Fechar Aviso

AVISO!

Devido à recente regulamentação da lei do jogo online em Portugal, não nos será mais possível disponibilizar prémios para Portugal no site Betmotion.net. O site esta disponível apenas para que os jogadores possam aceder às suas contas de utilizador. Acreditamos estar novamente a trabalhar dentro de poucas semanas.

Notícias Esportivas

A ascensão do Palmeiras nos últimos anos

A ascensão do Palmeiras nos últimos anos

21 Novembro 2018por Fernando Verchai

É fato de que o Palmeiras é o principal candidato para o título do Campeonato Brasileiro de 2018. A equipe de Luis Felipe Scolari lidera com folga o Brasileirão, depois de uma arrancada incrível desde que o técnico gaúcho assumiu a equipe. O Verdão venceu praticamente todos seus jogos e está 5 pontos a frente do segundo colocado que hoje é o Internacional. Vale destacar que o Palmeiras, depois de adquirir um grande patrocinador nos últimos anos, vem brigando por vários títulos, além de claro ter já conquistado o Campeonato Brasileiro de 2016 e a Copa do Brasil de 2015.

Início dos anos 2000: seca de títulos e rebaixamento

O Palmeiras foi campeão da Copa Libertadores em 1999, e depois disso passou por uma “seca” de títulos a nível nacional e internacional. A equipe da capital paulista inclusive foi rebaixada no ano de 2002 para a Série B do Campeonato Brasileiro, e isso deixou o torcedor palmeirense um pouco angustiado. Mas já no ano seguinte o Palmeiras foi campeão da segunda divisão e voltou à elite nacional. Mesmo estando na Série A do Brasileirão, a equipe paulista não conseguiu fazer grandes temporadas e não conquistou nem o título do Campeonato Brasileiro e nem a Copa do Brasil. Vale destacar a campanha do Palmeiras em 2009, quando a equipe então treinada por Muricy Ramalho tinha 10 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, num time que contava com Diego Souza, Pierre, Cleiton Xavier e companhia, e no final o Palmeiras acabou cedendo e viu o Flamengo sendo o campeão daquele ano. O Palmeiras acabou sendo eliminado de forma precoce na Libertadores do ano seguinte, e parecia que o time já estava passando por uma seca de mais de 10 anos sem títulos de expressão.

A ascensão do Palmeiras nos últimos anos

Copa do Brasil de 2012: a esperança

O time palmeirense então desacreditado naquela época montou uma equipe competitiva em 2012, para conseguir levar ao menos a Copa do Brasil, já que estava mal na classificação do Campeonato Brasileiro. A coincidência é que Luis Felipe Scolari era também o técnico na ocasião. Depois de eliminar o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil daquele ano, o Palmeiras foi enfrentar o Coritiba, que na época tinha uma ótima equipe treinada por Marcelo Oliveira e tinha Éverton Ribeiro surgindo no meio de campo como a estrela da equipe. No primeiro jogo na Arena Barueri (a nova Arena Palmeiras estava em reforma) o Verdão venceu por 2X0, com gols de Valdívia e Thiago Heleno. Já na segunda partida com o Couto Pereira lotado, o Palmeiras viu o Coritiba abrir o placar com um golaço de falta de Airton. Porém a alegria coxa branca não durou muito, já que Marcos Assunção cobrou uma falta na cabeça do herói improvável Betinho: o atacante fez o gol do empate e o Palmeiras ficou com o título da Copa do Brasil de 2012. Vale destacar que a equipe continuou muito mal no Campeonato Brasileiro, e foi rebaixada mais uma vez. No ano seguinte (2013) venceu a Série B e voltou à Série A do Brasileirão.

