Destaques femininos no poker terão homenagem em Las Vegas

Poker ladies

Após quase dois anos sem novas nomeações, o Women in Poker Hall of Fame voltará a indicar mulheres que se destacam nesse esporte da mente para serem homenageadas. A edição de 2016 da cerimônia já está marcada para o dia 6 de julho, no Gold Coast Casino, em Las Vegas.

O evento foi criado em 2008 pelo LIPS (Ladies International Poker Series) como forma de reconhecer os destaques femininos que contribuem com o mundo do poker. Além disso, a organização tem parceria com a Poker Gives, instituição beneficente que tem a missão de juntar esforços humanitários e financeiros em prol de diversas causas sociais.

A escolha

Para serem escolhidas a fazer parte do Women in Poker Hall of Fame, as candidatas devem atender a uma série de requisitos. Por exemplo, atuar como jogadora há pelo menos 10 anos; ter, no mínimo, 35 anos de idade; ter contribuído significativamente com a comunidade do poker, como ganhando um grande torneio; e apoiar de forma ativa a figura da mulher no jogo.

Se forem aprovadas na primeira seleção, as indicadas deverão, ainda, passar pela avaliação dos membros da organização. Fazem parte da diretoria as jogadoras profissionais Lupe Soto, Karina Jett, Suzie Lederer e Debbie Burkhead.

Últimas homenageadas

A última cerimônia realizada pelo Women in Poker Hall of Fame foi em 2014. Na ocasião, foram homenageadas duas mulheres: Allyn Jaffrey Shulman, que já ganhou mais de US$ 1 milhão em torneios, incluindo um bracelete no WSOP Seniors de 2012, e Deborah Giardina, que começou sua carreira como dealer em 1990, e hoje é uma profissional muito bem-sucedida da indústria do poker.