado em casa, como porque o resultado manteve os blaugranas na liderança de La Liga. As equipes somam o mesmo número de pontos (36 em 17 rodadas), mas o Barcelona fica na frente no critério de desempate, por ter uma vitória a mais.

HISTÓRICO E PROJEÇÃO DE EL CLÁSICO

Desde a primeira vez em que as equipes se enfrentaram por uma competição oficial, foram 243 partidas, contando o último empate sem gols. O Barcelona venceu 96 vezes, contra 95 vitórias do Real Madrid, além de outros 52 empates. Neste século (XXI), a vantagem do Barcelona é considerável no que diz respeito ao cenário nacional. A equipe catalã conquistou 10 títulos do Campeonato Espanhol, contra seis dos merengues.

Levando-se em consideração os confrontos diretos pela competição nacional neste período, foram 40 jogos, com dezoito vitórias do Barcelona, 11 do Real madrid e outros 11 empates. Nas demais competições espanholas, o Barcelona ergueu outros 14 troféus no século XXI, enquanto o time da capital venceu apenas sete.

Por outro lado, em se tratando de competições internacionais, o Real Madrid conseguiu se manter na frente. Foram cinco títulos da Liga dos Campeões para os merengues nos últimos 20 anos, contra quatro dos catalães. O Madrid venceu o Mundial de Clubes em quatro oportunidades neste mesmo período, enquanto o Barcelona venceu três.

Mas se o Barcelona viveu momentos de superioridade em relação ao Real Madrid nas últimas duas décadas, ao menos no que diz respeito ao cenário nacional e confrontos diretos entre as equipes, a tendência é que as coisas voltem a se equilibrar daqui pra frente, principalmente pelo fato de que a hegemonia de Lionel Messi está chegando ao fim.

O argentino é o maior carrasco do Real Madrid na história de El Clásico. Foram 26 gols marcados, agora, em 43 confrontos. Cristiano Ronaldo e Di Stéfano, que são os que mais marcaram no confronto pelo lado do Real Madrid, balançaram as redes 18 vezes (oito a menos que Messi). Lionel Messi também domina no quesito assistências, com 14 passes para gols ao todo.

No entanto, como o próprio argentino afirmou em conversa que veio à público, com o brasileiro Neymar, a projeção é de que permaneça em alto nível na equipe catalã por mais duas ou três temporadas (ou seja, até completar 35 anos de idade). Até lá, Messi precisa vencer o Real Madrid por mais duas vezes se quiser quebrar todos os recordes de El Clasico, se tornando, ao lado de Paco Gento (que atuou pelos merengues entre 1953 e 1970), o jogador que mais vezes venceu o clássico espanhol. Até aqui o argentino venceu 19 vezes.

.

Foto de capa: Eric Alonso

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.