Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

Atlético-PR arranca empate com o Junior na Colômbia

Atlético-PR arranca empate com o Junior na Colômbia

06 Dezembro 2018por Stefano de Luca

Junior Barranquilla e Atlético Paranaense empataram por 1 a 1 no primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Depois de um primeiro tempo muito travado, as duas equipes se soltaram na volta do intervalo e fizeram uma segunda etapa bem movimentada no Estádio Metropolitano de Barranquilla. O Furacão chegou a sair na frente, aos cinco minutos, com Pablo, após bela assistência de Nikão. A alegria brasileira, porém, durou pouco. Menos de dois minutos depois, o Barranquilla deixou tudo igual, com Yony González.

Apesar de ter saído na frente, o empate acabou sendo lucrativo para o Atlético-PR. Além de ter sido inferior durante quase todo o primeiro tempo, o Furacão ainda suportou uma pressão no final do jogo. Os mandantes tiveram a chance de sair da Colômbia com uma vitória, mas viram Pérez carimbar o travessão em uma cobrança de pênalti. Nos minutos finais, brilhou ainda a estrela do goleiro Santos, que fez milagre em finalização da entrada da área de Barrera.

Com a igualdade na Colômbia, as duas equipes decidiram o título na semana que vem, em Curitiba. Na próxima quarta-feira, dia 12 de dezembro, o Atlético-PR recebe o Junior Barranquilla na Arena da Baixada. Como na final da Copa Sul-Americana não existe a regra do gol qualificado, qualquer novo empate levará a decisão para a prorrogação. Em caso de nova igualdade após estes 30 minutos adicionais, o campeão será decidido nos pênaltis. Quem vencer no tempo normal, fica coma taça.

PRIMEIRO TEMPO NERVOSO; SEGUNDO TEMPO DRAMÁTICO

O primeiro tempo foi morno no Estádio Metropolitano. Jogando em casa, o Junior Barranquilla ensaiou a tradicional pressão inicial, enquanto o Atlético-PR, respeitando o mando dos oponentes, preocupava-se apenas em se defender. Essa foi a tônica dos primeiros 45 minutos na Colômbia. Apesar do visível domínio e de ter mais a bola do que o Furacão, os colombianos não chegaram a criar chances concretas. A primeira e talvez única chance, veio aos 30 minutos, com Díaz finalizando por cima do gol de Santos.

O segundo tempo foi completamente diferente. As duas equipes voltaram do intervalo ligadas no 220 e com menos de 10 minutos o placar já marcava 1 a 1. Quem abriu o placar foi o Atlético-PR. Aos cinco minutos, Nikão usou toda a sua força e velocidade para disparar em contra-ataque e servir Pablo, que recebeu e chutou de primeira para vencer Viera. Não deu nem tempo de comemorar. No minuto seguinte, o Junior partiu para o ataque, levantou a bola na área, viu Jonathan falhar na tentativa de cortar e Yony González, esperto, aproveitou para finalizar com precisão e deixar tudo igual no Estádio Metropolitano.

Ainda sonhando com a vitória, Tiago Nunes sacou Pablo para a entrada de Rony. A entrada do atacante, porém, acabou sendo desastrosa. Em uma de suas primeiras participações no jogo, Rony falhou no domínio e acabou derrubando Gutiérrez, cometendo um pênalti infantil. O zagueiro Pérez foi para a bola e bateu ao melhor estilo zagueirão. O defensor colombiano tomou muita distância e cobrou praticamente um tiro de meta, fazendo a bola explodir no travessão de Santos. O chute foi tão forte que o travessão chegou a balançar durante alguns segundos.

Aos 48 minutos, o Junior Barranquilla teve a derradeira oportunidade de sair de casa com uma vitória. Principal jogador do time, Barrera recebeu na entrada da área e bateu forte, no cantinho de Santos, que voou e foi buscar, de mão trocada. Grande defesa do goleiro atleticano, frustrando os mais de 38 mil torcedores que lotaram o Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

TIAGO NUNES VALORIZA O EMPATE E VÊ DECISÃO EM ABERTO

Satisfeito com o empate em 1 a 1 fora de casa no primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, o treinador do Atlético-PR, Tiago Nunes, vê o título ainda em aberto. O segundo e decisivo jogo da final continental será na próxima quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba.

- O resultado foi importante, mas isso não nos qualifica a efetivamente vencer em casa. Vamos ter que jogar melhor e merecer vencer. O Junior tem jogadores de velocidade e terá o retorno de alguns atletas importantes. Temos que ter a tranquilidade, sabemos que teremos o apoio do torcedor, somos fortes em casa. Temos que avaliar esse resultado pelo lado positivo, corrigir os erros e focar no jogo da volta. – disse um sereno Tiago Nunes, analisando o empate obtido na Colômbia.

O técnico atleticano aproveitou também para analisar o jogo em si, admitindo que o Atlético esteve abaixo do esperado, mas valorizando o gol marcado e exaltando a força do Junior, jogando em Barranquilla.

- A qualidade do adversário nos trouxe muita dificuldade. Não conseguimos propor o jogo como gostaríamos, mas conseguimos jogar de outra maneira, explorando os contra-ataques. Esse resultado foi importante para que façamos a nossa parte em casa. Mesmo com o domínio adversário, eles tiveram três chances. O gol, o pênalti e o lance no final (finalização de Barrera). Tiveram mais volume, mas não conseguiram converter em chances. Foi um jogo de poucas chances concretas, mas muito disputado. Temos a confiança que em casa, com a nossa qualidade e nosso torcedor, vamos buscar o resultado que precisamos. – completou o confiante treinador do Furacão.

Para o jogo de volta, o Junior Barranquilla contará com alguns retornos importantes. O principal deles será o centroavante e capitão Téo Gutiérrez. Principal jogador da equipe, o goleador colombiano não enfrentou o Atlético-PR no jogo de ida por estar suspenso. O atacante foi expulso de campo no jogo de volta das semifinais, diante do Santa Fé.

Barranquilla e Atlético voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, na Arena da Baixada. Quem vencer no tempo normal, ergue a taça. Em caso de empate, por qualquer placar que seja, a decisão irá para a prorrogação. Se o empate persistir mesmo após o tempo extra, o campeão será conhecido nos pênaltis. Tanto o Atlético Paranaense quanto o Junior Barranquilla buscam um título inédito na decisão da Copa Sul-Americana.

Foto: Atlético-PR e Junior Barranquilla empataram por 1 a 1 no primeiro jogo da decisão.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.