A ascensão do Palmeiras nos últimos anos

O patrocínio e a volta na briga por títulos

A partir de 2014 o Palmeiras contou com um grande patrocinador: a CREFISA. A empresa (gerida por palmeirenses “roxos”) injetou alguns milhões no clube paulista para a contratação de jogadores e para vencer títulos constantemente e dar mais alegria à torcida alviverde. E funcionou. No ano de 2015, a equipe do Palmeiras venceu a Copa do Brasil (seu primeiro título no novo estádio – Allianz Parque) e deu a torcida mais uma alegria. Na final, o Palmeiras enfrentou a forte equipe do Santos e saiu vitorioso nos pênaltis. Depois de perder por 1X0 na Vila Belmiro, em um gol de Gabigol, o Palmeiras foi para a segunda partida daquela final precisando vencer, e Dudu fez dois gols no segundo tempo. Ricardo Oliveira descontou para o Santos e a decisão da Copa do Brasil daquele ano foi para os pênaltis. Fernando Prass foi o herói pegando cobrança e convertendo o último pênalti, fazendo o Palmeiras ser campeão da Copa do Brasil mais uma vez. No ano seguinte, veio mais um título importante para o time paulista. O Palmeiras comandado por Cuca foi campeão do Campeonato Brasileiro de 2016. Com Gabriel Jesus surgindo, a equipe conseguiu conquistar o título que não vinha há anos, e deu mais uma alegria à torcida verde. O Palmeiras liderou praticamente todas as rodadas depois da chegada de Cuca e realmente mereceu o título daquele ano. Vale destacar que o patrocinador fez enorme diferença contratando bons jogadores para a equipe. Já em 2017, mesmo com a contratação de Miguel Borja (destaque da Libertadores de 2016 pelo Atlético Nacional da Colômbia) e Guerra (meio de campo também destaque da equipe colombiana na campanha) o Palmeiras “perdeu” o ano pois não conquistou nenhum título. A torcida e dirigentes cobraram, e a equipe começou o ano de 2018 com “fome” de vencer títulos, até pelo alto investimento feito para montar o elenco do clube. No Campeonato Paulista, o Palmeiras perdeu a final em seu estádio para o Corinthians nos pênaltis, e tanto o elenco como os dirigentes ficaram frustrados. A meta então passou a ser ou o Campeonato Brasileiro ou a Libertadores para esse ano. Na competição continental, o Palmeiras chegou bem às semifinais: venceu o Cerro Porteno nas oitavas e nas quartas ganhou do Colo-Colo do Chile. Depois na semifinal enfrentou o Boca Juniors e não se deu bem. No primeiro jogo teve uma derrota por 2X0 em La Bombonera, e na volta foi eliminado pela equipe argentina não conseguindo reverter o placar. Já no Campeonato Brasileiro, o time lidera com folga e deve se sagrar mais uma vez campeão nacional. O Palmeiras realmente vem fazendo grandes investimentos nos últimos anos, e está colhendo seus resultados a partir de títulos que estão entrando para a história do clube, os quais deixam a sua torcida ainda mais orgulhosa.

Jogadores do Palmeiras comemoram o título do Brasileirão de 2016. (Foto: Folhapress)

Termos e Condições

1. Somente participantes com 18 anos ou mais poderão jogar e ganhar prêmios.

2. Para participar é necessário deixar um e-mail e um telefone atualizado para entrarmos em contato com os ganhadores.

3. 300 créditos serão entregues a cada segunda-feira para cada jogador cadastrado, para que possam gerar pontos até domingo. A cada domingo os pontos serão zerados e os rankings semanais encerrados, premiando os 3 primeiros colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$200 (US$50)
2º lugar: R$100 (US$25)
3º lugar: R$50 (US$15)

4. Além dos rankings semanais, teremos rankings que irão do dia 1 ao término de cada mês. No ranking mensal premiaremos os 5 melhores colocados com os seguintes bônus para serem jogados no Betmotion.com:

1º lugar: R$500 (US$125)
2º lugar: R$300 (US$75)
3º lugar: R$200 (US$50)
4º lugar: R$100 (US$25)
5º lugar: R$100 (US$25)

5. Cada usuário poderá ganhar somente um prêmio semanal no mês, podendo escolher a semana em que deseja receber o prêmio, no caso de ganhar em mais de uma semana. - No caso de solicitar um prêmio semanal, o usuário não poderá solicitar outro por mais que tenha melhorado a posição anterior.

6. Cada usuário não poderá ganhar dois prêmios mensais de forma consecutiva.

7. Os bônus serão exclusivamente para a área de Sports.

8. Em caso de empate o prêmio será dividido em partes iguais. Exemplo: dois participantes ficam empatados nas posições 1 e 2 do ranking semanal. A soma de ambos prêmios é de R$300 (US$75) e esse valor será dividido em partes iguais.

9. Em caso de empate nas posições 3 e 4 do ranking, como há apenas um prêmio, o mesmo será dividido em partes iguais entre os participantes empatados.

10. No caso de não podermos estabelecer contato com o ganhador dentro de um prazo máximo de 7 dias, tal jogador perderá o direito de receber o prêmio.

11. Só será permitido uma conta por computador, pessoa, casa ou endereço de e-mail. No caso de deterctarmos mais de uma conta, estas poderão ser deletadas e os prêmios retirados dos ganhadores.

12. Reservamo-nos o direito de modificar ou encerrar esta promoção sem aviso prévio.

13. Os Termos e Condições gerais do Betmotion.com se aplicam para este bônus.