Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

A má fase de Gabriel Jesus

A má fase de Gabriel Jesus

24 Outubro 2018por Fernando Verchai

Uma pergunta que a maioria dos brasileiros amantes do futebol estão se fazendo é: precisaremos de um novo camisa 9 na seleção brasileira para a próxima Copa do Mundo no Catar em 2022? É fato dizer que Gabriel Jesus não vive uma grande fase em sua carreira, talvez uma das mais piores (para não dizer a pior) fase do centroavante do Manchester City, da Inglaterra.

A má fase de Gabriel Jesus

Início de carreira

Gabriel Jesus foi revelado pelo Palmeiras, e desde quando disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior já era considerado pelos dirigentes como uma joia do clube alviverde, pois apesar da pouca idade já conseguir mostrar qualidade dentro de campo, sendo visivelmente melhor do que os outros jogadores em campo. Desta forma ele subiu rapidamente para o profissional, e também de uma forma rápida se tornou titular da equipe paulista.

Perdeu a final do Campeonato Paulista para o Santos, mas venceu a Copa do Brasil de 2015 e o Campeonato Brasileiro de 2016, sendo considerado o melhor jogador da competição, momento em que realmente começou a encontrar grande destaque. Vale lembrar da sua grande velocidade, ótimos dribles, belos gols e grande poder de decisão, sendo fundamental para os títulos palmeirenses, portanto mesmo com pouca idade o jogador mostrava maturidade.

Àquela altura, Gabriel Jesus chamou a atenção de vários clubes da Europa, em especial do Manchester City, treinado pelo competente Pep Guardiola, o treinador inclusive fez uma ligação pessoal a Gabriel pedindo que se transferisse ao City, e como já era esperado, o jovem brasileiro aceitou o convite, indo em busca de um sonho no continente europeu.

A má fase de Gabriel Jesus

Gabriel Jesus no Manchester City

Então com apenas 20 anos Gabriel Jesus foi jogar na Inglaterra, e seu começo foi arrasador. Logo em sua estreia já marcou um gol e deixou a torcida em êxtase, mas segundos depois se surpreendeu, ao ver que estava impedido. Algumas semanas depois conquistou uma sequência boa pelo time inglês e estava marcando em praticamente todos os jogos que disputava. Para se ter ideia, na sua temporada de estreia o futebol europeu, Gabriel Jesus estava deixando o argentino Kun Aguero, o maior artilheiro da história do Manchester City, no banco de reservas, fato que estava impressionando a todos.

Depois em um jogo pelo Campeonato Inglês veio a primeira lesão: quase quebrou o “dedinho” e teve que se afastar por um tempo dos gramados. Voltou, porém no banco de reservas e às vezes revezava a titularidade com Kun Aguero. Porém, veio a segunda lesão, e Gabriel Jesus ficou mais um período sem jogar o que naturalmente lhe trouxe alguns problemas. Isso deixou o atacante do Manchester City um passo atrás de Kun Aguero, que agora está em fase excepcional e é titular absoluto. É claro que Pep Guardiola deve ter paciência e continuar trabalhando com o jovem brasileiro, o qual ainda pode aprender muito e mostrar alta evolução, porém é fato que atualmente a realidade não está como Gabriel Jesus deseja.

A má fase de Gabriel Jesus

Desempenho na seleção brasileira

No último jogo da seleção brasileira, mesmo jogando em uma posição que não é a sua (pela ponta direita), Gabriel Jesus mostrou mais uma vez uma atuação abaixo da esperada, e não vem deixando os torcedores brasileiros contentes com seus últimos desempenhos. Vale destacar também a Copa do Mundo, onde o camisa 9 do Brasil não balançou as redes nenhuma vez (foram zero gols em 5 jogos pela seleção na maior competição do planeta). Eram esperadas atuações mais convincentes na Copa do Mundo, e talvez em toda a história do Brasil não houve um camisa 9 que não tenha marcado ao menos um gol na Copa do Mundo que disputou.

Vale destacar também que Gabriel Jesus sofreu duas lesões no Manchester City, e isso pode ter atrapalhado um pouco seu desempenho, mas alguns outros atletas (como Neymar) sofreram lesões até piores que a do atacante e conseguiram render mais. Apesar disto, é justo destacar que pela seleção olímpica o atacante foi campeão no Rio em 2016, conquistando o inédito ouro, título que faltava para o Brasil, e até fez uma boa participação, com gol importante na semifinal contra Honduras. Porém pela seleção brasileira profissional, Gabriel Jesus estreou num jogo contra o Equador fora de casa, ainda pelas eliminatórias e com a estreia também do técnico Tite no Brasil. Fez dois lindos gols, e já chamou a atenção. Virou o camisa 9 titular absoluto de Tite, e a esperança sobre ele era imensa, já que o Brasil nos últimos vinte e cinco anos teve atacantes extraordinários como Romário e Ronaldo, que foram primordiais nas duas últimas conquistas de Copa do Mundo do Brasil.

Porém, mesmo fazendo uma ótima Eliminatória da Copa do Mundo, Gabriel Jesus não correspondeu neste ano na Copa da Rússia, e ficou “zerado”. Além de não marcar, realmente o camisa 9 teve um baixo desempenho e não agradou os torcedores brasileiros. No último amistoso do Brasil, em partida contra a Argentina, Gabriel Jesus também deixou a desejar e agora deixa dúvida se deve ou não perder a titularidade para Firmino, o qual costuma balançar as redes, mostra bom desempenho no Liverpool e parece estar mais preparado e maduro.

A má fase de Gabriel Jesus

Agora resta esperarmos para ver se o atacante recupera sua boa fase e a boa “maré” de gols, para que possa voltar a ser também protagonista tanto no Manchester City como na seleção brasileira. Vale destacar que nem sempre é justo se fazer muitas cobranças, pois Gabriel Jesus ainda é jovem, está em uma grande equipe (se tivesse em um clube menor poderia ser titular e estar fazendo gols), e já enfrenta uma forte concorrência e imensas cobranças. Com certeza o seu verdadeiro talento ainda existe e mais cedo ou mais tarde, no Manchester City ou na seleção, de uma forma ou de outra, e uma posição mais centralizada ou mais na ponta, o jovem deve voltar a balançar as redes, resgatar sua confiança, recuperar seu bom futebol e então brilhar novamente, dando imensas alegrias para toda a torcida, especialmente para a seleção brasileira, a qual aguarda ansiosamente o retorno do seu bom futebol.

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
2º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
3º lugar: Vale-compra de R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes valores:
1º lugar: Vale-compra de R$500 (US$125)
2º lugar: Vale-compra de R$300 (US$75)
3º lugar: Vale-compra de R$200 (US$50)
4º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)
5º lugar: Vale-compra de R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os vales-compras serão exclusivamente para as lojas designadas.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.